Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

5 dicas para organizar finanças com mais de um cartão de crédito

Todos nós sabemos que o cartão de crédito pode ser uma mão na roda no nosso dia-a-dia. No entanto, o Brasil é considerado o país com maior índice de endividamento por juros de cartão de crédito do mundo. Isso mostra uma realidade que precisamos engolir: não sabemos utilizar o cartão da maneira correta e acabamos com dívidas com bancos. Não é certo usar o cartão e fazer um empréstimo pessoal para pagá-lo, né? E nem se enrolar com alguma opção de CDC.

Muita gente opta por ter mais de um cartão, chegando a até 5 ou 6. Ter mais de um cartão de crédito pode ser o início de uma vida de dívidas sobre dívidas. Nesse caso, o descontrole financeiro fica sempre mais plausível de acontecer. Afinal de contas, a média de juros das companhias de crédito gira em torno dos injustificáveis 450% ao ano.

Se você tem mais de um cartão de crédito e sabe bem que é preciso tomar as rédeas para não ser refém dos juros altíssimos, fique atento às nossas dicas para recuperar a sua saúde financeira e organizar o seu orçamento.

Organiza finanças

veja com o organizar finanças com mais de um cartão de crédito

Faça uma lista com suas despesas fixas e renda mensal

Liste tudo o que você precisa pagar mensalmente, impreterivelmente. Vale colocar na sua planilha: celular, telefone, internet, convênio médico, aluguel, água e outras contas fixas. Some tudo e veja qual o seu gasto bruto por mês. Feito isso, liste em outro campo toda a sua renda. Salário fixo, aluguéis a receber, serviços prestados, etc.

Compare gasto x receita

Faça uma comparação entre o que você ganha e o que você gasta. Buscar um equilíbrio nessa conta é o primeiro passo para recuperar a sua saúde financeira.

Reveja os limites

O valor que resultar da subtração do valor ganho menos o valor gasto deverá ser maior do que os limites dos seus cartões de crédito juntos. Por exemplo, se o seu salário é de R$2.000,00 e seus gastos fixos são de R$1.000,00, o limite dos seus cartões de crédito deverão ficar em torno de R$800,00, juntos. Saiba mais sobre o limite do cartão de crédito no nosso post.

Estude as prioridades

Encare a realidade e separe o orçamento por categorias. Assim você pode ver o quanto gasta com lazer, entretenimento, alimentação fora de casa, presentes, etc. Por exemplo, se você gasta R$850,00 por mês com lazer, no mês seguinte, tente reduzir 20% deste gasto fazendo programas em casa com os amigos e buscando alternativas mais baratas. O mesmo pode ser feito com outras categorias.

Pare e pense

Você se sentiu tentado a comprar algo no crédito que custa mais de R$150,00? Pare por um minuto e reflita, vá para casa. Se no dia seguinte se você ainda sentir necessidade de comprar aquilo, analise suas possibilidades e vá em frente. Esperar um dia até fechar uma compra é um meio eficiente de evitar compras por impulso. Além disso, veja se realmente vale a pena comprar no cartão de crédito.

Renegocie suas dívidas

Se você já foi engolido pelos juros dos cartões de crédito, coloque na ponta do lápis o valor dessa dívida atual. Elabore uma proposta para quitá-la e entre em contato com sua operadora para negociar. Se não for possível, calcule quanto você precisa pagar por mês para quitar essa dívida e em quanto tempo o seu orçamento ficará comprometido com isso. Neste período, não compre nada que extrapolar o orçamento e evite ao máximo comprar coisas em muitas prestações. Para começar a se reorganizar, é preciso eliminar um problema financeiro de cada vez.

+ Dicas de como organizar o orçamento familiar

+ Conheça o Programa Mastercard Surpreenda

+ Melhor investimento a longo prazo