COTAR SEGURO ONLINE

Carro sem entrada: é possível?

Carro sem entrada: é possível?

O brasileiro adora carro e disso ninguém duvida. E na hora de comprar seu veículo, é claro que você quer fazer um bom negócio. Uma questão muito comum é: será que vale a pena comprar carro sem entrada? 

Quem está pensando em trocar de carro, pode usar o antigo como uma plataforma para comprar um novo e, assim, amortizar um pouco do valor total.

Mas, se esse não é o seu caso, fica a dúvida: é mais vantajoso entrar em um financiamento sem entrada ou juntar o dinheiro e comprar à vista? 

E se você tem urgência para comprar o seu carro novo, é melhor financiar, entrar em um consórcio ou fazer um leasing? 

Se você quer saber as respostas para todas essas perguntas, está no lugar certo! A Bidu explica quais são as oportunidades mais viáveis para quem sair de carro novo! 

Cotação online de Seguro Auto

Como comprar carro sem entrada? 

Será que comprar um carro sem entrada é mesmo possível? Muita gente reclama dizendo que não conseguiu aprovação de crédito para financiar um veículo sem ter que desembolsar algum valor no ato da compra.

A verdade é que sim, é possível comprar um carro sem dar nada de entrada. Mas, existem alguns “macetes”. O que é preciso saber é que quando você decide comprar um bem financiado, por exemplo, quem irá lhe conceder o crédito é um banco ou uma instituição financeira. 

E para aprovar esse dinheiro, eles irão analisar o seu histórico financeiro, ou o seu score. Esse índice reúne algumas informações que indicam como está a sua capacidade de quitar um empréstimo ou financiamento, sem risco de inadimplência

+ Saiba como aumentar o seu score e melhorar suas chances de conseguir mais crédito.

É importante ressaltar que cada empresa possui a sua política de aprovação de crédito. Entretanto, a lógica é a seguinte: quanto melhor for o seu score, maior é a chance de conseguir crédito. 

Uma dica de ouro: faça as contas para saber se no seu orçamento caberá o valor de uma parcela, além de todas as outras despesas envolvidas com o veículo. 

As instituições financeiras possuem critérios acerca de comprovação de renda, que precisa ser compatível com o tamanho do financiamento. Fique atento!

Carros financiados sem entrada: o que você precisa saber

Antes de optar por financiar um carro zero sem entrada, é bom conhecer algumas informações importantes:

  • Você irá pagará uma taxa de juros mais alta; 
  • O valor de parcelamento também será maior; 
  • Se prepare também para comprovar uma renda mais alta para ter o seu financiamento aprovado. 

Isso tudo acontece pois as instituições de crédito avaliam que existe um risco maior de inadimplência na compra de um veículo sem entrada. 

Resumindo: se você optar por pagar 0 de entrada, pagará mais ao longo do tempo com juros e parcelas. 

O ponto positivo é que essa modalidade é mais rápida que as demais e você pode ter seu carro em poucos dias. O prazo de aceitação de um financiamento costuma ser de 48 horas e você já sai com a chave do carro. 

É a melhor opção para quem precisa do carro com urgência. Além disso, você pode parcelar o valor em até 48 vezes.

Mas antes de qualquer coisa, é bom conhecer também outras formas de comprar um carro, conforme veremos abaixo:

Sem entrada: como planejar a compra do seu carro?

Leasing

Uma alternativa para anular a necessidade de dar entrada no ato da compra de um carro é o leasing. 

Mas como ele funciona? Na prática, o banco ou instituição financiadora compra o veículo e “aluga” para você, com a opção de compra ao fim do contrato.

Neste formato, o risco da instituição financeira credora diminui. Por isso, as mensalidades acabam saindo mais baratas quando comparadas ao financiamento sem entrada. 

Mas, como o banco é o dono veículo, o documento fica no nome da instituição até a quitação do valor devido. O carro só será seu após o último pagamento. 

Outra informação importante: é preciso estar sempre em dia com as parcelas. Caso contrário, você pode perder o carro.

Também no caso do leasing, você perderá outras vantagens do financiamento, como descontos no pagamento antecipado das prestações.

Consórcio sem entrada

Outra opção para comprar carro sem entrada é o consórcio. Funciona assim: o interessado se associa a um grupo de pessoas que possui o objetivo de adquirir um bem de mesmo valor. Uma vez por mês, a administradora do consórcio sorteia uma carta de crédito.

A vantagem do consórcio é que você não precisa pagar entrada. A desvantagem é que é preciso esperar ser sorteado para poder pegar o seu automóvel, o que, dependendo da sua sorte, pode ser bem rápido.

