Quais são os melhores Carros de Entrada?

imagem de onix para texto sobre carros de entrada

Quais são os melhores Carros de Entrada?

14/04/2020

Até dez, quinze anos atrás, o mercado brasileiro era dominado pelos carros de entrada. Se um fabricante de automóveis quisesse ter boa participação nas vendas, precisava ter em sua gama um compacto desprovido de muitos equipamentos de série e com preço baixo. 

Esta característica, entretanto, mudou de um tempo para cá e o consumidor passou a optar por modelos mais completos e caros.

Isto não significa, porém, que os carros de entrada desapareceram. Apesar de a demanda ter reduzido, ainda é um segmento importante que as grandes marcas presentes no Brasil não deixaram de explorar. Separamos as melhores opções com preço de tabela até R$ 50.000. Nas concessionárias, contudo, os descontos são generosos e o valor final pode cair até 15%. Vale a pena pesquisar.

Cotação online de Seguro Auto

 

Melhores Carros de Entrada

Chevrolet Onix MT

A segunda geração do Onix chegou para consolidar ainda mais a liderança do modelo no mercado brasileiro. Com grandes evoluções em segurança, dirigibilidade, motorizações e equipamentos, o novo Onix é uma das melhores opções entre os carros de entrada. Sua versão mais barata é a 1.0 MT, tabelada a R$ 50.990.

O pacote de itens e série inclui:

Seu motor é um novo 1.0 de três cilindros, com 82 cv de potência e 10,6 mkgf de torque máximo (etanol) e 78 cv e 9,6 mkgf com gasolina. O câmbio é manual de seis marchas.

Fiat Argo Drive 1.0 e Grand Siena Attractive 1.0

O primeiro tem desenho atraente e foi lançado em 2017 para substituir Palio, Punto e Bravo ao mesmo tempo.  O segundo tem como trunfo o porta-malas de 520 litros. O Argo Drive 1.0 não é a versão de entrada (que é a 1.0 Flex), custa R$ 51.390 na tabela. O Grand Siena sai por R$ 48.990.

Ambos têm pacote de itens de série mais enxuto do que o do Onix. Vêm com:

  • Ar-condicionado;
  • Direção elétrica (hidráulica no sedã);
  • Vidros dianteiros e travas com acionamento elétrico;
  • Dois airbags;
  • Freios ABS;
  • Computador de bordo, entre outros.

O motor do Argo também é 1.0 de três cilindros, com 77 cv de potência e 10,9 mkgf de torque com etanol e 72 cv e 10,4 mkgf (gasolina). Já o motor 1.0 de quatro cilindros do Grand Siena tem projeto mais antigo e com etanol rende 75 cv de potência e 9,9 mkgf de torque máximo. Com gasolina são 73 cv e 9,6 mkgf. O câmbio é manual, com cinco marchas, nos dois.

Correndo por fora

Se o orçamento for menor, a Fiat tem duas outras opções mais baratas como carros de entrada. O Mobi – apenas com dois airbags e freios ABS de série na versão Easy 1.0 (R$ 34.990) e com a adição de ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos na Like 1.0 (R$ 41.190). E também o veterano Uno Drive 1.0 (R$ 46.840), com os mesmos itens do Argo Drive.

Ford Ka SE 1.0

O Ka sempre foi a porta de entrada para a linha Ford. Se na primeira geração era vendido exclusivamente com duas portas, na segunda cresceu, ganhou versão sedã e hoje é o único compacto da marca. Na versão SE 1.0, o hatch sai por R$ 48.240. O Ka Sedan SE 1.0 – que tem porta-malas de 445 litros – custa R$ 52.540 no site da Ford.

A dupla tem os mesmos itens de série:

  • Ar-condicionado;
  • Direção elétrica;
  • Dois airbags;
  • Freios ABS;
  • Sistema de áudio com conexão bluetooth;
  • Comandos por voz;
  • Vidros dianteiros e travas elétricas;
  • Computador de bordo, entre outros.

Possui conjunto motriz: motor 1.0 de três cilindros com potência de 85 cv (etanol) ou 80 cv (gasolina), torque de 10,7 mkgf (E) e 10,2 (G) e câmbio manual de cinco marchas.

Hyundai HB20 Vision 1.0

A segunda geração do HB20 é a que mais se aproxima do novo Onix em termos de equipamentos. O melhor negócio é a versão intermediária Vision, tabelada a R$ 50.490. Ela traz:

  • Ar-condicionado;
  • Direção elétrica;
  • Dois airbags;
  • Freios ABS;
  • Central multimídia BlueNav;
  • Vidros e travas elétricas;
  • Computador de bordo, entre outros.

 Seu motor 1.0 de três cilindros rende 85 cv (etanol) ou 80 cv (gasolina), com torque de 10,2 mkgf (E) e 9,4 (G) e câmbio manual de cinco marchas.

Se precisar gastar menos, há o HB20 Sense por R$ 44.990. Ele tem o mesmo motor do Vision, mas perde a central multimídia, as rodas de 15 polegadas, os vidros traseiros com acionamento elétrico, entre outros.

Renault Kwid Intense 1.0 e Sandero Life 1.0

Quer equipamentos nos carros de entrada? Vá de Kwid. Quer (muito) mais espaço e melhor qualidade de construção? Escolha o Sandero. Ambos trazem o mesmo motor – 1.0 de três cilindros, com 82 cv e 10,5 mkgf (E) e 79 cv e 10,2 mkgf (G). Além disso, trazem:

  • Câmbio manual de cinco marchas;
  • Ar-condicionado;
  • Direção elétrica (eletro-hidráulica no Sandero);
  • Vidros dianteiros e travas elétricos;
  • Quatro airbags;
  • Freios ABS.

O Kwid se destaca pela central multimídia (o Sandero nem sistema de áudio tem), mas tem construção mais simples e interior acanhado. O Sandero é espaçoso por dentro e tem bom porta-malas. O Kwid Intense custa R$ 43.190 na tabela, enquanto Sandero sai por R$ 44.890, sem desconto. Se quer gastar ainda menos, tem o Kwid Life (R$ 34.990) o Zen (R$ 39.990).

Volkswagen Fox Connect 1.6

Esqueça Gol, Up e Polo. Por R$ 52.490, a melhor opção entre os carros de entrada da Volkswagen é o veterano Fox. Com 17 anos de mercado e duas reestilizações no currículo, tem amplo espaço interno e propulsor 1.6, enquanto os rivais contam com motores 1.0. São 104 cv e 15,6 mkgf (E) e 101 cv e 15,4 mkgf (G) e câmbio manual de cinco marchas.

 O bom pacote de equipamentos da versão Connect é o destaque:

  • Ar-condicionado;
  • Direção elétrica;
  • Dois airbags;
  • Freios ABS;
  • Vidros, travas e retrovisores elétricos;
  • Central multimídia;
  • Computador de bordo;
  • Sensor de estacionamento;
  • Piloto automático;
  • Faróis de neblina;
  • Rodas de alumínio de 15 polegadas, entre outros.

 Gostou das nossas sugestões dos melhores carros de entrada? Então escolha o seu e não deixe de fazer uma cotação de seguro auto para não ficar desprotegido.

 

Última atualização em 14/04/2020