Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Capitalização é investimento? Vale a pena?

Imagem de moedas para ilustrar post sobre capitalização é investimento

Capitalização é investimento? Vale a pena?

Se você está pensando em guardar uma graninha todo mês e não sabe ainda muito bem onde investir, já deve ter ouvido falar em títulos de capitalização. Apesar de ser algo muito divulgado na mídia e comercializado sob diversos formatos, muitas dúvidas podem pairam no ar. A capitalização é segura? Vale a pena? Capitalização é investimento?

Imagem de moedas para ilustrar post sobre capitalização é investimento

O que é a capitalização?

Pra começar, vamos entender o que é um título de capitalização.

Trata-se de uma espécie de crédito válido por um período determinado. O objetivo é guardar uma quantia específica de dinheiro. Em contrapartida, o investidor participa de sorteios de prêmios (que podem ser produtos ou dinheiro). Ele correndo o risco de ganhar ou, simplesmente, não ganhar. Isso sem perder a quantia já investida.

A capitalização é regulamentada pela Susep – Superintendência de Seguros Privados, órgão oficial que fiscaliza e autoriza tais práticas.

Como funciona a capitalização?

Quando você decide comprar um título de capitalização, é possível guardar o dinheiro de três maneiras distintas. Pode ser pagamento único (onde você paga apenas uma parcela), pagamento mensal e pagamento periódico.

Este valor é determinado pelo custeio do prêmio e das taxas administrativas das instituições autorizadas a oferecer este tipo de produto.

Além disso, o valor também recebe a correção pela Taxa Referencial ou índice de inflação que vigora no ato da compra do título.

Na maioria das vezes, o valor investido vai sofrendo os reajustes impulsionados pelas taxas da caderneta de poupança. Ou então por uma taxa de juros variável sobre 20% da taxa mensal aplicada à Poupança.

Capitalização é investimento rentável?

Justamente pelo sistema que relatamos acima, a capitalização é investimento de baixa rentabilidade.

Na realidade, apenas uma parte do valor é rentabilizada. O outro montante do dinheiro é dividido entre a cota de sorteio e a taxa administrativa da instituição. Sendo assim, se você faz um depósito mensal para a sua capitalização, nem todo esse valor vai render 0,5% mais a Taxa. Então, veja que nem todo dinheiro tem esse rendimento.

Dentro deste cenário, a capitalização não é o tipo de investimento que faz os olhos dos especialistas brilharem. Eles exigem muita cautela na hora da contratação e, muitas vezes, desaconselham o investimento.

Isso porque o título de capitalização é um produto que rende muito dinheiro para a instituição que a comercializa, o que não acontece com quem investe. E é por essa situação que os bancos “empurram” tanto os títulos para os correntistas e há tanta oferta de variados produtos desta categoria com um grande marketing em cima.

Dados da Federação Nacional de Capitalização mostraram que, só em 2014, as empresas do setor ganharam mais de R$ 21,87 bilhões em vendas e arrecadações de taxas de títulos. Isso porque a capitalização ainda é um dos investimentos mais populares no Brasil. E muita gente ainda acredita que é um bom negócio.

A grande maioria dos educadores financeiros não recomenda a aquisição da capitalização por ela ser uma das piores opções para o investidor. E é só fazer a conta: na realidade, somente 78,70% do valor pago pelo investidor será remunerado com 0,50% de juros + TR. Ao final de dois anos, o cliente terá de volta apenas o valor que investiu + TR.

Ainda sobre o tema dinheiro, veja quais as vantagens da conta salário.

Saiba como investir seu dinheiro

+ Como investir em ouro