Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como escolher o melhor carro usado?

Na hora de comprar um carro usado é importante observar alguns fatores
10/07/2015

Seguro auto e carros usados:

Provavelmente você já deve ter se perguntado em alguma vez qual o melhor carro para comprar: investir em um zero km ou escolher um entre os melhores carros usados para comprar.

Uma dica: sabia que, pelo mesmo preço que você pagaria em um carro novo, você pode comprar um semi-novo de categorias superiores e mais equipado? Claro que a escolha sempre reflete o gosto do motorista, mas é grande o número de pessoas que tem uma quedinha por eles. Principalmente quando o mercado de usados está aquecido.

Se você quer fazer parte dessa turma e escolher seu veículo entre os melhores carros usados, é melhor se atentar a alguns detalhes antes de fechar um bom negócio: não basta olhar a capacidade do porta malas, a cor do veículo (se baseando na cor dos carros mais roubados) e o ano do modelo. Veja algumas dicas para fazer um bom negócio:

Verifique o estado do carro

Além de verificar os antecedentes e saber se o carro usado não é roubado. Essa é a mais óbvia, certamente. É importante fazer uma checagem geral antes de comprar um carro usado, se atentando para arranhões e possíveis amassados na lataria, problemas no motor e muito mais. O Idec recomenda que você sempre peça para fazer um test-drive no carro, verificando se há vazamentos, fumaça saindo do capô, funcionamento de equipamentos, problemas nas trocas de marcha, pedais, entre outros. Saiba pelo que você está pagando! Até porque, diferente de um veículo 0 km, a concessionária não irá te indenizar em caso de problemas. Veja alguns itens que não devem ser esquecidos quando você estiver olhando o carro:

– Pneus: esse item pode te dar algumas dicas de possíveis fraudes no hodômetro do carro. Isso é possível pois um jogo de pneus dura, geralmente, entre 40 mil e 50 mil quilômetros. Ou seja, você pode observar o estado dos pneus e, por exemplo, se o carro tiver com 35 mil km rodados e os pneus estiverem novos, a chance de o hodômetro ter sido modificado é considerável. Veja aqui como cuidar bem dos pneus.

– Acessórios: é importante ficar de olho nesses componentes, como ar condicionado, direção hidráulica, bancos de couro e lanternas de LED. Esses itens, quando não são de fábrica, tem uma grande chance de darem problema em um futuro breve. Confira o estado deles e se realmente eles foram instalados pelo fabricante ou por um local de confiança.

Lugares desgastados: em alguns lugares do veículo, o desgaste pode ficar bastante aparente. Principalmente em locais que o motorista mais toca com as mãos, como o volante, câmbio e alguns lugares dos bancos.

Chassi: muita atenção ao chassi do carro. Cada veículo possui um número único no chassi, que fica localizado em baixo relevo no motor, no assoalho e nos vidros do veículo. Veja se em todos os locais é o mesmo número que está lá. Se não for, é melhor chamar a polícia.

Capô e porta malas: evite cair em truques de vendedores espertinhos que omitem que o carro foi batido. Observe os parafusos que juntam peças da carroceria ao monobloco do veículo. Se forem de cor diferente dos outros parafusos, acenda o alerta vermelho: provavelmente o carro sofreu uma colisão. Faça isso também na parte de trás, levantando o tapete do porta malas.

Escolha o modelo

Antes mesmo de testar o carro, é importante você já ir consciente do modelo que você quer. E, em tempos de internet, você pode fazer isso de uma forma muito mais simples e rápida do que antigamente. Procure análises de compradores, verifique a credibilidade das concessionárias e revendedoras, faça uma análise detalhada do veículo, preço de mercado, custo/benefício e demais pontos importantes para sua compra. Pesquise sobre os melhores carros usados e já faça uma listinha com seus modelos preferidos.

Fique atento a manutenção do carro

Ao analisar o veículo que vai comprar, é fundamental que você fique de olho em sua manutenção, se a mesma é de fácil acesso e baixo custo. Modelos populares e nacionais geralmente possuem uma manutenção menor do que modelos importados, já que os primeiros tem uma taxa maior de centros de assistência e peças disponíveis no mercado.

De atenção aos carros mais buscados

Carros mais vendidos costumam ser mais econômicos e ter uma manutenção e mão-de-obra mais baratas do que os demais veículos que estão abaixo na lista de popularidade. Ficar de olho nos carros que mais circulam na sua região, onde você mora ou mais trafega, pode ajudar bastante na hora de determinar seu próximo carro usado.

Preço do carro

Não esqueça de conferir o preço do carro na tabela fipe. Assim, você evita de pagar um valor superfaturado em um toyota corolla ou no seu novo honda civic.

Leve com você um profissional

Principalmente se você não for um exímio entendedor de autos, não arrisque em ir sozinho. Muitos vendedores são profissionais em enganar compradores desprevenidos. Portanto, na hora de escolher qual usado comprar, leve um parente ou amigo que entenda de carros. Se tiver um mecânico de confiança, peça ajuda para ele também: esse tipo de ajuda nunca é demais na hora de escolher o melhor carro semi novo.

Escolha um bom local

Combine um bom local com o vendedor. Não adianta nada ir ver o veículo em um lugar onde você não conseguirá dar algumas voltinhas com ele ou com pouca luz. Além disso, fique sempre atento. Escolha locais movimentados, de preferência de dia. Comprar carro pode ser algo perigoso, já que alguns bandidos usam o artifício para dar golpes. A melhor opção é ficar atento e não ir sozinho.

Preço do seu seguro

Na realidade, grande parte dos itens acima pode culminar no valor do seguro do seu carro – um item que deve pesar muito nos seus critérios de escolha. Geralmente as melhores seguradoras não tem o costume de aceitar carros com mais de 10 anos de mercado por diversos fatores (entre eles o alto custo das peças para reposição e baixa demanda das mesmas, o que acaba por influenciar a maior incidência de roubo para alimentar o mercado ilegal de peças)

No entanto, um carro popular, com vários anos de fabricação, pode ter um seguro mais barato se for usado, se comparado com um zero quilômetro. Por exemplo, nós fizemos uma comparação com dois veículos populares, com um perfil de um homem em um bairro de classe média de São Paulo. Veja como é grande a diferença entre os modelos mais recentes em relação aos modelos mais antigos.

Carros usados: veja a diferença de preço de seguro do Gol.

Veja a diferença de preços no seguro do Gol.

Após escolher o melhor carro usado para você, é importante saber também o valor do seguro do seu carro. Faça uma simulação de seguro auto gratuita com a Bidu Corretora, e escolha o melhor negócio para você na hora de calcular o valor total total de quanto você vai investir no seu carro semi-novo!

Quais são os melhores carros usados?

Sabemos que nem sempre comprar carro é uma tarefa fácil. Encontrar o veículo certo em bom estado pode demorar e dar trabalho. Para te ajudar um pouco na tarefa de achar o melhor carro usado para compra, a rede de peças e serviços automotivos DPaschoal, montou um ranking com os melhores carros usados para comprar.

Para montar a lista, a empresa considerou o melhor custo benefício e a frequência de manutenção. Confira abaixo os melhores carros para comprar como seminovo:

  1. Toyota Corolla
  2. Fiat Palio
  3. Fiat Strada
  4. Ford KA
  5. Honda Fit
  6. Honda Civic
  7. Volkswagen Gol
  8. Renault Sandero
  9. Chevrolet Celta
  10. Fiat Uno

 

Quer comprar carros sem entrada? Veja no nosso post como!

+ Quanto é o seguro Logan?