COTAR SEGURO ONLINE

O Seguro de Vida cobre enterro?

O Seguro de Vida cobre enterro?

31/08/2020

Não tem como descrever a dor da perda de um familiar. Neste momento de luto, surgem algumas obrigações para lidar justo na hora de um momento tão difícil, como a organização do funeral. Para isso, a contratação de um seguro de vida ajuda a não precisar enfrentar tudo sozinho. Ainda mais, quando falamos da necessidade de se gastar um bom dinheiro com tantas despesas para arcar. Nós vamos explicar neste texto se o seguro de vida cobre enterro, em quais momentos ele é útil e qual a diferença entre assistência e auxílio funeral. Confira!

Cotação online de Seguro de Vida

Afinal, o Seguro de Vida cobre enterro?

Sim, cobre. O seguro de vida é popularmente conhecido por cobrir os casos de morte ou invalidez. Porém, o seguro não se resume a somente isso. Pelo contrário, existem várias coberturas adicionais no seguro de vida e, entre elas, está a assistência funeral. 

O seguro de vida cobre enterro e busca fornecer um suporte nessa situação delicada em que ninguém quer pensar em gastos ou negociação. O seguro assume a responsabilidade de se encarregar de todos os trâmites devidos. 

Por ser uma cobertura adicional, vale conferir quais seguradoras disponibilizam a assistência funeral. É uma cobertura que será necessária contratar à parte, como uma inclusão extra na apólice

Para conhecer outras coberturas adicionais, acesse os nossos materiais explicando as coberturas de despesas médicas e incapacidade temporária

Certo, já compreendeu que o seguro de vida cobre enterro, mas vamos descobrir agora como funciona a cobertura de assistência funeral. 

Como funciona a cobertura de assistência funeral? 

A cobertura de assistência funeral visa oferecer uma espécie de amparo para minimizar a burocracia habitual quando se perde um familiar. É, sim, uma ajuda para deixar despreocupado os familiares nessa ocasião de luto. 

Como já visto, o seguro de vida cobre enterro, mas não apenas isso. A cobertura de assistência funeral é disponibilizada em duas modalidades: 

  • Plano individual: corresponde apenas ao segurado; 
  • Plano familiar: corresponde ao segurado, cônjuge e filhos (até 21 anos, geralmente).  

Independente do plano escolhido, a cobertura garante os benefícios do seguro de vida auxiliar em todos os momentos do funeral. Quer dizer, entrar em contato com a funerária, organizar o velório e preparar o enterro. Cuidando da parte financeira e de todo o processo árduo evitando que a família precise lidar com tudo isso. 

Seguro de Vida cobre enterro em que valor?

O funcionamento da assistência funerária se baseia no limite máximo de indenização contratado pelo segurado. Na hora de assinar o contrato, é definido um valor que esclarece até quanto o seguro cobre tais despesas. O dado serve como uma referência tanto para o segurado como a seguradora. 

O limite máximo de indenização varia entre as seguradoras, porém costuma se encontrar coberturas de até R$ 5 mil por pessoa. Ou seja, o valor envolve todos os serviços, como traslado do corpo e locação de jazigo, e não pode ultrapassar o limite estabelecido. Caso passe, os custos excedentes se tornam responsabilidade da família. 

Existe, também, a opção de não acionar a assistência funerária. Ok, mas como fica quem tem a cobertura? Não sai no prejuízo: se preferir cuidar sozinho do funeral, o seguro de vida reembolsará os gastos posteriormente – até o limite máximo contratado. Guarde as notas fiscais das despesas para apresentar a seguradora. 

Além disso, mantenha a atenção no período de carência da cobertura. A dica é ler com bastante atenção as letras miúdas da apólice para entender os devidos prazos, condições e valores. 

Além de saber que o seguro de vida cobre enterro, vamos entender quais são os outros serviços disponíveis na cobertura. 

O que cobre a assistência funerária?

