Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Tudo que você precisa saber sobre cartão de crédito sem comprovante de renda

Talvez você nunca tenha ouvido falar ou sequer imaginou que poderia existir. Mas sim, hoje é possível ter um cartão de crédito sem necessidade de comprovar a sua renda. E é sobre isso que vamos falar aqui hoje. Você vai ver como as instituições financeiras se comportam diante dessa possibilidade e como você pode solicitar o seu cartão de crédito sem comprovante de renda.

Imagem de cofre e calculadora ilustrando texto sobre cartão de crédito sem comprovante de renda

É possível ter um cartão de crédito sem precisar comprovar renda.

Para que serve o comprovante de renda?

Antes de tudo, é importante você saber por que as instituições financeiras exigem dos clientes um comprovante de renda para aquisição do cartão de crédito. Isso não acontece só por uma burocracia chata da instituição. O comprovante de renda é uma garantia. Ele comprova que você possui fontes e recursos suficientes para o pagamento da fatura do seu cartão, possíveis dívidas adquiridas com ele e até mesmo para comprovar sua capacidade de solicitar empréstimos e financiamentos.

Outro motivo, é que, a partir da comprovação de renda, a instituição consegue definir com mais clareza os limites de crédito disponíveis no seu cartão. Ou seja, é um estudo feito para que você adquira um cartão de acordo com a sua realidade, um limite nem tão alto, nem tão baixo. Quanto maior a renda, maior o limite do cartão de crédito. Com isso, você e o banco ficam seguros e estabelecem uma relação de confiança maior.

Por que alguns bancos não exigem comprovante de renda?

Se o comprovante de renda traz todas essas referências e garantia de compromisso dos clientes com o banco, por que algumas oferecem cartão de crédito sem comprovante de renda? Boa pergunta! Há outras formas do banco conhecer sua vida financeira.

Alguns exemplos são a verificação do seu histórico de crédito, consultas ao Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e Serasa, histórico no banco e todas as suas movimentações financeiras. Assim, muitas vezes é possível conseguir um cartão de crédito sem comprovante de renda.

Muitos se perguntam se isso é permitido pelo Banco Central. A resposta é que o Banco Central do Brasil (BC) não possui responsabilidade nessa decisão. Ela cabe exclusivamente às regras de cada empresa, com base nas orientações do BC.

Como fazer um cartão de crédito sem comprovante de renda?

Vamos lá. Se você já é correntista em algum banco, mas não tem como comprovar a renda para solicitar um cartão de crédito, há formas de conseguir o seu cartão de crédito sem comprovante de renda.

Você pode utilizar-se do seu histórico com a instituição para fazer a solicitação. Uma boa conversa com o gerente da sua conta é um começo. Fale sobre os motivos de não possuir uma comprovação de renda e ainda apresente sua atividade bancária, como saques, depósitos e pagamentos. Isso contribuirá no seu pedido.

Uma alternativa, para quem não possui esse histórico ou extratos de movimentação bancária como comprovante, é apresentar a declaração do Imposto de Renda (IR) do último ano. Isso será avaliado pela instituição como um comprovante da sua renda e pode ajudar você a conseguir o cartão de crédito sem comprovante de renda.

Profissionais autônomos com renda mensal variável podem se comportar da mesma forma. Ou seja, basta reunir os extratos dos últimos meses, validando suas atividades bancárias e sua competência, para assumir um compromisso com a instituição com um cartão de crédito.

Pessoas com nome sujo no mercado, no SPC ou Serasa, podem ter mais dificuldades para conseguir um cartão de crédito sem comprovante de renda. Geralmente, as instituições oferecem para esses casos, cartões de crédito do tipo pré-pagos ou consignado.

Alguns exemplos de cartão de crédito sem comprovante de renda?

Vamos listar a seguir alguns exemplos de cartão de crédito sem comprovante de renda.

Nubank

Existem alguns casos bem conhecidos no mercado de instituições que não exigem comprovação de renda na hora de pedir um cartão. Esse é o caso do Nubank. Para aqueles que ainda não conhecem, vamos apresentar o famoso “roxinho” para vocês.

