COTAR SEGURO ONLINE

O que é o Calço do Motor?

O que é o Calço do Motor?

01/03/2020

Sabe aquele barulho chato do motor que não damos atenção? O ruído continua, continua e só tomamos uma atitude quando acontece algo mais sério no carro. Este cenário um tanto comum deveria ser resolvido quando escutamos o primeiro som. Ouviu algo fora do normal ao arrancar? O problema pode ser o calço do motor. Hã? Calma, vamos explicar e descomplicar tudo sobre ele, acompanhe!

Afinal, o que é Calço do Motor?

Também conhecido como coxim do motor, é uma peça composta por borracha, metal e vinil. Ela fica localizada em um ponto estratégico no veículo, mais precisamente entre o motor e chassi. Por estar próxima a altas temperaturas do motor, o material precisa ser resistente a ponto de suportar tamanho calor. 

Nos carros populares, há três calços, enquanto nos carros de luxo, como os SUVs, pode haver cinco ou mais. Inclusive, nos automóveis de alto padrão, o calço é fabricado através de materiais mais nobres e com maior durabilidade do que os comuns. 

Para que serve o Calço do Motor?

Lembra do barulho? Pois é, o calço do motor é o responsável por diminuir os ruídos e vibrações oriundos do motor. Em outras palavras, ele é quem faz o isolamento tanto para abafar os sons como proteger a lataria de trepidações quando o veículo estiver em movimento.  

Sem o ele, o carro ficaria recheado de barulhos e seria, praticamente, impossível de dirigir. Muitos desconhecem ou menosprezam a importância do calço. Na verdade, ele não só garante esse filtro de sons na cabine, mas também evita que outros componentes sejam desgastados, como amortecedores e suspensão. 

Afinal, ninguém gostaria de pegar no volante e não ter sossego com vários ruídos atormentando, certo? Este é o papel do calço, ajudando a afastar qualquer som e vibração que vem do motor. Há, também, outros calços espalhados no automóvel com a mesma função, situados no câmbio, escapamento e suspensão. 

Como saber que ele está com problemas? 

Isto acaba sendo mais fácil do que parece: o motorista consegue reconhecer quando o calço demonstra sinais de desgaste. É simples: é possível ouvir barulhos estranhos ou sentir vibrações ao dirigir. 

Como falamos do motor, duas ocasiões são comuns para notar que há problemas no calço: 

  • Escutar um barulho alto do motor quando for pisar o pé no acelerador ao arrancar, exemplo de sair muito rápido de um farol; 
  • Sentir uma vibração exagerada do motor, mesmo nos momentos que estiver com o veículo parado. 

Identificou-se em algum dos casos? Não pense duas vezes: procure um mecânico de sua confiança para realizar a troca do calço do motor. A deterioração de uma peça impacta nos outros calços, os sobrecarregando, o que pode causar a quebra do coxim. 

Por fim, quem acaba sofrendo com esses incômodos não é apenas o motorista, mas todos os ocupantes do carro. A viagem se torna um verdadeiro martírio nessas situações, impeça que isso aconteça!

Como ocorre a manutenção do Calço do Motor?

O calço do motor pode, com o passar do tempo, ficar ressecado e ganhar rachaduras, perdendo a sua função original de manter o isolamento acústico e vibratório do motor. O silêncio do carro começa a chegar ao fim, infelizmente. 

Pelo menos, nem tudo é notícia ruim: a troca do calço do motor costuma ser rápida, se realizada numa oficina especializada. O processo de manutenção requer um cuidado e habilidade, uma vez que o motor será desmontado parcialmente, deslocado e isso já é bastante trabalhoso. 

É claro, o reparo depende se outras peças foram afetadas além do calço, o que pode elevar o custo de todo o procedimento. O preço, aliás, é outro fator variável: leva-se em conta o modelo do automóvel (popular ou de luxo), a complexidade da troca, além da mão de obra feita. Entre os carros populares, costuma-se ter um valor mais acessível, diferente dos veículos de alto padrão, que requer abrir o bolso um pouco mais. 

Não esqueça: sempre escolha peças originais, dessa forma não abre margem para algum estrago com materiais falsificados ou adaptados.  

Como evitar o desgaste do Calço do Motor?

Estima-se que a vida útil do calço do motor gire em torno de três anos ou a cada 30 mil quilômetros rodados. Porém, o que determina o bom desempenho da peça é como cada um dirige o veículo no dia a dia. Sim, isso interfere diretamente na duração do coxim. 

Para ficar mais claro, vamos dar algumas dicas de como evitar o desgaste do calço:

  • Não faça arranques bruscos; 
  • Desacelere ao passar em lombadas, valetas e rampas; 
  • Tenha cuidado ao trafegar em ruas esburacadas, não corra; 
  • Faça uma revisão quando estiver perto do fim da vida útil do calço; 
  • Opte por peças originais de fábrica na hora da troca; 
  • Em carros rebaixados, redobre a atenção e vá no mecânico com mais frequência, já que o calço será mais exigido. 

Sem exageros na condução do automóvel, o calço do motor terá um bom funcionamento e garantirá um tempo considerável mantendo o seu veículo longe daqueles insuportáveis barulhos. Seja cauteloso ao dirigir e evitará problemas! 

Agora você já sabe sobre o calço do motor, mas quer ficar tranquilo e garantir um seguro de carros? Faça uma simulação de seguro auto e encontre o melhor seguro de veículos que se adeque a você! 

Cotação online de Seguro Auto

 

Última atualização em 02/03/2020