Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Passo a passo de como abrir uma conta poupança no Banco do Brasil

Imagem de agência do Banco do Brasil para ilustrar post sobre Como abrir uma conta poupança no Banco do Brasil

Passo a passo de como abrir uma conta poupança no Banco do Brasil

Poupar e estar livre da cobrança de taxas e tarifas mensais são dois apelos que destacam a popularidade da Poupança. O produto está presente no portfólio das instituições bancárias, incluindo a mais antiga do país: o Banco do Brasil (BB). Vamos aqui te dar o passo a passo de como abrir uma conta poupança no Banco do Brasil.

Como abrir uma conta poupança no Banco do Brasil

Mas o que é necessário para abrir uma conta poupança neste banco que está presente no Brasil há mais de 200 anos?

Para começar, não é preciso ter uma conta corrente na instituição para ter a conta poupança.

Mas é preciso ir até uma agência portando os seguintes documentos originais. RG, CPF, comprovante de renda (embora seja possível abrir a conta poupança mesmo não tendo renda) e um comprovante de residência. Esse comprovante pode ser uma conta de gás, luz, água, telefone, etc.

Simples, não?

Para correntistas do BB, é ainda mais fácil

Na verdade, o correntista já passa a ter uma Conta Poupança automaticamente. Isso porque não é preciso fazer mais nada além de realizar o primeiro depósito de sua conta corrente para essa Conta Poupança. Para isso basta utilizar os canais de autoatendimento, telefone, internet ou mesmo indo a uma agência.

Desta forma, é mantido o número, senha e o cartão de movimentação.

Uma informação importante sobre como abrir uma conta poupança no Banco do Brasil. O Banco do Brasil não exige valor mínimo para a abertura da conta poupança.

Conta Poupança Banco do Brasil

O Banco do Brasil fornece um cartão para a movimentação da conta poupança. Ele também aceita débitos de contas, permite a realização de saques e pagamentos, incluindo saques no Exterior.

Além de saber como abrir uma conta poupança no Banco do Brasil, conheça também suas principais características:

– Liquidez diária: é possível sacar o dinheiro aplicado a qualquer momento. Embora o investidor corra o risco de perder o rendimento conforme a data;

– Isenção de Imposto de Renda para pessoa física;

– A Poupança conta com a garantia do Fundo Garantidor de Créditos. Valor restituído de até R$ 250 mil por CPF e instituição financeira em casos extremos como, por exemplo, a quebra do banco.

Tipos de Poupança do Banco do Brasil

– Poupança Ouro: aberta automaticamente com a primeira aplicação. Tem rendimentos calculados com base na TR + juros mensais. Pode ser movimentada pelos diversos canais de atendimento do BB.

– Poupex: também é aberta automaticamente com a primeira aplicação. Também conta com rendimentos calculados com base na TR + taxas de juros mensais. Pode ser movimentada pelos diversos canais de atendimento do BB.

Nos dois tipos de Poupança do Banco do Brasil o funcionamento é o mesmo: a data do depósito se transforma na data base.

Assim, a cada vez que um depósito é feito em uma data diferente, cria-se uma nova data base.

São essas datas bases, popularmente conhecidas como datas de aniversário da Poupança, que são as referências para a remuneração feita mensalmente do investimento.

Por exemplo, um depósito feito no dia 10 de março terá o rendimento no dia 10 de abril.

Já os depósitos realizados nos dias 29, 30 e 31 têm o rendimento creditado no dia primeiro do mês seguinte.

– Poupança Ouro Salário e Poupex Salário: nessas duas modalidades, os créditos de salários vão diretamente para a Conta Poupança. O resgate, porém, deve ser feito via a conta corrente.

Para mais informações acesse o site do Banco do Brasil.

Fique ainda mais informado com nosso post sobre CDB ou poupança.

E por falar em CDB, conheça como funciona os rendimentos CDB.