Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

6 dicas de como organizar o orçamento familiar

Imagem de calculadora e dinheiro ilustrando post sobre como organizar o orçamento familiar

6 dicas de como organizar o orçamento familiar

Chega uma conta. Duas. Quando você percebe, já são três. O vencimento daquela outra está chegando. Tem o cartão de crédito, melhor nem lembrar do IPVA e do IPTU. A famosa bola de neve. Tá mais do que na hora de isso mudar, certo? Por isso, saiba como organizar o orçamento familiar e dar um fim nisso. Nós, da Bidu Corretora, preparamos seis dicas que vão ajudar você a se planejar financeiramente.

Como organizar o orçamento familiar

1. Identifique os gastos

Vamos a primeira dica de como organizar o orçamento familiar. Faça um controle de tudo o que esteja gastando. Desde aquela compra do mês ao cafezinho na padaria. Anote os gastos e saiba o quanto de dinheiro entra e para o que ele está sendo utilizado.

Para facilitar no controle, use planilhas, o bloco de notas do celular ou, até mesmo, aplicativos para anotar.

2. Diminua as despesas

A partir do controle, ficará mais fácil visualizar o que pode ser evitado ou reduzido. Quer um exemplo? Pedir comida com certa frequência pode, sim, ser moderado. E aquele pacote de TV a cabo exorbitante? É possível reduzir o combo. Isso vale também para os planos de celular. Lembra do vestido em promoção que namorou na vitrine? Pois é, ele pode esperar um pouquinho.

Inclusive, certas tarefas diárias que fazemos em casa, como gastar uns minutinhos a mais no chuveiro, podem ser reduzidas.

3. Atenção ao essencial

É fundamental estar ciente dos gastos fixos: água, luz, telefone, escola das crianças, plano de saúde, entre outros. Recomenda-se que tais gastos não ultrapassem metade da renda total.

4. Estipule as metas

O que almeja com a economia de dinheiro? Viajar, comprar uma casa própria ou o uso para outro fim, é necessário se planejar. Ter em mente o quanto pretende gastar e o tempo que levará para isso, é o primeiro passo. Isso está ligado a outra dica importante: evitar comprar por impulso e ver a grana economizada sumir. Se você quer saber como organizar o planejamento familiar isso é fundamental.

5. Aplique o dinheiro

Ao definir qual o objetivo, já é possível descobrir qual o melhor tipo de aplicação. Caso for de longo prazo, uma opção é investir na previdência privada. Há, claro, outras alternativas para aplicar o dinheiro tão guardado, dependendo do motivo do investimento.

6. Chame a família

Como organizar o orçamento familiar se não estiver contando com a ajuda de todos nessa missão? Com apoio, a redução dos gastos se torna mais fácil.

Para incluí-los, incentive o hábito de anotar as despesas, estabeleça metas individuais e compartilhe o planejamento financeiro com todos. E por falar em finanças, que tal saber se capitalização é investimento.

Se estiver precisando de uma ajudinha inicial para equilibrar os gastos, faça uma simulação de crédito pessoal online.

Veja também:

+ Como investir em ouro