COTAR SEGURO ONLINE

7 motivos para colocar o Seguro de Vida dentro do planejamento familiar

7 motivos para colocar o Seguro de Vida dentro do planejamento familiar

05/08/2020

Você já pensou em incluir o seguro de vida no planejamento familiar? Trata-se de uma opção de produto que pode contribuir para uma melhor qualidade de vida. Além disso, ele traz mais tranquilidade para o segurado e, claro, para as pessoas que serão beneficiadas pelo seguro caso ocorra algum imprevisto.

Só essas razões já são suficientes para entender que prever a contratação de um seguro de vida no orçamento doméstico é importante sim!

Mas como é possível pensar nessa ideia de forma suave e tranquila para que, então, saia do papel e seja colocada em prática?

Cotação online de Seguro de Vida

Contar com o Seguro de Vida no planejamento familiar

Como todo mundo sabe, vários imprevistos podem acontecer e cada um de nós está sujeito, diariamente, a uma série de riscos.

Por isso, pensar em poupar e também em investir dinheiro para ter mais qualidade de vida e constituir um patrimônio é saudável. Assim como é recomendado também dedicar atenção aos bens que já foram adquiridos.

Mas, lembre-se sempre da importância de se preocupar não apenas com imóveis ou carros mas, sobretudo, com a saúde e, consequentemente, com a própria vida. Devemos dar a devida importância à vida de quem de fato importa como, por exemplo, a família.

Esse é o principal pensamento que deve embasar a ideia de contar com um seguro de vida no orçamento familiar.

Da mesma forma que a maior parte das pessoas que são donas de veículos prevê a contratação de um seguro auto, ter acesso a um seguro de vida também pode ser encarado como uma necessidade natural.

Afinal, o seguro de vida pode, por exemplo, amparar famílias caso o provedor venha a faltar. Sem contar que o próprio segurado pode ser beneficiado caso fique desamparado em virtude de um acidente ou doença que o impeça de trabalhar. 

Principais motivos para incluir o Seguro de Vida no planejamento financeiro da família

A Bidu traz para você algumas das principais razões para que o seguro de vida seja considerado no orçamento financeiro da sua família. Confira! 

1. A segurança financeira necessária para a família

O seguro de vida apresenta alguns tipos de apólices. Há aquelas que cobrem, por exemplo, invalidez temporária ou definitiva, despesas médicas etc. 

Desta forma, é possível escolher a apólice que poderá melhor contribuir para a segurança do segurado e sua família. Considere o perfil do núcleo familiar e também as condições de vida do próprio segurado. 

Imagine, por exemplo, que o segurado tem dívidas. Neste caso, o seguro de vida é mais do que indicado visto a possibilidade de seu cônjuge ou filho assumir o pagamento dessa dívida caso ocorra algum imprevisto.

2. Cobertura em casos de acidentes

Acidentes de trânsito estão entre as principais causas de mortes em nosso País. Ele são também responsáveis por internações que, por vezes, podem resultar em longos períodos de afastamento profissional. 

Em uma situação como essa, quando o segurado precisa cumprir licença médica, às vezes por muito tempo, o seguro de vida pode ser a solução para que a família mantenha o padrão de vida diante dessa fase difícil.

3. Cobertura em casos de doenças graves

Outro tipo de apólice que pode ser de muita importância é a que cobre doenças graves como, por exemplo, câncer. 

Dessa forma, o segurado recebe uma indenização caso seja diagnosticado com uma enfermidade considerada grave. 

O valor recebido pode ser usado como quiser, incluindo o pagamento do próprio tratamento e das despesas com hospitais. 

Em um cenário como esse também vale colocar na ponta do lápis os gastos realizados com medicamentos. E, acredite, há alguns que comprometem toda a renda da família.

4. Reembolso de despesas com médico, hospitais e remédios

O mercado de seguros também coloca à disposição algumas modalidades que fazem reembolso de despesas médico-hospitalar. Elas também podem cobrir gastos com medicamentos (os valores são limitados ao capital que foi segurado).

5. Resgate do valor aplicado

Há ainda apólices em que o segurado pode resgatar o valor que foi aplicado. Tratam-se dos seguros de vida conhecidos como resgatáveis.

 Essa modalidade de seguro une a proteção da família com investimento, já que é possível resgatar parcialmente ou todo o valor investido (depende do que é contratado) depois de 24 meses.

6. 100% livre de tributos – Imposto de Renda

Saiba que o valor da indenização do seguro de vida é 100% livre de tributos no Imposto de Renda.

 Trata-se de uma informação importante e que deve ser lembrada durante a elaboração do planejamento financeiro da família. 

7. Inventário e penhora

Os seguros de vida não entram em inventários e não são passíveis de penhora para eventuais pagamentos de dívidas.

Tem outra informação importante que não impacta no orçamento da família. Em virtude de a cobertura ser recebida pelo beneficiário no prazo de até 30 dias do aviso de sinistro, as despesas com a documentação são resolvidas com facilidade.

Vale a pena incluir o Seguro de Vida no planejamento familiar

Mediante as razões acima mencionadas, vale refletir bem sobre a importância que o seguro de vida pode ter no planejamento financeiro. Ele pode ajudar muito caso ocorra um imprevisto e/ou uma despesa extraordinária.

Afinal, é possível ter acesso a inúmeros tipos de apólices – para diversas situações – porém, pagando em parcelas fixas. É possível adaptar ao bolso e às necessidades de cada um, protegendo o orçamento de riscos que, infelizmente, fazem parte do nosso dia a dia.

Contratação de Seguro de Vida on-line

É possível solicitar aqui, na Bidu, uma cotação on-line de seguro de vida.

Você encontrará as principais opções de seguradora do mercado.

Faça o teste!

 

 Última atualização em 05/08/2020