Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como investir na bolsa de valores?

Com a crise financeira que afeta o país, estamos sempre alerta com o nosso bolso. Principalmente quando se trata da nossas economias. Com a poupança sendo um dos investimentos que menos rende, acabamos pensando em outras opções para ver nosso dinheiro crescer. Uma das alternativa é adquirir ações. Mas como investir na bolsa?

ilustração de números e pessoas para texto sobre como investir na bolsa

Qualquer um pode investir na bolsa. Mas é preciso estudar bem o mercado antes de começar seu investimento.

Se você pensa que só pessoas ricas, donas de empresas que compram e vendem ações, está muito enganado. No Brasil, esse tipo de investimento é bastante conhecido. Porém, ele é ainda pouco utilizado pelas pessoas físicas. Um pouco por desconhecimento e falta de informação.

Por isso, preparamos um guia para você saber como investir na bolsa de valores.

O que é bolsa de valores?

Para começar a entender como investir na bolsa de valores, é importante entender como ela funciona.

Bolsa de valores é o mercado organizado onde se negociam ações. Os investidores compram e vendem títulos emitidos por sociedade de capital aberto, seja público, privado ou misto.

A bolsa nada mais é do que um local seguro para esse tipo de negociação. É um ambiente onde os investidores podem analisar as opções de ações e escolhem pela qual mais se encaixa no seu objetivo de uma forma segura, prática e eficiente.

Por que a bolsa de valores existe?

A bolsa de valores foi criada para que empresas pudessem captar fundos para se auto investirem. Para isso, elas dividem em partes sua participação e criam ações no mercado. Assim, pessoas físicas ou outras empresas podem fazer investimentos.

Em troca, os investidores recebem parte dos lucros que essas empresas ganham. Já as empresas conseguem um capital por um valor mais baixo do que bancos oferecem.

O que são ações?

Ações são papéis que equivalem a uma parte de uma empresa. Esse papel significa que você é um tipo de sócio e por isso obterá os mesmo rendimentos que a empresa adquirir. O que não é sinônimo de ganho absoluto.

Ou seja, você pode receber os lucros quando houver. Assim como corre o risco de perder um pouco de dinheiro se as ações da empresa se desvalorizarem.

Veja mais sobre o que são ações e como investir.

Devo investir na bolsa de valores?

Antes de fazer qualquer tipo de investimento é bom se questionar qual é a melhor opção para o seu objetivo. Afinal, comprar ações oferecem riscos e você precisa estar preparado para eles.

Você precisa saber a analisar os papéis de empresa com capital aberto e a acompanhar diariamente o mercado financeiro. Assim, consegue saber qual é o melhor momento para comprar ou vender suas ações. Caso contrário, seu investimento se tornará um jogo de azar.

Um dica para quem quer entender como investir na bolsa de valores é não parar de estudar. Assim, saberá o caminho que está tomando.

Como investir na bolsa

Diferente de outros investimentos, como o Tesouro Direto, que é necessário o mínimo de 30 reais para aplicar, na bolsa não há um valor mínimo estipulado para se investir. Portanto, vai depender o quanto você possui disponível para iniciar suas negociações.

O meio mais fácil para você investir na bolsa é pela internet. Principalmente com o uso da ferramenta Home Broker, que é um sistema que facilita e possibilita a negociação de ações através da web.

Passo a passo para investir na bolsa de valores:

1) Abra uma conta em uma corretora

O seu primeiro passo deve ser abrir uma conta em uma corretora financeira. Ela é a ponte entre você e as ações. Sem ela não há como investir na bolsa.

É necessário também possuir uma conta em qualquer banco. Pois só através dele você vai poder transferir a quantia que quer investir para sua conta na corretora. Por uma questão de segurança são aceitas transferências somente de contas com o mesmo CPF.

2) Faça transferência da sua conta corrente para a conta na corretora

Se você tem total controle sobre suas finanças, já sabe o quanto deve destinar aos investimentos ao final de cada mês.

Caso você seja uma pessoa que vai ficar tentada a gastar o dinheiro ao vê-lo na sua conta, peça ao seu banco fazer uma transferência automática para a corretora. Você pode estipular uma quantia por mês para ser transferida assim  você receber o seu salário. Assim não correrá risco de gastar. Para essa transação geralmente é cobrada uma simples taxa de TED.

3) Escolher as ações para investir

Quando o dinheiro já estiver na corretora significa que você já pode começar a investir na bolsa. Com o auxílio da ferramenta Home Broker você poderá ver o panorama do mercado, comprar e vender ações direto do seu computador ou celular.

Quais são os riscos de investir na bolsa?

Investir na bolsa de valores significa assumir alguns riscos, pois estamos colocando nosso dinheiro em um rendimento variável ao invés de rendimento fixo. A renda variável é o tipo de rendimento pode variar ao final de cada mês.

Para evitar surpresas, vale ressaltar que é necessário acompanhar o movimento do mercado financeiro e sempre estudar sobre o assunto. Assim saberá quais as melhores ações para o seu perfil e correrá menos riscos.

Existem custos para investir na bolsa?

Sim, existem dois tipos de taxas para investir na bolsa, a corretagem e a taxa de custódia.

Corretagem é a taxa cobrada quando você compra ou vende uma ação. As corretoras geralmente apresentam alguns tipos de planos, como a corretagem fixa e a corretagem variável.

A corretagem fixa, é uma taxa estável, independente ao valor que você comprou ou vendeu a ação. Já a corretagem variável é uma taxa que muda de acordo com o valor total da ação.

A taxa de custódia é uma valor cobrado todos os meses pela corretora para tomar conta das suas ações. A taxa varia de cinco a dez reais, dependendo de cada corretora.

Vale lembrar também que por se tratar de um rendimento, você precisará declarar imposto de renda. É necessário pagar 15% do seu ganho para o IR, porém as vendas de ações de até 20 mil reais ao mês estão isento.

Se seu lucro for maior que 20 mil reais a sua própria corretora fará o valor de quanto será cobrado de imposto no seu rendimento.

Sobrou alguma dúvida sobre como investir na bolsa? Se você acha que é a melhor opção para você, pesquise bem e fá fundo.

Saiba como investir seu dinheiro