Quais cuidados devemos ter com carros que ficam muito parados?

Imagem de carros parados para texto sobre cuidados com carro muito parado

Quais cuidados devemos ter com carros que ficam muito parados?

11/05/2020

Não tem jeito, qualquer máquina precisa funcionar para não apresentar problemas. Se ficarem parados por longos períodos, componentes tendem a dar defeitos. E com o carro não é diferente. Ele foi feito para rodar e, ao ficar sem se movimentar por muito tempo, precisa de uma série de cuidados. Em tempos de pandemia e isolamento causados pelo coronavírus e pela Covid-19, muitas pessoas estacionaram o carro em suas garagens e não saíram mais. Mas é preciso ter alguns cuidados com carro muito parado.

O ideal é sair para rodar com o carro por no mínimo dez minutos a cada três ou cinco dias. Entretanto, em muitos casos este procedimento não é recomendado. Desta maneira, confira alguns cuidados com carro muito parado e dicas para não ter problemas ao dar partida após a quarentena.

Cotação online de Seguro Auto

Cuidados com carro muito parado

Lavagem

Se vai deixar seu carro parado por um longo período, comece fazendo uma boa lavagem por dentro e por fora. Certos tipos de contaminantes (principalmente fezes de pássaros) atacam severamente as superfícies caso fiquem muito tempo impregnados. Isso ocorre especialmente se estiverem expostos ao sol. O mesmo vale para o interior. Lixo e resíduos esquecidos tendem a causar mau cheiro, criar fungos e manchar tecidos e revestimentos.

Uma capa pode ser uma boa opção para quem não quer deixar o carro empoeirado ou para aqueles que não possuem garagem coberta e querem protegê-lo do sol. Neste último caso, se não for possível a utilização de uma capa, cubra o painel e o tampão do porta-malas com uma toalha ou um papelão. Levante os limpadores de para-brisa para que as palhetas não grudem no vidro.

Bateria

Esse é o primeiro componente que deve receber atenção quando falamos de cuidados com o carro muito parado. Quando o carro fica muito tempo sem dar partida, ela tende a descarregar, principalmente se já estiver no fim de sua vida útil. Daí será necessária a realização de uma ponte com outra bateria, popularmente conhecida como chupeta, para fazer o carro entrar em funcionamento.

Para evitar o descarregamento da bateria existem duas alternativas. A primeira é dar partida no carro a cada cinco dias. Deixe-a funcionando em marcha lenta por um período de dez a vinte minutos. O procedimento deve ser feito somente em garagens abertas ou ventiladas e nunca em ambientes fechados. Os gases expelidos pelo escapamento são altamente tóxicos, especialmente o monóxido de carbono, e podem causar a morte.

Caso a sua garagem seja fechada, parta para a segunda opção. Desconecte os bornes dos cabos dos polos da bateria. Desta maneira, não haverá fuga de energia e a bateria manterá a carga durante o tempo que o carro ficar estacionado. Basta uma chave de boca de 10 ou 11 milímetros. O ponto negativo é que o carro vai ter suas funções resetadas caso não tenha a função memória.

Em carros elétricos e híbridos plug-in, os fabricantes recomendam deixar o cabo de carregamento conectado o tempo todo em que o veículo estiver parado. Caso não seja possível, nunca deixe a carga das baterias ficar abaixo de 50%.

Ar-condicionado

Esta dica vale tanto para cuidados com carro muito parado, como para períodos de clima frio. O ar-condicionado deve ser ligado uma vez por semana para não correr riscos de dar defeito. Nesta fase de quarentena, aproveite o momento da partida para carregar a bateria para também colocar o ar para funcionar.

Melhor ainda se for em conjunto com o aquecedor, o que faz com o líquido de arrefecimento circule pelo radiador do ar quente, aumentando sua vida útil. De quebra, você ainda mata todos os germes, fungos e bactérias que se alojam nos dutos de ventilação. Eles causam mau cheiro e contaminação no interior do veículo.

Pneus

Você já deve ter visto carros de coleção, que raramente rodam, estacionados sobre cavaletes. A medida é necessária para evitar que os pneus fiquem deformados. Isto acontece porque o peso do carro fica concentrado em quatro pontos de contato com o piso, no caso os quatro pneus.

Com são peças elásticas, feitas de borracha, tendem a sofrer deformação, ficando “quadradas”. Se o piso da garagem for muito frio, as consequências são ainda piores. Entretanto, colocar o carro sobre cavaletes é trabalhoso e recomendado apenas para carros que ficarão muito tempo parados.

Para evitar o achatamento dos pneus, a primeira medida é utilizar a calibragem máxima recomendada pelo fabricante, geralmente a mesma utilizada quando o carro trafega com carga total. Em caso de dúvidas, coloque 40 libras em cada um dos pneus.

Outra solução simples é novamente aproveitar o tempo de funcionamento do motor para carregar a bateria e movimentar um pouco o carro na garagem. O ideal é mudar o carro de posição. Não vá apenas para trás e depois para a frente, pois há o risco dele se apoiar no mesmo ponto após a manobra. Se ele estiver estacionado de frente, mude o posicionamento e pare de ré.

Caso a sua garagem seja muito apertada, impossibilitando manobras, uma boa alternativa é estacionar o carro sobre tapetes de EVA, muito usados pelas crianças. Como são macios, reduzem bastante a tendência ao achatamento. Bastam quatro pedaços, um sob cada pneu, para resolver o problema.

Mofo

Em garagens localizadas em subsolos de prédios é muito comum haver bastante umidade. Especialmente nas vagas dos cantos e encostadas nas paredes. Mesmo com os vidros fechados, a cabine do carro vai ser atacada pelo mofo. Aqui a dica de cuidados com carro muito parado é usar produtos antimofo encontrados em supermercados e lojas de material de construção. Bastam duas unidades, uma sobre o assoalho dianteiro e outra sobre o traseiro, para evitar o seu surgimento.

Seguro Auto

Se mesmo com todos os cuidados com carro muito parado ele ainda apresentar algum problema, lembre-se das assistências 24 horas do seu Seguro Auto. Em muitos casos elas podem ajudar. Se não tem ainda seguro para seu carro, faça uma cotação online de Seguro Auto aqui na Bidu e deixe seu veículo protegido. 

 

Última atualização em 11/05/2020