Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

O que você precisa saber sobre consórcio de carros usados

imagem de chave de carro para ilustrar texto sobre consórcio de carros usados

O que você precisa saber sobre consórcio de carros usados

Você faz parte do time de consumidores que prefere economizar com a aquisição de um carro usado? Você também integra o grupo que opta pela aquisição do carro usado utilizando o consórcio como forma de pagamento? Não sabia que é possível fazer um consórcio de carros usados? Este conteúdo então é para você!

imagem de chave de carro para ilustrar texto sobre consórcio de carros usados

Não há dúvidas de que os seminovos têm boa redução de preço em relação às saídas dos carros novos das concessionárias.

Quando a pesquisa é bem feita, então, é possível encontrar veículos usados com baixa quilometragem e até cheiro de novo!

Consórcio de carros usados existe?

O consórcio de carros usados existe sim. Ele pode ser uma oportunidade mais atraente para o bolso do consumidor do que os tradicionais financiamentos. Os financiamentos de carro, muitas vezes, acabam custando o dobro do valor do bem adquirido.

Vamos entender como o consórcio para carros usados funciona na prática? Há vantagens? Desvantagens? Vamos descobrir!

 


 

 

Solicite agora mesmo o seu Consórcio de Carro e realize o seu sonho.

Consórcio de Carro Online >>

 

 


O consórcio

Os consórcios que existem em nosso mercado, em geral, funcionam da mesma forma. É formado um grupo de pessoas (física ou jurídica) que destina mensalmente um valor para o pagamento das parcelas para a empresa/banco/administradora do consórcio.

O saldo obtido nesse grupo é usado para a aquisição de um determinado número de bens. Esses bens são destinados aos contemplados nas assembleias realizadas durante a vigência do contrato do consórcio.

Há duas formas de ser contemplado e obter a chamada carta de crédito:

– Quando o consorciado é sorteado após concorrer com os demais participantes do grupo. Esse sorteio pode ocorrer com base no resultado da Loteria Federal. Ou então com base nas regras da empresa administradora do consórcio.

– Quando o consorciado dá um lance, fazendo uma oferta com base no número de parcelas que deseja pagar com antecedência.

Carta de crédito

Antes de falarmos mais sobre o consórcio de carros usados, vamos entender o que é a carta de crédito. É o documento que o consorciado contemplado recebe e que comprova o direito de receber a quantia contratada. Mas essa quantia não é paga em espécie.

É necessário que o consorciado informe os dados do carro que deseja comprar – modelo, chassi, etc. – além do local onde o veículo está para a administradora. Ela é a responsável por todo o processo de compra.

Como o sistema é todo controlado pelo Banco Central, essa carta tem liquidez e é aceita sem qualquer problema pelo mercado.

veja o vídeo que produzimos sobre consórcio e entenda mais sobre o assunto de forma fácil e rápida.

Antes de fazer o consórcio…

Como se vê, a dinâmica do consórcio de carros usados é, em geral, a mesma da aplicada aos carros novos e a outros bens de consumo.

O que o consumidor interessado nesse tipo de produto precisa fazer para obter sucesso na empreitada é dar atenção a certos aspectos antes de adquirir o consórcio de carro usado.

Quais são esses aspectos? Vamos desvendá-los agora!

Contrato do consórcio

É imprescindível atenção máxima às regras apresentadas no contrato do consórcio. Assim, você não será pego de surpresa com alguma informação duvidosa.

Verifique, por exemplo, se a empresa/administradora cumpre às exigências do Banco Central (quem regulamenta e fiscaliza todo o sistema). Veja também os detalhes das condições relacionadas à contemplação. Confirmar se todas as questões referentes ao consórcio estão devidamente descritas no contrato.

Afinal, tudo o que é ofertado ao consorciado deve estar registrado. Isso inclui a taxa de reajuste, valor das parcelas, o prazo de duração do negócio, garantias que deverão ser concedidas quando há contemplação, despesas que serão cobradas, o seguro exigido, etc.

