Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Cartão de crédito negado: veja o que pode ser

cartão de crédito negado: veja o que fazer

Cartão de crédito negado: veja o que pode ser

Tive meu cartão de crédito negado. E agora? Contar com um cartão de crédito à sua disposição facilita – e muito – a vida. Principalmente, a forma de fazer compras. Isso porque o cartão permite a possibilidade de parcelar e definir a data de vencimento da fatura no melhor dia para o seu bolso.

Mas, nem todos os clientes que solicitam esse produto conseguem ter seu pedido aprovado. E aí fica a dúvida: por que ele não foi aprovado? A seguir, detalharemos alguns fatores usados pelos bancos na hora de não aprovar a emissão de um cartão de crédito.

Falta de documentos ou dados incorretos

Teve o cartão de crédito negado mesmo com o nome limpo? (se estiver negativado pode solicitar um empréstimo!) O erro pode ter sido seu. Ao realizar a solicitação do cartão, é fundamental que todos os dados informados estejam corretos, principalmente aqueles envolvendo renda.

Quando os dados são enviados, o banco irá realizar uma checagem minuciosa, e, se encontrar qualquer informação divergente, poderá cancelar automaticamente o pedido. Por isso, é importante que, quando for fazer a solicitação, o cliente anexe comprovantes de renda ou outros documentos, enviando todas as cópias solicitadas, já que o banco pode optar por não aprovar o pedido pelo simples fato da documentação estar incompleta.

Nome sujo no Serada ou SPC

Os clientes que estão com nome sujo na praça não conseguem ter acesso a um cartão de crédito. Essa é uma regra simples e que não existe negociação com os bancos.

Isso ocorre porque a instituição bancária escolhe perfis de pessoas definidas como bons pagadores para liberar crédito e posterior pagamento. Agora, se o cliente não consegue honrar com suas dívidas, o banco não vai correr o risco de ficar no prejuízo. Ou seja, se o seu nome está no SPC ou Serasa, o pedido de cartão de crédito provavelmente será negado. Veja nossas dicas de como quitar dívidas com bancos e limpar seu nome.

Nome limpo, mas com histórico devedor

Agora, se a pessoa já não está mais como o nome sujo no SPC ou Serasa porque conseguiu quitar todas as suas dívidas e resolveu pedir um cartão de crédito para fazer suas compras, ela vai conseguir? Nestes casos, a chance de que o banco libere um cartão de crédito ainda permanece pequena. Isso porque o histórico de dívidas da pessoa – mesmo que seja no passado – não inspira confiança para a instituição financeira.

Ser um mau pagador tem peso e influência direta na decisão do banco de negar ou aprovar um cartão. Inclusive, em casos de dívidas que caducaram (seu nome não consta no Serasa ou SPC), ainda existe o histórico financeiro de um cliente que não fez os pagamentos.

Entretanto, se a pessoa for correntista do banco que está solicitando o cartão de crédito, isso pode ajudar no processo.  Nesse caso, o banco já conhece o perfil de movimentação bancária e a responsabilidade com os pagamentos da pessoa. Aqui, é recomendado que o cliente solicite o cartão de crédito com o limite baixo e, depois de algum tempo, solicitar o aumento no limite, sempre de acordo com a sua renda atual. O importante é ter paciência e não cometer loucuras.

A renda informada é menor ao mínimo exigido

Quando você solicita um cartão de crédito pela internet, é preciso preencher todas as informações exigidas para a liberação do produto. Especialmente em relação ao valor da renda mínima mensal solicitada. O valor exigido para cartões de crédito nacionais e internacionais não são os mesmos. Isso porque o produto é pensado para diferentes tipos de perfis de clientes.

Geralmente para os cartões de crédito nacionais (aqueles que você só pode usar dentro do Brasil) o valor da renda mínima exigida é mais baixa. Em muitos casos é pedido a comprovação de renda igual ou superior a um salário mínimo.

Já nos casos dos cartões de crédito internacionais (que podem ser utilizados em todos os países) a renda mínima exigida é mais alta, porque as taxas desse produto também são mais altas.

Quando o risco do perfil do cliente é considerado alto

Ao solicitar um cartão de crédito, o banco realiza o Score. Ele é uma análise do histórico e perfil financeiro do solicitante. Esse processo pode levar até 30 dias e após esse procedimento, o banco decide se emite ou não o cartão de crédito para o cliente. O critério é exclusivo do banco emissor.

A avaliação analisa:

  • Estado civil
  • Emprego e renda mensal
  • Histórico de dívidas: se você tem alguma conta pendente ou dívidas pagas
  • Se você tem ou já teve o nome sujo
  • Análise de documentos: é pesquisado se você já foi vítima de fraude ou se já teve documentos clonados ou roubados
  • Histórico de crédito e contas: você paga as mensalidades das suas contas regularmente? Tem outros empréstimos ou financiamentos pendentes? Tudo isso é verificado pelo banco na hora de fazer sua avaliação

Quando o cliente possui um perfil de risco baixo (honra todos os pagamentos) o banco aprova o cartão de crédito sem pensar duas vezes. Mas, quando o solicitante tem um histórico de dívidas (mesmo que no momento estejam pagas), o banco assume que essa pessoa apresenta um risco muito alto, e tende a negar o pedido do cartão, ou, fornecer um limite de crédito baixo.

Outro ponto importante é o estilo de clientes que o banco tem interesse de atrair. Por exemplo, mesmo que o cliente seja um bom pagador, sem nunca ter nome sujo, mas que tenha uma renda mais baixa, é possível que o banco emissor não libere a solicitação, pois estão buscando clientes com um outro perfil.

Uma boa sugestão para quem teve o crédito negado mesmo com o nome limpo é realizar um cadastro positivo. Ele permite aos bancos o acesso as suas contas básicas e, assim, monitorar seus hábitos de consumo. O cadastro positivo ajudar a melhorar a pontuação do seu Score. Ele pode ser feito online no site de empresas especialistas em avaliação de crédito.

Tenha um perfil econômico

Não se desespere e lembre-se: um bom perfil econômico leva tempo para ser construído. Evite comprar as coisas por impulso. E jamais assuma parcelas muito altas para não acabar com o risco de entrar no vermelho.

Mesmo que leve um pouco mais de tempo, os bons pagadores sempre são recompensados. Em todo caso, se o seu cartão de crédito foi negado por um banco, você pode tentar fazer uma nova solicitação com outra entidade bancária. Os critérios de aprovação nem sempre são os mesmos e você pode ter mais sorte na segunda tentativa.

Além disso, conte com a Bidu Corretora para solicitar cartão de crédito online!

Solicitar Cartão de Crédito

+ Cartão de crédito empresarial