O Nubank é um banco 100% digital, criado em 2013, que veio com a proposta de simplificar e tornar mais transparente a relação das pessoas com bancos. Ele é livre de taxas e tarifas bancárias, como a cobrança de anuidade. Você tem total controle das movimentações financeiras pelo aplicativo para smartphones da própria empresa. A instituição oferece aos seus clientes a opção de cartão de crédito Platinum sem qualquer custo adicional.

O Nubank oferece cartão de crédito sem comprovante de renda. Basta entrar no site, cadastrar seus dados e fazer a solicitação do cartão. A análise do seu crédito e a avaliação do limite que será disponibilizado a você é feita por outras ferramentas, sem qualquer solicitação de papelada ou extratos.

Cartões vinculados à conta poupança

Outra alternativa para quem que um cartão de crédito sem comprovante de renda são os cartões de crédito associados à uma conta do tipo poupança.

Para isso, você deverá buscar uma instituição financeira que ofereça esse tipo de serviço. Então, abra uma conta poupança, faça um depósito inicial que irá garantir a liberação do seu pedido e solicite o seu cartão. Geralmente, as condições desses cartões são diferentes. Vale uma pesquisa inicial para entender melhor as necessidades para então tomar a decisão.

A empresa Ibi, oferece o IbiCard Fácil, que não precisa de comprovação de renda e nem realiza consultas ao SPC e ao Serasa. A aquisição do cartão depende apenas de um depósito tipo Certificado de Depósito Bancário (CDB) no valor mínimo de R$ 100. Com ele, você realiza compras no crédito à vista ou com parcelamento de até 10 vezes.  

Cartões de crédito universitário

Estudantes universitários ganham uma “forcinha” das instituições financeiras na hora de adquirir um cartão de crédito sem comprovante de renda. Isso porque se faz entendido que os estudantes estão começando a ingressar no mercado. Com isso, ainda não construíram uma situação financeira sólida que possa ser justificada como para os demais.

Se você faz parte desse grupo, ao abrir uma conta corrente universitária em um banco, você provavelmente receberá a opção de solicitar um cartão de crédito. Esse cartão possui limite disponível mais baixo. Mas isso pode ser gradualmente ajustado de acordo com a responsabilidade individual do correntista. Ou seja, se ele paga em dia seus compromissos com o banco, e de acordo com a movimentação, seja por inclusão de valores de bolsa de estudo, mesada ou remuneração de estágio.

Para abrir uma conta corrente universitária é indispensável a apresentação de um documento de matrícula em uma instituição de ensino superior com reconhecimento do MEC e documentos pessoais, como RG e CPF.

Cartões pré-pagos

O cartão de crédito pré-pago é outra modalidade que não exige comprovante de renda, mas também funciona um pouco diferente do que os demais cartões. Para solicitar não tem nenhuma burocracia ou consulta ao SPC e Serasa. Ou seja, é a forma mais fácil de ter um cartão quando se está com nome sujo no mercado.

Para entender como funcionam esses cartões, imagine que o seu celular é do tipo pré-pago. Ou seja, você faz recargas recorrentes para poder utilizar os serviços. Então, com o cartão de crédito pré-pago é a mesma coisa. Você insere um valor de crédito pré-definido e utiliza em suas compras e pagamentos.

Mas atenção, as emissoras desse tipo de cartão, geralmente, cobram taxas extras pelos serviços, como recargas, saques ou transferências bancárias. Fique de olho no momento da contratação e evite surpresas!

Cartão de crédito de loja

Grandes marcas de lojas de varejo, rede de supermercado e outras atividades oferecem aos seus clientes um cartão de crédito próprio da marca.

Há vantagens e desvantagens para o consumidor que opta por esse serviço e é preciso avaliar bem antes de contratá-lo. Se o seu perfil de compra naquela loja é assíduo, por exemplo, esse tipo de cartão vale a pena para você. Isso porque muitas das vantagens são oferecidas para quem demonstra certa fidelidade à marca.

Já entre as desvantagens, está o limite baixo para compras e, algumas vezes, a restrição de compras em outros locais.

Agora que apresentamos as opções, esperamos que esteja mais fácil para você tomar uma decisão. Pesquise bem antes de solicitar o seu cartão de crédito sem comprovante de renda e cuide sempre da sua saúde financeira.

+ Quais são as principais operadoras de cartão de crédito?

+Como funciona o cartão de crédito sem anuidade?

+Saiba como economizar com o cartão de crédito