Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Limite do cartão de crédito: saiba melhor como funciona

Limite do cartão de crédito

Antes de tirar o cartão do bolso, fique atento ao seu limite disponível!

Já mostramos o que você pode fazer para economizar com o cartão de crédito. Um dos principais motivos que levam as pessoas a se afogarem em dívidas é o mau uso do limite do cartão de crédito.

Quando fazemos uma compra no crédito, por exemplo, estamos gastando uma parte do limite pré-determinado no ato de requisição do cartão. Vamos explicar primeiro o que é o limite e como ele funciona.

+ Economize no seguro de carro também

O que é e quanto eu tenho no limite do cartão de crédito?

Ele é uma quantia fixada que – como diz o nome – limita seu gasto a um determinado valor.

Esse valor vai ser definido no momento de contratação do cartão, onde sua renda será analisada, juntamente com uma estimativa de quanto você pode gastar por mês, de acordo com seu salário. Ou seja, ele é definido pelo banco e apenas ele pode alterar.

Ex: Uma pessoa possui um cartão com limite de 800 reais, e gasta 300 desse limite em uma compra parcelada por 3 vezes sem juros. Seu limite agora irá baixar para 500 reais (R$ 800,00 – R$ 300,00).

A cada mês, conforme for pagando as parcelas, seu limite irá subir – considerando que, nesse caso, pagaria 100 reais por mês, no primeiro mês o limite de compra subiria de 500 para 600 reais, e assim por diante.

Lembrando que, se você gastar 300 reais do seu limite – dado no exemplo, você não poderá comprar nada de 800 reais até quitar a dívida, pois o único limite que terá disponível no primeiro mês será de 500 reais, com acréscimo de 100 reais cada mês.

Produzimos um vídeo para explicar como funciona e como aumentar o limite do cartão de crédito.

E como eu faço para aumentar meu limite do cartão de crédito?

É comum uma pessoa começar a ganhar mais e querer aumentar o limite do seu cartão de crédito. Mas nem só de renda se faz o teto do cartão.

Fatores como inadimplência ou atrasos em pagamentos podem ser uma barreira na hora de aumentar o seu crédito. Então, nada de deixar de pagar sua fatura ou esquecer de fazer o pagamento das contas!

Os fatores, no entanto, variam muito entre as instituições financeiras que oferecem o serviço de crédito. É sempre bom conversar com o gerente e ficar atento aos detalhes e prazos estipulados em contrato.

Limite de crédito x limite de saque

Há diferenças entre esses dois diferentes tipos de limite do seu cartão de crédito. O limite de crédito pessoal, como já dito acima, é o valor total que a instituição que gere o cartão disponibiliza para o cliente.

É definido no momento em que o cartão é adquirido, e leva como base sua renda e perfil de compras.

Já o limite de saque é o serviço que alguns cartões disponibilizam, funcionando como um saque emergencial. Não costuma estar vinculado ao limite de crédito, portanto o cliente pode fazer o saque emergencial sem modificações no valor do limite para compras.

Essa forma de saque, no entanto, está sujeita a juros e taxas, fazendo com que se torne necessário somente em uma ocasião de verdadeira necessidade.

Há ainda o limite disponível que, como indica o próprio nome, mostra o valor que está a disposição do cliente no momento da consulta.

Ao comprar um produto de 400 reais em um limite de 1000, o limite do cartão de crédito disponível será de 600 reais, por exemplo.

O cartão não pode se transformar em um vilão! Você precisa calcular os gastos e tirar suas dúvidas sobre o assunto (uma dica é procurar as perguntas frequentes em sites de instituições financeiras).

As compras parceladas devem ser feitas apenas se houver um planejamento com antecedência, por exemplo, pode ser uma vantagem utilizá-las em viagens.

Não esqueça de escolher a melhor data de pagamento para sua fatura: verifique os dias em que receberá e escolha um dia no qual você terá o dinheiro.

Se você se enrolar com as parcelas do cartão de crédito, uma opção é contratar um empréstimo pessoal, que costuma ter taxas de juros mais baixas. Ou fazer um empréstimo pessoal consignado, onde as taxas de juros são menores ainda!

Evite sufoco financeiro: veja como economizar dinheiro priorizando a sua felicidade.