Ainda no contrato… atenção às limitações!

É válido saber que o consórcio de carros usados apresenta algumas limitações. Elas variam em virtude da administradora escolhida.

Essas limitações ocorrem pois o carro adquirido é utilizado como garantia de pagamento das prestações. Ele fica alienado à administradora.

Por isso, as empresa em geral podem exigir que a carta de crédito seja usada apenas para a compra de um veículo seminovo fabricado, por exemplo, há 10 anos no máximo.

Esse tipo de situação deve estar em contrato para que o consorciado não tenha a experiência de querer comprar um carro que não será permitido legalmente.

Reajuste

Trata-se de um importante aspecto a ser verificado no consórcio de carros usados.

Como não há juros nas parcelas pagas do consórcio, a taxa que em geral é aplicada corresponde ao valor do bem. Assim, não há desvalorização da carta de crédito.

A escolha do veículo usado

Quando o consorciado é contemplado, coloca as mãos na carta de crédito. Ela é o passaporte para a compra do carro!

Ok, é permitido comemorar. Mas é preciso nesse momento dar atenção total ao veículo escolhido. Afinal, trata-se de um usado e merece uma avaliação criteriosa.

Caso o consorciado tenha um mecânico de confiança, é válido levá-lo para verificar problemas mais difíceis de serem conferidos.

Em geral, é recomendável avaliar o aspecto visual do carro, verificando sua lataria, focos de ferrugens, vidros, amassados, acessórios, etc. Mas não deixe de testar o fechamento das portas, de verificar se há a presença de equipamentos de segurança e, claro, de olhar com atenção para os demais aspectos relacionados ao funcionamento do veículo.

Tão importante quanto esses detalhes é a verificação da documentação do carro. O número de motor e chassi do carro, que deve ser comparando ao que é informado no documento. Assim como a regularidade do veículo junto aos órgão de trânsito.

A escolha do local para comprar o carro

Sempre é indicado comprar em concessionárias e lojas conhecidas do mercado. Além de visitar o local, conheça as garantias e todos os detalhes da compra.

Como escolher a melhor administradora para fazer o consórcio de carros usados?

Para não cair nas mãos de empresas erradas, é indicado consultar o site do Banco Central do Brasil para saber se a escolhida está regularizada.

Outra alternativa é verificar o site da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios.

+ Como cancelar um consórcio?

Vantagens do consórcio de carros usados

Além de ser um produto que pesa menos no bolso se comparado ao financiamento, o consórcio traz o atrativo de cobrar uma taxa de administração pequena.

Outra vantagem é que o reajuste periódico das prestações acompanha a atualização do valor do bem.

Isso significa que, apesar de haver aumento nas parcelas, o valor da carta de crédito será sempre adequado para a compra do veículo quando ocorre a contemplação.

Fazer o consórcio de carros usados também pode apresentar uma vantagem para aqueles que têm dificuldade de guardar dinheiro.

Afinal, o consorciado pode encarar a operação como uma forma de poupança que o permitirá “guardar” o valor das mensalidades para a compra do carro.

Desvantagens?

Ao escolher fazer um consórcio de carros usados, deve-se considerar algumas questões que muitos podem entender como desvantagens.

Uma delas são as possíveis manutenções do veículo. Mesmo com uma avaliação criteriosa feita por um mecânico, há riscos de adquirir um carro com defeitos e que requeira manutenção.

Além disso, as peças de um carro seminovo já não estão novas em folha, o que leva a trocas com mais frequência.

Outra desvantagem é a perda de garantia de fábrica que os carros novos têm e certa deterioração de seu estado de conservação.

Mesmo que o antigo dono tenha sido cuidadoso, há itens que sofrem muito com o tempo e uso como, por exemplo, volante, pedal, pintura e bancos.

+ Quais são os carros que menos quebram?

+ Melhores carros para revenda

+ Consórcio de imóvel vale a pena?