O que fazer com o Seguro Auto quando o carro não é usado?

fotos de carros parados para texto sobre o que fazer com o seguro auto

O que fazer com o Seguro Auto quando o carro não é usado?

15/05/2020

Atualmente, em virtude da pandemia provocada pelo novo coronavírus, e da consequente necessidade do isolamento social, milhões de brasileiros estão trabalhando em casa. Com isso, não estão utilizando o carro ou outro meio de transporte. Uma situação como essa faz suscitar uma questão: o que fazer com o seguro auto?

É fato que a segurança oferecida pelo seguro auto é de grande importância, mesmo em um cenário especial como o que estamos vivendo. Porém, algumas alternativas podem resultar em mais economia, que é o que muitos estão buscando.

Vamos conhecer algumas delas e ver o que fazer com o seguro auto?

Cotação online de Seguro Auto

Seguro Auto por assinatura

Se você quer saber o que fazer com o seguro auto quando o carro está parado, saiba que existe uma boa opção. É o seguro por assinatura, conhecido como Pay Per Use (pague pelo uso).

O produto, lançado pela Thinkseg em parceria com a seguradora General, no segundo semestre de 2019, funciona da seguinte forma. O usuário paga uma assinatura mensal, que é acrescida por um valor variável calculado de acordo com os quilômetros rodados e forma de dirigir do segurado.

Pode-se dizer, portanto, que o Pay Per Use é um seguro que atende, principalmente, aquele motorista que dirige pouco, pois resulta em economia para o bolso. 

Comportamento X preço – Pay Per Use

Viu como é possível saber o que fazer com o seguro auto mesmo quando o carro não é usado?

O seguro Pay Per Use está aí como mais uma opção para quem precisa baixar os custos, mas sabe que contar com um seguro auto é essencial.

Afinal, estamos falando de um seguro que apresenta a seguinte dinâmica: quanto menos o motorista usar o carro, menor será o valor pago do seguro.

Mais: quanto mais prudente for a forma de dirigir do segurado, melhor será o preço da mensalidade.

Você pode estar se perguntando: como é mensurado o comportamento do motorista na hora de fazer essa conta que é paga mensalmente?

Simples: os dados de cada motorista são analisados por telemetria por meio do uso de um aplicativo.

Com esse aplicativo, os dados do motorista são aferidos e analisados por inteligência artificial, método que valida o perfil. E o resultado dessa análise que contribui para estabelecer o preço do produto final para o consumidor.

O próprio motorista controla o uso do carro para acompanhar o gasto feito dentro do mês utilizando um aplicativo que deve ser baixado no celular.

O que fazer com o Seguro Auto atual

Outra alternativa para quem está usando pouco o carro mas não abre mão da segurança oferecida pelo seguro auto, é rever a apólice que está em andamento. É possível comparar com outras opções mais baratas, além do já mencionado seguro Pay Per Use.

É verdade que o valor do seguro auto é uma das principais preocupações de quem contrata esse produto – ou almeja contratar.

E o preço de um seguro pode variar muito em função da seguradora. Isso porque cada uma apresenta planos, condições e regras distintas.

Apesar disso, é possível determinar certos aspectos que tornam a contratação de um seguro auto mais em conta – e, assim, chamar a atenção para uma reavaliação da apólice que se tem hoje.

Perfil do motorista e do carro

As seguradoras se baseiam sempre nas características do veículo e do segurado para definir um perfil de contratação do seguro. Esse perfil tem influência direta no preço do seguro.

Vamos dar um exemplo de um perfil com chances de contratar um seguro mais barato. Mulher, com mais de 25 anos de idade, casada, que não tenha histórico de sinistros, que seja cliente da seguradora e que mora em região com baixo índice de furto ou roubo.

Quanto às características dos veículos que tendem a ter seguros mais em conta, é possível destacar:

  • Baixa quilometragem;
  • Baixa média de rodagem por mês;
  • Custo inferior com manutenção;
  • Dispositivos de segurança como alarmes e travas;
  • Garagem;
  • Ano de fabricação.

Conheça mais o universo das seguradoras

São várias as seguradoras que oferecem ótimos produtos para os mais diferentes perfis de consumidores – e bolsos.

Conhecer essas empresas é importante para ter acesso a mais opções de seguros. Aqui, na Bidu, você pode fazer agora mesmo uma cotação on-line com as principais seguradoras do País.

Atenção às coberturas adequadas

Nem sempre seu carro precisa contar com todas as coberturas apresentadas pelos mais diversos seguros do mercado. Ainda mais se o uso do veículo está restrito.

Escolha apenas as essenciais. Assim é possível diminuir o valor da contratação, livrando-se de coberturas adicionais desnecessárias.

Faça diversas cotações

Mesmo quando se tem um corretor de confiança, é preciso pedir a ele que realize pelo menos três cotações.

Outra dica: solicite cotações que simulem coberturas variadas (desde que úteis, claro) e para várias seguradoras.

Equipamentos de segurança

Ter instalados itens de segurança como alarmes e rastreadores deixam os carros menos vulneráveis a roubos e facilitam a localização caso ocorra algum sinistro.

Por isso, tais itens, quando presentes no carro, podem garantir bons descontos na contratação do seguro auto.

 

Última atualização em 15/05/2020