Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

5 cuidados que devemos ter com o carro no frio

No Brasil não neva, mas ainda temos que ter cuidado com o carro no frio. Saiba mais!
05/06/2014

O frio já está batendo na nossa porta! E com temperaturas mais baixas, alguns problemas podem aparecer nos veículos. O frio intenso pode afetar equipamentos como limpadores de para-brisa, pneus e componentes de partida do motor, que pode fazer barulhos estranhos. Confira dicas para se precaver e continuar dirigindo com segurança no inverno.

Bateria no frio

Não é só o isolamento térmico que importa com o carro no frio. Você pode estar quentinho, mas os componentes do seu carro podem sofrer. Por exemplo, o tempo frio exige mais da bateria do carro. Baixas temperaturas reduzem a velocidade de reação dos componentes químicos da bateria reduzindo, por exemplo, sua potência em relação a dias mais quentes.

A dica para esses casos é manter em dia a manutenção preventiva do sistema de partida de seu veículo. A verificação de gasolina no reservatório de partida, em carros flex, aumenta a vida útil da bateria, e previne panes no motor do carro. Você pode perceber a situação da bateria quando der a partida no carro, isso pode te ajudar a verificar a situação em seu carro.

Vale também ficar de olho em sua carga de bateria. Se o motor rodar com lentidão no momento em que gira a chave de partida, é um indício de baixa carga na bateria (ou seja, fique de olhos e ouvidos atentos em relação ao motor). É recomendado procurar saber se ainda há possibilidade de uma recarga, ou se será necessária a troca total do equipamento. Se mesmo assim você ficar sem bateria em seu veículo, é indicado fazer uma chupeta no carro – veja como fazê-la.

Combustível de carros flex

Carros flex, abastecidos com etanol, podem não pegar com facilidade em dias frios, caso não haja manutenção correta do sistema de partida a frio – que entra em ação somente em temperaturas abaixo de 15ºC.

A principal dica nessa situação é sempre checar a gasolina do tanquinho de partida a frio. Se a gasolina estiver velha, ela perde o poder de queima, e o etanol não consegue, sozinho, atingir a temperatura suficiente para gerar a combustão no motor do veículo.

Velas de ignição

Outro cuidado que o motorista deve ter com o veículo no frio é com as velas de ignição. Se o carro não pegar na primeira tentativa, não se recomenda que continue tentando, pois a ação pode causar encharcamento das velas.

O mais recomendado, nesses casos, é desligar o carro e aguardar um tempo, até que o combustível evapore por completo. Se o carro continuar não pegando, talvez seja necessária uma visita ao mecânico.

Cada fabricante recomenda um tempo diferente para a troca das velas de ignição. No entanto, a recomendação geral é realizar a troca a cada 10 mil quilômetros rodados. Se as velas apresentarem cor escura, pode indicar excesso de combustível ou presença de óleo na câmara de combustão.

Pneus

Todos os pneus – inclusive estepe – devem ser verificados uma vez por semana, tanto no frio quanto no calor.

Para locais com neve, é necessário o uso de correntes no pneus, para diminuir o potencial de derrapagem. Por mais que não haja neve em grande parte do país, os cuidados com os pneus no inverno devem ser dobrados. Se você estiver dirigindo em um país que possua neve, essas dicas são importantes.

O ar frio é mais denso e, por isso, o ar dentro dos pneus também condensam, o que faz reduzir sua pressão. Com a pressão mais baixa, ocorre o aumento da friccção entre os pneus e a rua, o que aumento o consumo do veículo e desgaste.

Limpador de parabrisas

O tempo frio pode ressecar as palhetas dos limpadores de parabrisa feitas de borracha, o que faz com que percam a eficiência na limpeza do vidro. A recomendação contida na maioria dos manuais de carros é que se faça a troca da palheta a cada três meses.

Outra dica é sempre manter limpo e carregado o reservatório de água do limpador de parabrisa, principalmente com o carro no frio. Com o tempo frio e a neblina, o uso desse equipamento tende a aumentar. Pode-se até misturar algum tipo de detergente na água, para melhorar a eficiência da limpeza do vidro.

Não esqueça também de verificar como está o seu seguro auto, ele poderá te salvar caso aconteça alguma pane no seu carro em dias gelados. Vale a pena também dar uma olhada no manual do seu veículo, ele pode trazer informações importantes para melhorar o desempenho do carro nessas condições.

E você, tem alguma dica para manter a vida útil do seu carro no frio? Compartilhe com a Bidu! E, se está muito frio por aí, veja como aquecer seu lar com algum sistema de aquecimento residencial.