Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Tudo sobre máquina de cartão de crédito para autônomo

Você que busca alternativas para melhorar o seu negócio, com certeza já pensou em como investir em facilidades para os seus clientes. Um exemplo é a possibilidade do pagamento do produto ou serviço que você oferece por cartão de crédito e débito. A máquina de cartão de crédito para autônomo e microempreendedor já é uma realidade. Adquirir uma pode ser mais fácil do que você imagina.

Imagem de cartão de crédito ilustrando texto sobre máquina de cartão de crédito para autônomo

Por isso, separamos aqui algumas informações e dicas para você fazer a melhor opção para o seu empreendimento.

Por que ter uma maquininha de cartão?

Ter mais uma opção para o seu cliente fazer o pagamento é motivo de comemoração. Afinal, usar cartão de crédito ou débito é uma forma simples e muitas vezes a preferida dos consumidores.

Você que é microempreendedor ou autônomo pode investir nessa tecnologia e ampliar o seu negócio e o faturamento com baixas taxas administrativas. Além disso, também há a possibilidade de antecipação de vendas com a operadora.

Praticidade, flexibilidade e aumento nas vendas são as palavras-chave ao pensar em beneficio em ter uma máquina de cartão de crédito para autônomo

Vantagens da máquina de cartão de crédito para autônomo

Simplificando a sua avaliação das vantagens, listamos abaixo alguns pontos para considerar:

– Aumento nas vendas: cartão de crédito e débito são as formas de pagamento mais usadas pelos consumidores;

– Segurança: para você e para o seu cliente. Nada de ficar com dinheiro no bolso, a venda vai direto para a sua conta;

– Praticidade: carregue a sua maquininha para onde você quiser, já que muitas operam sem fio ou até mesmo direto pelo smartphone;

– Não fique atrás da concorrência: provavelmente a loja ao lado aceita cartão e isso pode ser um fator decisivo de compra por parte do consumidor;

– Custo baixo: com tantos novos e pequenos negócios no mercado, as operadoras de cartão concederam custos mais baixos para quem precisa do serviço.

Há desvantagens?

Como qualquer novidade que você resolva implementar no seu negócio, um planejamento e organização de custos e investimentos devem ser estudados previamente.

O microempreendedor e o profissional autônomo devem colocar na ponta do lápis os custos mensais, anuais e de transação que passarão a assumir ao adquirir uma máquina de cartão. Aí então, devem comparar com o seu faturamento.

É verdade que muitas empresas disponibilizam o serviço de máquina de cartão de crédito para autônomo por valores baixos. Às vezes, até mesmo sem cobrança de mensalidade ou de custos para a aquisição do aparelho.

Por isso, você precisa se informar, pesquisar no mercado qual empresa atende às suas necessidades e do seu negócio. Depois disso, você pode fazer a aquisição da máquina de cartão de crédito para autônomo.

Como ter uma maquininha?

Você que é microempreendedor (MEI) ou profissional autônomo, com Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), pode adquirir uma máquina de cartão de crédito.

Para isso, precisa apresentar o seu registro profissional do órgão responsável ou a autorização para desempenho da sua atividade, obedecendo à legislação local.

Além desse documento, você deve ter conta corrente individual em banco. Ou seja, não pode ser conta poupança ou conta conjunta.

Vale ressaltar que esses são dados mais gerais de como você pode adquirir a sua máquina. É necessário pesquisar individualmente as políticas e regras de cada empresa. Fique tranquilo, não é tão complicado quanto parece.

Qual a melhor opção?

É fácil se perder nesse mercado tão grande de operadoras de cartão e fica mais difícil decidir qual a melhor empresa pro seu negócio. O fator custo e benefício deverá ser o principal motivador para descobrir qual a melhor opção.

Para ajudá-lo nessa decisão, listamos aqui algumas características das maquininhas.

SumUp

A SumUp apresenta dois modelos, a Top e a Super, ambos sem cobrança de mensalidade, apenas de aquisição e de transação. A diferença desses tipos de maquininhas está na funcionalidade.

A SumUp Top funciona com apoio de smartphone Android ou IOS. Já a SumUp Super não precisa de celular, sua conexão é via wi-fi ou rede de dados.

Veja abaixo os custos de aquisição e as taxas cobradas por transação:

Modelo Custo Taxas
SumUp Top R$ 118,80 ou em 12x de R$ 5,70 – Débito: 2,39%

– Crédito:

Plano Antecipado:

À vista: 4,60%

Parcelado: +1,50%

Plano Econômico:

À Vista: 3,10%

Parcelado: 3,90% (2 a 12x)

SumUp Super R$ 238,80 ou em 12x de R$ 19,90

Cielo

A Cielo aceita diversas bandeiras do mundo todo e trabalha com pagamento de mensalidades que incluem a maquininha, equipamentos de utilização, como bobinas, materiais de sinalização, garantia de manutenção e suporte técnico.

Veja as opções de máquinas e valores de aluguel e mensalidade:

As taxas por transações realizadas seguem, em geral, a seguinte porcentagem de cobrança e de pagamento:

Transação Taxa (a partir de) Prazo para recebimento
Débito 2,70% 1 dia útil
Crédito à vista 4% 31 dias
Crédito parcelado 4,75% (1 a 3 vezes);

5% (4 a 6 vezes);

5,5% (7 a 12 vezes)

Variável

PagSeguro

A empresa PagSeguro, da UOL, oferece dois modelos bastante conhecido nas propagandas de TV: a Moderninha, nas versões PRO e Plus, e a Minizinha. Os três tipos recebem diversas bandeiras de crédito e débito, além de algumas opções de cartão-refeição.

A diferença entre esses modelos é que a Minizinha aceita apenas cartões com chip. Já a Moderninha PRO é a única que gera comprovante de renda impresso. As demais enviam por SMS.

Veja os custos de aquisição e as taxas cobradas por transação dessas maquininhas:

Modelo Custo Taxas
Moderninha PRO R$ 778,80 ou em 12x de R$ 64,90 Débito: 2,39%

Crédito à vista: 3,19%

Crédito parcelado: 3,79%

Moderninha Plus R$ 346,80 ou em 12x de R$ 28,90 Débito: 2,39%

Crédito à vista: 3,19%

Crédito parcelado: 3,79%

Minizinha R$ 238,80 ou em 12x de R$ 19,90 Débito: 2,39%

Crédito à vista: 3,19%

Crédito parcelado: 3,79%

Uma nova fase para a sua empresa

Dito tudo isso, é bem provável que agora você veja a possibilidade da maquininha de cartão para microempreendedor como um novo degrau para alavancar o seu negócio. Então, lápis, papel, planilhas de contas na mão e organize-se para adquirir a sua!

+ Estorno de cartão de crédito: como funciona?

+ MEI pode comprar veículo?

Solicite Maquininha SumUp