Você sabe o que é bieleta?

imagem de motor do carro para ilustrar texto sobre o que é bieleta

Você sabe o que é bieleta?

02/09/2019

De nome estranho e pouco conhecida, a bieleta é uma pequena peça que tem papel fundamental na suspensão do seu veículo. Sem a correta manutenção, ela pode gerar grandes problemas. 

Vamos dar um exemplo. Você já ouviu um som de objetos soltos dentro do seu carro, mesmo sem ter nada no porta-malas? Esse é um dos efeitos da bieleta quando está solta. 

Se o seu carro estiver apresentando este barulho contínuo, vá para o mecânico o quanto antes. 

Por conta do posicionamento da peça, se ela estiver solta pode chegar a perfurar o pneu do veículo em movimento. Saiba a seguir como fazer a correta manutenção da peça, além de outras informações importantes sobre a bieleta.

Mas antes de qualquer coisa, lembre-se de que além da manutenção do seu carro, é fundamental ter um seguro auto. Assim você está protegido em caso de roubos, furtos ou qualquer outro sinistro.

Mas o que é a bieleta?

A peça é uma articulação no formato de haste, que interliga a barra estabilizadora do veículo até a suspensão.

Este elo de ligação é essencial para estabilizar o carro nas curvas, por exemplo. Em outras palavras, a bieleta é uma forma de conexão que opera diretamente no sistema de suspensão. Ela ajuda a transferir a força dinâmica durante as curvas, evitando que o veículo balance muito. 

Ela também é bastante utilizada em terrenos com inclinação. A transferência de força garante mais segurança no momento de atrito do pneu com o solo. O conjunto do sistema, barra estabilizadora mais bieleta, permite ainda que as rodas girem ao mesmo tempo em que a suspensão. O bom funcionamento e bom estado de conservação dessas peças interfere diretamente no conforto e na segurança do veículo e, consequentemente, de seus passageiros.

Como identificar um problema?

Como já dissemos anteriormente, quando a bieleta está folgada, ou quando possui baixa lubrificação, esta pode gerar muito barulho. 

Detritos como areia, lama, pedregulhos e outros também podem contribuir para a obstrução da peça se a atingi-la. Também o acúmulo de resíduos em volta da peça pode acelerar o seu desgaste. Em casos mais extremos, caso a bieleta seja perfurada, além da falta de estabilidade que ela vai causar, existe o risco de estouro dos pneus, por conta de sua proximidade a eles.

Existe uma outra forma de verificar se a bieleta está com defeito enquanto você dirige, além do barulho que as hastes soltas podem produzir. Preste atenção ao balanço do veículo. Se você notar que a carroceria do carro está inclinando muito no momento das curvas isso pode ser um indicativo de que a bieleta apresenta defeitos.

Como fazer a manutenção da bieleta

É possível fazer a manutenção preventiva ou corretiva da bieleta. 

Consulte sempre o cronograma de revisões do seu veículo para realizar as manutenções preventivas no período certo. No caso, são trocadas as quatro bieletas (uma para cada roda) em determinada quilometragem. 

A manutenção corretiva, por sua vez, realiza a troca da bieleta que apresenta problemas. É possível consultar também o seguro do veículo para verificar se este cobre esse tipo de manutenção.

Outras ações preventivas podem auxiliar no bom funcionamento da bieleta e evitar a sua troca precoce. A primeira delas é não exceder a carga máxima do veículo, para não forçar o sistema de suspensão. A segunda – e talvez mais simples – é sempre frear antes de lombadas, sem causar o movimento brusco das rodas e, consequentemente, da suspensão. 

Além da manutenção preventiva, tenha sempre um seguro de veículo para te proteger de qualquer situação indesejada. Faça uma cotação online de seguro auto.

 

Última atualização em 02/09/2019