O seguro de vida disponibiliza uma série de serviços para cada etapa do funeral. Desde uma assessoria administrativa até o sepultamento. A quantidade de serviços depende da seguradora escolhida. No geral, a cobertura da assistência funerária oferece: 

  • Assessoria para os trâmites administrativos do sepultamento: como a liberação do corpo, taxa de emissão de documentos e registro de óbito; 
  • Carro funerário;
  • Urna ou caixão;
  • Velório e funeral;
  • Sepultamento ou cremação;
  • Ornamentação de urna (enfeites florais, mesa de condolências, velas e véu);
  • Preparação do corpo;
  • Passagem para um parente que more em outra cidade;
  • Traslado do corpo (caso o falecimento não for na cidade de origem); 
  • Locação de jazigo por alguns anos, se a família não possuir um;
  • Aviso do falecimento a outros familiares. 

Qual a diferença entre assistência funeral e auxílio funeral? 

Sim, as palavras são muito parecidas e os serviços também são semelhantes. A assistência funeral é uma cobertura do seguro de vida, certo? O auxílio funeral é outra cobertura ofertada no seguro de vida. 

A grande diferença está em quem fica responsável em procurar e contratar os prestadores de serviço para cada momento do funeral. 

Na assistência funeral, o seguro de vida cobre enterro e corre atrás de todas as outras burocracias e cuidados para que a família não sofra com esse desgaste. A seguradora escolhe os encarregados por cada processo, o que não permite certa customização do funeral. 

No entanto, com o auxílio funeral a história muda de figura. Neste caso, a família resolve todos os procedimentos e pode, assim, personalizar o funeral conforme desejar. A organização e contratação dos serviços fica restritamente aos familiares. O seguro entra em ação apenas na hora da indenização. Aqui, é preciso comprovar por notas fiscais tais custos para o reembolso. 

Lembrando: os gastos não podem ir além do limite máximo de indenização do segurado. 

Assistência ou auxílio funeral, qual escolher? Isso depende do segurado e do maior conforto de acordo com a sua realidade. Caso queira cuidar de tudo sozinho, o auxílio funeral é a opção ideal. Por outro lado, se quiser deixar o seguro como responsável pelas tarefas, a assistência funeral é a que está procurando. 

Por que contratar a cobertura?

A cobertura de assistência funerária ajuda o segurado e sua família numa situação de abalo psicológico e de sofrimento pelo luto. Isto, por si só, já é um motivo para contar com um amparo e conseguir passar por esse momento sem mais desconfortos. 

Outra razão: o alto preço de cada serviço, se contratado à parte. Imagine procurar, negociar e fechar cada etapa do funeral? O tanto de despesas e dor de cabeça na hora mais desagradável possível. Sem contar que, caso contrate serviço por serviço, o funeral sairá muito mais caro e corre o risco de criar uma dívida

A escolha pela assistência funerária é uma grande economia para o seu bolso. Enquanto um funeral pode sair R$ 3 mil, com o seguro garantido só é necessário pagar em dia o prêmio (pagamento do seguro). A depender da seguradora selecionada, visto que os serviços variam entre elas, o seguro pode sair R$ 30 reais anualmente. 

Como acionar a cobertura?

Caso haja a necessidade de acionar a assistência funerária, tenha certeza que essa cobertura foi contratada. Vale dar uma olhada na apólice, caso consiga encontrá-la com facilidade. Do contrário, procure a seguradora para confirmar a existência da cobertura. 

Mesmo assim, não demore para entrar em contato com a seguradora. Se for possível, logo após o falecimento acione o seguro para se iniciar as providências quanto a documentação. Costuma-se designar um funcionário da seguradora para o acompanhamento dos serviços e garantir um apoio à família. 

Como visto, o seguro de vida cobre enterro e assegura todo o suporte para a família numa hora difícil e de forte desgaste emocional. Para te ajudar, vale fazer uma cotação de um seguro de vida para proteger você e sua família a não enfrentar esses momentos sozinhos!

+ Como saber se o morto deixou seguro de vida?

Última atualização em 31/08/2020