Melhores dicas para conseguir empréstimo empresarial

Seja para abrir uma empresa ou para expandi-la, é preciso investir dinheiro. Mas se você não tiver dinheiro em caixa, pode recorrer a financiamentos e empréstimos. Neste texto damos dicas para empréstimo empresarial.

Imagem de mãos com dinheiro para ilustrar texto sobre dicas de empréstimo empresarial

Se você acha que é o momento de um empréstimo para sua empresa, é fundamental saber tudo sobre o assunto.

Dicas para empréstimo empresarial

Não existe uma fórmula mágica. Para que uma empresa cresça e dê frutos, é necessário investir nela.

Se você tem um bom planejamento e boas ideias, mas lhe falta dinheiro, uma saída é obter um empréstimo empresarial.

Mas, antes de ir correndo até o banco, é melhor ir com calma. Sente para definir bem seus objetivos e traçar uma estratégia. Assim você aumenta as chances de o banco aceitar seu pedido.

Portanto, tenha calma e analise nossas dicas para empréstimo empresarial.

1. Definia seus objetivos

A primeira das dicas para empréstimo empresarial é totalmente ligada ao planejamento. Você sabe exatamente quanto você vai pedir de empréstimo e o que pretende fazer com o dinheiro?

Seja realista e pragmático nesse momento. Você precisará convencer o banco de que sabe o que está fazendo.

Saiba de antemão o valor que precisará financiar e como você pretende aplicar cada parte dele.

Se você levar um plano de negócios bem estruturado, mostrando a viabilidade de sucesso, será mais fácil de conseguir um empréstimo empresarial junto ao banco.

2. Analise as opções de empréstimo empresarial

Há vários tipos de empréstimo empresarial. Pesquise as possibilidades de crédito disponíveis no mercado bancário para os valores e os prazos que você tiver em mente.

Em seguida, compare as opções de acordo com os limites disponíveis e as taxas praticadas em cada caso. Inclua nessa conta as taxas administrativas. Procure encontrar um empréstimo empresarial com juros baixos.

Um parâmetro útil para efetuar essa comparação é o Custo Total Efetivo (CET). Ele é uma taxa global que abrange todas as despesas e encargos que incidem em operações de crédito.

Lembre-se: de nada adianta conseguir um empréstimo empresarial se você não puder pagá-lo depois.

Sendo assim, sempre faça os cálculos e simulações referentes a cada opção de empréstimo. Tenha bem estabelecido um valor máximo que você pode usar para pagar as parcelas mensais do empréstimo.

Não caia na tentação de aceitar o dinheiro se você não tiver claramente condições de pagar. Senão, em vez de subir um degrau, sua empresa pode acabar descendo um ou dois.

Compare também as exigências de garantia que cada instituição faz. Conhecer todos os detalhes das linhas de empréstimo é uma das principais dicas de empréstimo empresarial.

3. Levante a documentação necessária

Para decidir se deve lhe conceder o empréstimo, o banco vai analisar seu histórico. Ele fará isso não apenas como pessoa jurídica, mas também como pessoa física.

Então, em primeiro lugar, esteja certo de ter o nome limpo no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC) e no Serasa.

Depois, levante toda a documentação relativa à sua empresa, como atestados e certidões negativas. Tudo que possa demonstrar um bom histórico.

4. Junte as garantias

Este ponto também é muito importante entre as dicas para empréstimo empresarial. O banco só vai liberar o seu empréstimo se ele tiver garantias como contrapartida.

De fato, segundo o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), a maioria dos casos de negação do pedido de empréstimo empresarial se deve à falta de garantias suficientes.

Nesse sentido, uma boa dica para conseguir um empréstimo empresarial pode ser o Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe), ligado ao Sebrae.

O Fampe tem o objetivo de complementar as garantias que a empresa oferece ao banco, para facilitar a concessão do empréstimo empresarial.

Assim, o Fampe funciona como um fundo de aval com garantias que podem chegar a R$ 500 mil ou mais. Isso dependerá da empresa em questão e da natureza do empréstimo.

Outras dicas para conseguir empréstimo empresarial

Uma boa sugestão é procurar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ele abre financiamentos para empresas, desde que vinculados a um objetivo determinado. Ele também oferece condições especiais para micro, pequenas e médias empresas.

Se você estiver buscando um empréstimo não muito volumoso, de até R$ 15 mil, outra dica é procurar o Microcrédito Produtivo Orientado da Caixa Econômica Federal.

Essa linha de crédito atende pequenas empresas e MEI. Ela tem a vantagem de não exigir muita burocracia. Porém, sempre haverá uma análise de crédito e da capacidade de pagamento.

Os empreendedores de pequeno porte contam também com a possibilidade de obter financiamento junto a cooperativas de crédito. As cooperativas mais comuns no país atualmente são o Sicredi e o Sicoob.

Para participar das cooperativas, o empreendedor precisa adquirir uma cota. Assim, ele se torna sócio da cooperativa. A desvantagem é que, se a cooperativa entrar em prejuízo, a sua empresa também poderá ficará passível de penalidades jurídicas.

A última das dicas para empréstimo empresarial se refere a uma modalidade de empréstimo atrelada às novas tecnologias: o financiamento P2P (peer-to-peer).

O financiamento P2P ocorre sem o intermédio de uma instituição financeira. Os investidores interessados emprestam dinheiro diretamente às empresas que buscam o crédito empresarial.

Como esse processo é feito pela internet, ele é rápido e envolve pouca burocracia. As taxas e juros também tendem a ser menores.

Então, não fique parado, siga as dicas acima e busque logo um empréstimo empresarial para turbinar a sua empresa!

 

Última atualização em 10/05/2019