COTAR SEGURO ONLINE Bidu - Cotação e Comparação de Seguro e Crédito Online
-->
thumb image

Seguro de Carro por Aplicativo – Você já ouviu falar dele?

Saiba como economizar na contratação do seguro e escolher o melhor plano

Quer contratar seguro de carro por aplicativo de celular? E se ele for cobrado apenas quando e onde você estiver usando o carro? Sim, a resposta é positiva para as duas perguntas. Os seguros pay per use com contratação via aplicativo já são uma realidade e ganharam muitos clientes durante a pandemia de coronavírus. O Seguro Auto Pay Per Use da ThinkSeg é pioneiro no Brasil e pode representar uma economia de até 50% em comparação com os seguros convencionais.

seguro de carro por aplicativo

Cotação online de Seguro Auto

Como funciona?

O seguro de carro por aplicativo pay per use (pague pelo uso, em tradução livre) é totalmente digital. Você baixa o aplicativo no celular e faz toda a contração através dele ou do site. Até a vistoria é feita de maneira virtual. Todas as informações e coberturas do seu seguro podem ser acessadas pelo aplicativo, inclusive o cancelamento.

A tarifação do seguro or aplicativo é feita através de uma assinatura mensal a partir de R$ 25,00 e mais alguns centavos  por quilômetro rodado. Se o carro ficar parado o mês inteiro, você paga somente o valor da assinatura.

O seguro de carro por aplicativo Pay Per Use, da Thinkseg, é um seguro feito sob medida para as pessoas que rodam pouco ou que combinam mais de um meio de transporte, como ônibus, trem, metrô, aplicativos de transporte e bicicleta. O Pay Per Use é feito em parceria com a Generali, fundada em 1831 e umas das maiores companhia seguradoras do mundo.

Como é feita a cobrança do seguro de carro por aplicativo?

O aplicativo da Thinkseg utiliza a telemetria para saber o quanto você roda por mês. Ele também identifica se o deslocamento está sendo feito através de outro meio de transporte, inclusive carros que não sejam o do segurado. Ou seja, você é tarifado apenas quando estiver dirigindo.

A telemetria também permite customizar o seguro durante o uso, o que acaba gerando uma economia e um preço final menor. Por exemplo, as coberturas de sinistro de acidente são desligadas quando o carro está estacionado, assim como as para roubo e furto quando o carro está transitando a 100 km/h em uma rodovia.

O app da Thinkseg analisa a maneira como o motorista dirige. Através de dados de velocidade, aceleração, uso do celular, fornece dicas de como melhorar sua condução, tornando o trânsito mais seguro.

Quais a coberturas disponíveis?

As coberturas do seguro auto por aplicativo Pay Per Use da Thinkseg são exatamente iguais às de um seguro convencional. Você tem coberturas para:

  • Colisões com perda total ou parcial;
  • Roubo e furto;
  • Incêndios e alagamentos;
  • Cobertura para danos materiais e corporais de terceiros;
  • Além de danos morais.

Os serviços oferecidos também têm o mesmo formato. Estão disponíveis assistência 24 horas com reboque, troca de pneus, chaveiro e reparo de vidros. Para acioná-los, basta usar o app da Thinkseg, sem a necessidade de fazer ligações telefônicas. Em casos de sinistros, todas as solicitações, envio de documentos e acompanhamento também são feitos por meio do aplicativo.

Todos os carros são aceitos?

O seguro da Thinkseg aceita veículos com valor mínimo de R$ 20 mil e máximo de R$ 300 mil. Isso desde que sejam relacionados na tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), que é usada em casos de indenização integral. Podem ser segurados veículos nacionais e importados, com ou sem blindagem.

Procura por seguro de carro por aplicativo disparou durante a pandemia

Com as pessoas em isolamento social e os carros parados na garagem, a procura pela modalidade pay per use disparou durante a pandemia de coronavírus. Em maio de 2020, a Thinkseg registrou uma elevação de 250% na procura em comparação com a média mensal do último semestre de 2019.

A tendência é que a procura continue elevada após o fim da pandemia, uma vez que as pessoas estão mudando seus hábitos. Muitas empresas adotaram a modalidade de home office definitivamente e os serviços de delivery dispararam. Cada vez menos as pessoas vão precisar do carro e nada mais justo do que pagar menos seguro.

 

Última atualização em 07/10/2020