Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como amenizar o Jetlag

jetlag
20/02/2017

Você já viajou para um lugar cujo fuso horário era muito diferente do seu e não conseguiu se adaptar? Dormiu pouco ou muito? Ficou sem apetite na hora das refeições, sem foco ou extremamente cansado, mesmo sem motivo aparente para isso?

Pois é, muito provavelmente, você sofreu de Jetlag. Um mal que afeta 200 mil viajantes todos os anos só nos Estados Unidos.

No Brasil, não há dados sobre isso, mas como há voos direto do país para destinos com até sete horas de diferença, possivelmente muitos viajantes também devem sofrer com isso. Dá para evitar? Sim e não. Dá para tentar amenizar os efeitos do fuso no corpo, seguindo algumas dicas.

Como evitar o Jetlag

Comece a familiarizar o seu corpo, de forma gradativa, com o novo horário. Como? Começando a dormir e a se alimentar mais tarde ou cedo – de acordo com o fuso que vai visitar -, pelo menos uma semana antes do embarque. Quanto antes, melhor. Você pode fazer isso sem “traumatizar” o seu corpo, mudando aos pouquinhos a sua rotina, de 30 em 30 minutos ou de hora em hora.

Se você não puder fazer essa preparação prévia, pode usar o voo para se acostumar um pouquinho. Por exemplo, se você chegará no seu destino apenas a noite, tente não dormir no avião. Assim, você vai desembarcar cansado e conseguir entrar no ritmo do local. Se você voará o dia todo e chegará no período da manhã no país que vai visitar, embarque com uma máscara de olho, escolha uma trilha sonora relaxante e descanse o máximo que puder.

No dia que for voar é importante tomar cuidado com aquilo que você bebe e come, já que podem prejudicar consideravelmente o seu bem-estar. Como o ar na aeronave é mais seco e, com o jetlag, você pode “esquecer de tomar água”, atenção redobrada na sua hidratação. Programe-se para tomar água a cada duas ou três horas no máximo. Bebida alcoólica pode? Sim, mas é melhor evitar, assim como cafeína ou outro estimulante. Separamos dicas sobre roupas para viajar de avião, para quem vai voar pela primeira vez e evitar o mal estar no avião.

Ao chegar no destino, tente ficar o máximo possível de tempo exposto à luz solar. Isso porque ela ajuda seu corpo a entender em qual período do dia vocês estão. Consequentemente, se reprogramar de acordo com o fuso local. Outra dica é fazer algum tipo de exercício, mesmo que apenas uma caminhada, para “acordar” e se conectar com o presente. Outra dica importante é pegar leve nas primeiras refeições, para que o seu sistema digestivo tenha tempo de se “acostumar”, sem ficar sobrecarregado.

Jetlag na hora da volta

Ah! E lembre-se, quando voltar para casa você pode sentir os mesmo sintomas. Por isso, é bom se preparar para esse momento também, principalmente se estiver voando em direção ao leste.

Caso você se sinta muito mal por conta do jetlag, ou dos sintomas que podem decorrer dele entre em contato com o seu seguro viagem. Você pode sentir, por exemplo, diarreia, insônia e sensibilidade à luz.  A sua seguradora pode te indicar um médico ou, então, enviar um profissional de saúde para o seu hotel. Assim vai ser mais rápido superar esse problema, que não é grave, mas pode ser bem incômodo.

Ainda não tem um seguro viagem? Veja como não errar na hora de contratar seguro viagem e faça sua cotação na Bidu!