COTAR SEGURO ONLINE Bidu - Cotação e Comparação de Seguro e Crédito Online
-->
thumb image

Bateria Descarregada: como saber quando isso acontece?

Saiba como economizar na contratação do seguro e escolher o melhor plano

Liga o carro e nada funciona. De novo, nada. Mais uma tentativa, sem sucesso. O desespero começa a bater, o relógio correndo e o seu veículo não dá um sinal de vida sequer. Já passou por isso? Pois é, este é um cenário  comum para aqueles que deixaram a bateria descarregada. Espera, existe alguma forma de descobrir que a bateria é o problema? Sim, é sobre isso que vamos falar neste artigo, acompanhe! 

Cotação online de Seguro Auto

O que é Bateria do carro? 

Um dos principais componentes do veículo, a bateria automotiva é responsável por fazer o carro dar a partida e fornecer a energia necessária a todo o sistema elétrico. Ou seja, ela cuida não apenas para o carro sair do lugar, mas também das luzes, vidros elétricos, rádio e ar-condicionado, por exemplo. 

Na prática, a bateria é uma espécie de acumulador de energia recarregável. Isso mesmo: a própria bateria exerce o papel de se autocarregar e garantir que o automóvel tenha um bom desempenho. 

Mas isso nem sempre acontece. Em certos momentos, o inesperado pode surpreende o motorista e a bateria descarrega. Para entender isso melhor, vamos ao próximo tópico. 

Como ver sinais no carro da Bateria Descarregada? 

É claro, o carro costuma indicar quando algo não está funcionando corretamente, isso vale também para a bateria descarregada. Ok, mas quando isso é possível descobrir? Listamos alguns exemplos que mostram a bateria estar descarregada, confira: 

O som de clique ao dar a partida

O caso clássico: coloca a chave, gira e, em vez de escutar o som da ignição do motor, ouve-se um clique. Este barulho é originado do motor de arranque, que revela que a bateria não tem energia suficiente para ligar o automóvel. 

Existe a possibilidade do problema ser diretamente no motor de arranque, porém, geralmente é reflexo de uma bateria descarregada. 

Ausência de som

Lembra que uma das funções da bateria é garantir energia ao sistema elétrico? Então, isso quer dizer aos sons do veículo também. Se não houver nenhum som ao girar a chave, problemas à vista. O rádio não está pegando? Sinal forte que a bateria descarregou. Este caso vale para outros recursos eletrônicos, como GPS embutido e DVD, dependentes de energia da bateria. 

Luzes irregulares

Percebeu algum problema com as luzes do carro, vale abrir o olho: pode, sim, ser bateria descarregada. Isto é válido tanto para luzes internas como as externas. Exemplos: as luzes do painel e porta-luvas fracas ou apagadas, assim como as dos faróis ficarem escuros.  

Em determinados momentos, luzes muito fortes do veículo podem representar um risco de causar uma sobrecarga na bateria. Neste caso, atenção especial ao regulador de voltagem não exceder o limite máximo de tensão através da carga. 

Ar-condicionado não funciona

Como falamos da bateria, um sistema que depende de energia, o ar-condicionado pode ser afetado quando houver a bateria descarregada. O dispositivo necessita de um bom funcionamento da bateria (e do motor) para operar no modo correto. 

Dá para perceber a Bateria Descarregada antes de o carro não dar mais partida?

Infelizmente, não. O jeito mais confiável para detectar a bateria descarregada é por meio do arranque do motor. Ao menos, é possível notar a bateria estar fraca dado a alguns fatores que a levam a diminuição de seu potencial, como a dificuldade na partida e a chegada do inverno. 

No primeiro caso, o problema se torna visível ao precisar girar a chave algumas vezes para o veículo funcionar, sobretudo no período da manhã. Com relação ao inverno, o combo da umidade do ar, frio e acender os faróis logo cedo são usados com maior frequência nessa estação e desgastam a bateria. 

O que deixa a Bateria Descarregada?

Existem certas situações que levam a bateria arriar e os motoristas podem se precaver a fim de evitar serem pegos de surpresa. Para entender melhor quando isso ocorre, elencamos alguns exemplos: 

Esquecer a chave na ignição

Problema conhecido, deixar a chave no contato por muito tempo é batata! Mesmo que o motor não esteja ligado, só o fato de a chave estar virada no modo de acender as luzes do painel, a bateria pode ser descarregada.

Deixar os faróis ligados

Guardou o carro na garagem com os faróis acesos? Se isso durar uma noite inteira, é provável encontrar a bateria descarregada ao acordar. Lembre-se de olhar se apagou todas as luzes ao desligar o veículo, embora alguns modelos mais novos já apaguem automaticamente ou alertam sobre a luz ligada. 

Escutar o rádio, mas sem ligar o motor

Curte ouvir uma música por um bom tempo no rádio? Faça isso com o motor ligado, sempre. Evite usar o rádio sem o acionar o motor, a bateria será consumida rapidamente. 

+ Problema com a bateria? Aprenda como fazer chupeta de carro

Fim da vida útil da bateria

Como se pode imaginar, a bateria também tem validade: costuma durar, em torno, de dois a quatro anos, a depender do modelo do automóvel. Quando se tem dificuldade para dar a partida, apesar do motor estar ok, é provável que o tempo da bateria esteja com os dias contados e precise ser trocada, fique atento. 

Carro desligado por muito tempo

Já escutou que não deve deixar o carro desligado por muito tempo? A razão é a bateria. Como os componentes elétricos precisam de energia, um automóvel parado por um longo período causará uma bateria descarregada. Uma forma de resolver isso, ainda que não vá usar o carro, é ligar o motor por 10 minutos semanalmente para preservar a bateria. 

Certo, agora você já descobriu quando o seu carro pode estar com a bateria descarregada. Mas você sabe quem pode te ajudar com isso? O seguro auto, que cobre serviços de carga e troca de bateria através das Assistências 24 horas. Faça já uma simulação de seguro auto e encontre o melhor seguro de veículos para você! 

 

 

Última atualização em 25/03/2020