Quais são os tipos de empréstimo empresarial do mercado?

Existem momentos em que o empresário precisa fazer um novo investimento na empresa. Seja para promover alguma melhoria ou mesmo colocar as finanças em ordem, existem diversos tipos de empréstimo empresarial que podem ajudar.

Imagem de calculadora e dinheiro para ilustrar texto sobre tipos de empréstimo empresarial.

Existem diversas formas de solicitar um empréstimo empresarial. A necessidade e o momento da empresa é que definirão qual é o mais adequado.

Muitas vezes, o dinheiro esperado não existe no momento de maior necessidade. Aí então a solução pode ser buscar um empréstimo empresarial.

Quais são os tipos de empréstimo empresarial disponíveis no mercado? Como eles funcionam?

Empréstimos para empresas

Independente do tamanho da empresa, o empréstimo empresarial é sempre uma opção para quem precisa de um dinheiro extra. Seja para resolver o que necessita ou mesmo atingir a um determinado objetivo como, por exemplo, ampliar os negócios.

Para começar a conversa, é válido saber que há muitos produtos de crédito no mercado. O importante, porém, é identificar entre os tipos de empréstimo empresarial, aquele que é o melhor para o seu negócio, assim como a melhor época para solicitar o empréstimo, avaliando riscos e vantagens de cada um deles.

Cada empresa com uma necessidade

Os empréstimos para empresas são concedidos por bancos e instituições financeiras que apresentam produtos próprios e, consequentemente, regras distintas.

Com tanta oferta, é imprescindível que o empresário realize uma boa pesquisa de mercado entre os tipos de empréstimo empresarial. Assim, é possível detectar o produto que melhor atenda a sua necessidade e, claro, o seu bolso.

Confira, a partir de agora, os produtos mais conhecidos do mercado.

Tipos de empréstimo empresarial

Financiamento

Esse tipo de empréstimo é, em geral, indicado para quem busca investir com rapidez na infraestrutura da empresa. Como exemplo podemos citar uma reforma no local, a compra de uma máquina ou até mesmo a construção de um novo espaço para a empresa.

Mas o financiamento não permite muita flexibilidade. Trata-se de um produto mais limitado do que o empréstimo – quando o crédito empresarial é feito, deve-se, logo de imediato, identificar onde o dinheiro será usado.

Mas é, sem dúvida, uma modalidade de investimento que deve ser considerada. Principalmente quando o plano é pagar a dívida com o próprio lucro obtido pelo uso do produto financiado.

Crédito para Capital de Giro

Entre os tipos de empréstimo empresarial está o crédito para capital de giro.

Para manter uma empresa funcionando, o empresário precisa de capital de giro. Esse capital é comumente usado para suprir as necessidades básicas da empresa – pagamento de impostos, de salários, etc.

Mas muitos empresários ainda utilizam o capital de giro para compra de máquinas ou, ainda, para controlar, colocando em ordem, o fluxo de caixa da empresa.

Para obter esse crédito o negócio deve estar formalizado e ativo.

Cheque especial

O cheque especial para empresas é também um dos tipos de empréstimo empresarial existentes.

Você sabe o que é o cheque especial?  O cheque especial é um limite de crédito que fica disponível na conta corrente para ser usado a qualquer momento.

Apesar da aparente vantagem de poder ser utilizado em situações de emergência, apresenta juros altos.

Antecipação de recebíveis ou desconto de duplicatas

A antecipação de recebíveis é um dos tipos de empréstimo empresarial que permite ao empresário receber com antecedência o crédito que entraria na conta futuramente.

É, portanto, muito solicitado por aqueles que objetivam receber antecipadamente os valores que são faturados mensalmente nas vendas a prazo.

Essa operação é simples e pode ocorrer automaticamente ou quando o cliente desejar. Oferece como principal vantagem juros mais baixos do que em outras linhas de crédito.

Crédito rural

Eis aqui uma opção de crédito para empresários de áreas específicas: da agroindústria, de cooperativas e agricultores.

Tem a parceria do BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento – para investir na estrutura do negócio.

A empresa que solicita o empréstimo passa por um processo de análise de crédito. Ela também precisa apresentar um projeto técnico e a justificativa para o uso do valor.

O crédito é liberado em uma ou mais parcelas. O pagamento também pode ser à vista ou parcelado.

Somente bancos e instituições que integram o Sistema Nacional do Crédito Rural oferecem essa modalidade. Em muitos casos há incentivo do governo.

Cartão de crédito

O cartão de crédito para empresa também pode ser considerado um dos tipos de empréstimo empresarial.

Assim como o cartão da Pessoa Física, o cartão de crédito Pessoa Jurídica é muito simples de usar e apresenta uma vantagem. A empresa tem a gestão centralizada da despesa. Sendo assim, o empresário tem maior controle das finanças.

Caso o pagamento do crédito seja feito de uma só vez, não há cobrança de juros. Mas é possível dividir em parcelas também – neste caso há juros.

Crédito para MEI (Micro Empreendedor Individual)

O crédito para o Micro Empreendedor Individual é indicado principalmente para gerar renda ao negócio.

Trata-se de um incentivo para acelerar o crescimento da empresa com a compra de matéria-prima, a realização de uma reforma, etc.

Não é burocrático para quem é MEI e os juros costumam ser menores. De qualquer forma, vale apenas se de fato promover o aumento do faturamento do negócio.

Empréstimo com garantia

Entre os tipos de empréstimo empresarial, esse produto é indicado para aqueles que desejam abrir ou investir na empresa, além de quem quer fazer uma reforma, comprar equipamentos, etc.

Oferece como vantagem a baixa taxa de juros, pois há garantia de pagamento.

Qual o melhor momento para solicitar o empréstimo empresarial?

Tão importante quanto saber quais os tipos de empréstimo empresarial estão à disposição para a empresa, é identificar o momento ideal para solicitar o que se adéqua à necessidade.

De início, é essencial ter bem estabelecido o objetivo do empréstimo e a necessidade da empresa.

Tendo isso traçado, define-se se é preciso fazer um empréstimo rapidamente para, por exemplo, acertar as finanças, ou não. O empréstimo pode não ser tão urgente se for, por exemplo, para fazer uma reforma não emergencial.

Caso a empresa não tenha e nem terá receita suficiente para quitar a dívida, é válido repensar. Afinal, os juros de um empréstimo podem ser um problema para a empresa em determinadas situações.

A vantagem desse tipo de contratação é que o empresário consegue o dinheiro rapidamente.

Onde os empréstimos são feitos?

Muitos bancos oferecem produtos de créditos e cada um pratica taxas, limites e valores próprios, além dos tipos de empréstimos e financiamentos.

Startups do mercado financeiro também são opções para quem busca juros mais baixos e segurança.

 

Última atualização em 12/04/2019