Você também pode acelerar o processo e dar um lance para ter direito a adquirir o bem de forma mais rápida. 

Empreśtimo para a compra de carro sem entrada: vale a pena?

Outra opção para quem não pode dar entrada na compra de um veículo é pegar um empréstimo. Existem diversas modalidades: empréstimo pessoal, empréstimo consignado, entre outros. É possível conseguir até empréstimo caso o seu nome esteja negativado

Ao solicitar um empréstimo, você não precisa especificar junto à instituição credora qual a finalidade na qual o dinheiro será empregado. Outra vantagem é que os juros do crédito pessoal costumam ser mais em conta na comparação com o financiamento de veículos.  

Para conhecer as melhores taxas, basta pedir uma cotação junto à uma corretora. É só fazer uma simulação na qual o seu perfil será analisado e, caso aceito, o dinheiro ficará disponível em poucos dias. E o melhor é que todo o processo é online. 

Compra programada de veículo: como se livrar da entrada?

Vimos até aqui algumas opções de crédito para você não precisar dar entrada no momento da compra de um veículo. No caso do financiamento, do leasing e do empréstimo pessoal, você pode sair de carro novo quase que na mesma hora, logo que seu crédito seja aprovado.

Já no caso do consórcio, você terá que contar com a sorte ou com um novo aporte financeiro para poder ter direito à compra imediata do veículo. 

Existe também uma outra opção para quem não está com pressa: a compra programada. Ela cai como uma luva para quem tem planos de adquirir um carro a médio ou longo prazo.

Vamos imaginar o seguinte cenário: você quer comprar um carro que vale R$ 40.000,00, mas está disposto a esperar um tempo para isso. Vamos supor que você se planeje para comprar um carro novo em quatro anos, que é o tempo médio que você levará pagando as parcelas de um financiamento. 

Para comprar um carro sem entrada no valor de R$ 40.000.00, você deverá se comprometer a juntar durante 48 meses um total de R$ 834,00. Pode parecer um valor alto para abrir mão todo mês, mas esse valor é quase a metade da parcela de um financiamento de veículo, por exemplo. 

Veja a tabela que compara uma simulação de financiamento, empréstimo e compra programada: 

Financiamento  Empréstimo Compra programada 
Valor solicitado: 

R$ 40.000,00

Valor solicitado: 

R$ 36.000,00 (valor desconta a entrada do veículo)

Valor do investimento: 

R$ 40.000,00

Entrada (10%): R$ 4.000,00 Sem entrada Sem entrada
Valor financiado: 

R$ 36.000,00

Valor financiado: 

R$ 36.000,00

Taxa de juros 2.47% am Taxa de juros 2.43% am
Prestações: 48 parcelas Prestações: 48 parcelas Prestações: 48
Parcela: R$ 1.409,81  Parcela: R$ 1.316,16 Parcela: R$ 834,00
Total: R$ 67.670,88 Total: R$ 63.175,68  Total: R$ 40.000,00

É claro que a compra programa é uma opção para quem não está com pressa. Mas, caso você queira dar uma “turbinada” no valor que você estiver guardando todo mês, uma boa opção é escolher um investimento de médio ou longo prazo

Assim, você pode fazer o seu dinheiro render mais e comprar o quanto antes o seu tão sonhado carro. CDB e Tesouro Direto podem ser boas opções. Vale a pena conhecer!  

Outro ponto que deve ser considerado é que os veículos desvalorizam, em média, 10% ao ano. Isso significa que o carro que você deseja comprar hoje estará muito mais barato daqui a 48 meses. E isso pode encurtar a distância entre você e a compra do seu carro novo.

Qual é a melhor opção para comprar carros sem entrada?

A melhor opção de compra de veículos sem entrada vai depender das suas necessidades e condição financeira. Cada opção oferece vantagens e desvantagens que envolvem fatores diferentes.

Se você tiver urgência para pegar o carro, as melhores alternativas são financiamento, leasing e empréstimo pessoal. Se você não tem pressa para ter o carro em mãos, o consórcio e a compra programada serão ótimas opções.

Coloque tudo na ponta do lápis. E seja qual for a sua alternativa, considere nas suas contas o valor do seguro auto. 

Afinal, depois de comprar o seu carro, você não vai querer correr nenhum risco, certo? 

Para saber quanto o seguro auto irá custar, peça uma cotação online.

O seguro automotivo é importante, pois caso aconteça alguma coisa, você não terá nenhum apoio para quitar o financiamento. Fique ligado!

Veja também: 

+ Como ter seguro de carro mais barato?

+ Qual carro comprar? Confira algumas dicas.

Última atualização em 02/04/2020