Qual a melhor ocasião para solicitar um Empréstimo Empresarial?

Quando se administra uma empresa, é fundamental identificar a melhor ocasião para o empréstimo empresarial.

Imagem de relógio e dinheiro para texto sobre a melhor ocasião para o empréstimo empresarial

Vários aspectos pesam na definição do melhor momento para solicitar um empréstimo empresarial

É verdade que não é fácil saber qual é a melhor hora para fazer isso. É importante ter em mente que esse dinheiro extra, por mais que seja útil, passa a ser também uma dívida para o empresário.

Por essa, e por outras questões, deve-se ter um perfeito controle das finanças para que o tiro seja certeiro. Caso contrário será mais uma armadilha para o crescimento e desenvolvimento da empresa.

Há muitas possibilidades de empréstimo à disposição das empresas. Mas, antes de correr atrás delas, é indicado avaliar criteriosamente se esse empréstimo deve mesmo ser feito e para qual finalidade.

Atenção redobrada antes de fazer o empréstimo

Ter na ponta do lápis as finanças da empresa é o primeiro passo antes de efetivamente definir a melhor ocasião para o empréstimo empresarial.

Muitas vezes, com tal controle, é possível visualizar oportunidades para recuperar o financeiro da empresa. Caso isso ocorra, você já pode até mesmo eliminar a necessidade de se fazer o empréstimo.

Mas se após essa avaliação a opção de fato seja contrair o empréstimo, é imprescindível saber o objetivo do mesmo e a melhor ocasião para o empréstimo empresarial.

Será que agora? Ou será que o lucro dos próximos meses poderá ser suficiente para evitar a realização do empréstimo?

Mas se todas as possibilidades de colocar as finanças em ordem são descartadas, é hora mesmo de contar com o empréstimo.

 

Qual é a melhor ocasião para o empréstimo empresarial?

Vamos ver algumas ocasiões onde o empréstimo empresarial pode mesmo ser a melhor saída.

Uso para financiamento do capital de giro

Capital de giro é aquele valor utilizado para manter a empresa funcionando em seu dia a dia. Trata-se, portanto, do dinheiro usado para, por exemplo, pagar os funcionários, comprar um novo equipamento, etc.

Empresas que queiram obter recurso para esse fim não costumam ter problemas. Os bancos, em geral, têm linhas de crédito específicas para essa necessidade.

Mas, atenção! Ter acesso ao empréstimo para adquirir capital de giro é indicado apenas se a projeção de lucros indicar que é possível pagar por tal empréstimo. Caso contrário, as dívidas podem acumular, levando a empresa a um cenário ainda mais desfavorável.

Uso para o crescimento do negócio

O empréstimo empresarial pode ser a alternativa para a empresa expandir o negócio. Seja financiando um novo produto a ser ofertado ao mercado ou ampliando sua atuação com a abertura de uma nova filial, por exemplo.

Em situações como essas, é fundamental contar com uma estratégia detalhada de negócio. O crescimento da empresa deve ser efetivo e não virar uma bola de neve de dívidas.

Uso para o pagamento de juros

Muitas vezes as empresas pagam juros altos de dívidas já contraídas e, assim, prejudicam as finanças. O empréstimo empresarial pode ser indicado para solucionar essa questão, desde que esse novo crédito obtido tenha um Custo Efetivo Total (CET) mais barato.

Como faço para pedir um empréstimo empresarial?

A prática no mercado para quem deseja fazer um empréstimo empresarial costuma ser a mesma, independente do banco.

Em geral, as instituições financeiras pedem o plano de negócios da empresa, a declaração de imposto de renda e demonstrativos fiscais.

Já o empresário deve estar atento às taxas que serão cobradas, condições, prazos e demais exigências que são solicitadas pelos bancos.

Será que é simples? 

Caso a sua empresa já tenha passado pela experiência de solicitar um empréstimo a um banco, sabe que não é tão fácil apresentar todas as garantias que são exigidas.

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Federação Brasileira dos Bancos (Febrabran), muitas recusas de crédito às empresas ocorrem em virtude da falta de garantias sólidas.

Por isso, avaliar essa necessidade é parte vital do processo. É fundamental saber explicar, passo a passo, o que será feito com o dinheiro obtido.

Além de definir o que será feito com o valor do empréstimo empresarial é importante seguir alguns passos.

Cuidar das finanças pessoais

Apesar de pedir o empréstimo para a empresa, o empresário terá o seu Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) analisado. Daí a necessidade de ter em dia as finanças pessoais.

Avaliar as opções do mercado

As instituições financeiras têm exigências, fatores de restrição, taxas, custos e prazos próprios, portanto é indicado analisar as propostas com todo o critério. Conhecer bem as opções é fundamental para identificar a melhor ocasião para o empréstimo empresarial.

Manter o plano de negócios atualizado

Após definir o banco que apresenta a melhor opção de empréstimo empresarial, é preciso mostrar que o seu negócio é viável.

Por isso, além das garantias que são exigidas, crie um plano de negócios que mostre cada detalhe do projeto, ou seja, como o dinheiro será utilizado.

Erros comuns que devem ser evitados ao solicitar o empréstimo

Você já entendeu um pouco sobre a melhor ocasião para o empréstimo empresarial, certo? Então vamos um pouco além. um pouco além. Para evitar que o empréstimo seja negado, esteja atento às seguintes questões.

Faça uma simulação do pagamento

Antes de realizar um empréstimo, faça uma simulação para avaliar como as parcelas serão pagas. Nesse momento é possível se organizar melhor, ponderando prazos, juros do empréstimo, entre outras condições.

Diga não ao empréstimo pessoal

É fato que as finanças pessoais do empreendedor devem estar separadas das finanças da empresa, com controles distintos. Portanto, evite utilizar um crédito pessoal pré-aprovado para organizar as questões financeiras do negócio.

Peça o empréstimo adequado à necessidade

É essencial calcular de forma precisa quanto o seu negócio realmente necessita – não vale “achar” ou “deduzir” que determinado valor será suficiente. Caso não consiga chegar a essa conclusão, conte com a ajuda de um consultor.

Mantenha o controle financeiro da empresa em dia

Ao manter o fluxo de caixa com regularidade, torna-se mais simples identificar a necessidade ou não de mais capital para o negócio.

Um novo negócio

O empréstimo empresarial não é uma opção apenas para quem já tem uma empresa. Pode também ser a melhor ocasião para o empréstimo empresarial que será utilizado para um novo negócio.

Pode ser a alternativa também para aqueles que querem abrir um novo negócio, tirando do papel um projeto que pode sim virar realidade.

 

Última atualização em 06/05/2019