COTAR SEGURO ONLINE Bidu - Cotação e Comparação de Seguro e Crédito Online
-->
thumb image

Carros antigos Chevrolet – Conheça os principais

Saiba como economizar na contratação do seguro e escolher o melhor plano

As redes sociais fizeram disparar o interesse das pessoas por carros antigos. A facilidade de se comunicar e de juntar pessoas com um interesse em comum ajudou muito o antigomobilismo. Através delas, vários clubes e associações de proprietários de um determinado modelo ou marca foram surgindo e crescendo, com muita interação e troca de experiências. Entre os mais prestigiados estão os carros antigos Chevrolet.

Cotação online de Seguro Auto

O começo da história brasileira

A Chevrolet, uma das marcas da General Motors, fez sua estreia no Brasil em 1925, no bairro do Ipiranga, em São Paulo (SP). Além de modelos Chevrolet, saíam da linha de montagem paulistana veículos de outras marcas da GM, como Buick, Oldsmobile, Chevrolet, Oakland, Cadillac e Pontiac, que vinham completamente desmontados dos Estados Unidos. Cinco anos depois, a fábrica de São Caetano do Sul, no ABC Paulista, entrou em operação e continua em funcionamento até hoje.

O primeiro Chevrolet brasileiro

Após 32 anos apenas montando veículos no Brasil, a Chevrolet começou a produzir seu primeiro modelo em 1957, o caminhão Chevrolet Brasil, com quase 50% de nacionalização. Dois anos mais tarde, a picape Chevrolet Amazonas começava a sair das linhas de montagem da segunda fábrica brasileira da General Motors, localizada em São José dos Campos (SP).

Carros antigos Chevrolet

Veraneio

O primeiro veículo nacional destinado a passageiros só veio em 1964, quando foi lançada a Veraneio, considerado o primeiro SUV produzido no Brasil. Espaçosa e robusta, a Veraneio virou sinônimo de viatura policial, especialmente nos tempos da ditadura militar.

A primeira geração foi produzida por 24 anos com poucas mudanças. Já a segunda, derivada da picape D20, ficou no mercado entre 1989 e 1996. Hoje, ambas as gerações são bastante procuradas por colecionadores de carros antigos Chevrolet. Os preços variam entre R$ 20.000 e R$ 90.000.

Opala

O primeiro automóvel de passeio nacional da Chevrolet ganhou as ruas brasileiras em 1968. O Opala tinha por base o Opel Rekord, desenvolvido pela subsidiária alemã da General Motors. Ao longo de seus 24 anos de produção, o Opala teve versões sedã e cupê, além da perua Caravan, e motores de quatro e seis cilindros.

Foram oito reestilizações e mais de um milhão de unidades fabricadas. O Opala é um dos mais queridos carros antigos Chevrolet. Entre os colecionadores, a versão esportiva SS e a de luxo Diplomata são as mais valorizadas. O Opala está bem valorizado e unidades em excelente estado já ultrapassam os R$ 100.000.

Chevette

Cinco anos após o Opala, a Chevrolet resolveu peitar o Volkswagen Fusca e o Ford Corcel e lançou o Chevette. O modelo era vendido como Opel Kadett na Europa e teve vida longa no Brasil. Deixou o mercado após 20 anos e quatro reestilizações. Teve versões sedã, hatchback, perua (Marajó) e picape (Chevy 500). Pequeno e com tração traseira era gostoso e divertido de dirigir. Por isso, também é figura carimbada nos encontros de carros antigos. Seu preço, contudo é menor. É possível encontrar unidades em ótimo estado na faixa dos R$ 20.000.

Monza

Com o mercado fechado para importações, a indústria automobilística nacional acabou ficando para trás. No começo da década de 1980, tinham produtos defasados ainda remanescentes da década de 1960. A história começou a mudar em 1982, quando a Chevrolet lançou o Monza. Projeto global e moderno, foi desenvolvido em parceria com a Opel e inovava com motor transversal e tração dianteira, algo inédito na Chevrolet.

O Monza caiu no gosto do brasileiro e foi um sucesso de vendas, sendo o automóvel mais vendido do Brasil entre 1984 e 1986. Foi produzido por 14 anos e passou por três reestilizações. Como teve muitos carros vendidos, é facilmente encontrado e, por isso, não muito valorizado. Versões mais raras, como a esportiva S/R e a série especial 500 EF, são as mais procuradas. Um Monza em bom estado pode ser encontrado por R$ 15.000.

Kadett

Em 1989, chegava ao mercado o Kadett. Era a quinta geração do compacto alemão, que na terceira foi lançado no Brasil como Chevette. Curiosamente, Chevette e Kadett conviveram por quatro anos por aqui. Com linhas arredondadas e desenho muito bonito, o Kadett fez a alegria dos jovens, principalmente as versões esportivas GS, GSI e GSI Conversível. Estas, inclusive, são algumas das mais procuradas entre os carros antigos Chevrolet e custam entre R$ 30.000 e R$ 50.000 se estiverem em excelente estado. O Kadett saiu de linha em 1998, substituído pelo Astra.

Omega

O Omega chegou em 1992 com a difícil missão de substituir o querido Opala. E conseguiu com êxito, pois era um projeto moderno e cheio de tecnologia, anos-luz à frente do seu antecessor. O Omega competia de igual para igual com os importados de luxo que começavam a desembarcar no Brasil após 15 anos de importações proibidas.

Tinha motores de quatro e seis cilindros, tração traseira e versão perua (Suprema), como o Opala. Produzido no Brasil até 1998, o Omega depois passou a ser importado da Austrália, de onde foi trazido até 2011. As versões nacionais são as mais valorizadas, sobretudo as de seis cilindros, que custam entre R$ 30.000 e R$ 40.000.

Vectra

O Vectra foi lançado em 1993 com o objetivo de substituir o Monza, mas acabou convivendo com ele até a chegada de sua segunda geração, três anos depois. E foi justamente a segunda que encantou o comprador de sedãs, conseguindo atrair até os donos de Omega. Moderna e com belíssimo design, foi produzida até 2005. Recente, o Vectra já começa a despertar o interesse de colecionadores, em especial a versão esportiva GSI da primeira geração, que pode ser encontrada na faixa dos R$ 30.000.

Corsa

O mercado de compactos brasileiros pode ser dividido em “antes do Corsa” e “depois do Corsa”. Isto porque o pequenino da Chevrolet revolucionou o segmento em 1994 com desenho moderno e alegre, acabamento de primeira e motor com injeção eletrônica. Os concorrentes precisaram se modernizar rapidamente para conseguirem acompanhar o Corsa. Como o Vectra, é um neo-colecionável que ainda pode ser encontrado com preços baixos, exceto a rara versão esportiva GSI, que está se valorizando rapidamente.

Seguro Auto para Carros Antigos

Agora que conhecemos os principais carros antigos Chevrolet, é importante reforçar que carro antigo também deve contar com seguro auto. Faça uma cotação de seguro para seu carro antigo online e proteja seu veículo.

 

Última atualização em 21/05/2020