Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

O que é Letra de Câmbio?

Quando começamos a pesquisar sobre o mundo dos investimentos, logo imaginamos aumentar as finanças. Às vezes queremos uma aposentadoria mais gorda, outras comprar um bem como um carro ou uma casa. Seja qual for o objetivo final, o investidor iniciante busca alta rentabilidade e baixo risco de perder dinheiro. E você sabia que a Letra de Câmbio pode ser perfeito quando o assunto é renda fixa?

Imagem de moedas ilustrando texto sobre Letra de Câmbio.

As Letras de Câmbio podem ser uma boa opção de investimento para iniciantes.

Bom, o investimento em renda fixa mais popular é a famigerada poupança. Mas, hoje em dia, são raras situações que vale a pena deixar o seu dinheiro ali.

Há uma gama muito grande de aplicações no mercado financeiro para todos os perfis de investidores. Se você está começando nesse mundo agora e está em dúvida de onde colocar o seu dinheiro, é bom estudar bastante. Mas, para começar, criamos um guia com todos os detalhes sobre a Letra de Câmbio.

O que é Letra de Câmbio?

A Letra de Câmbio, ou LC, é um tipo de investimento de renda fixa. Ou seja, no momento que você optou fechar negócio e aplicar seu dinheiro nele, sabe o quanto irá receber no final do prazo.

Se você já possui afinidade com a sopa de letrinhas do mundo financeiro, saiba que a Letra de Câmbio é parecida com CBD, LCI e LCA.

O que difere as LCs desses investimentos, é que os títulos são emitidos por financeiras, e não por bancos. É uma daquelas aplicações na qual você, pessoa física, empresta o seu dinheiro para o banco, neste caso será a uma financeira, por um determinado tempo. Então, passa a ter uma rentabilidade em cima desse valor emprestado.

Tipos de letras de câmbio

As Letras de Câmbio são classificadas em três modalidades referentes ao valor de rendimento no final do prazo.

Pós Fixada: São LCs que possuem vínculo com um índice, como no caso do CDI, e assim faz-se o acompanhamento da sua oscilação. Apenas no final do prazo é que você saberá quanto irá receber de lucro.

Prefixada: São LCs onde é possível saber qual será o lucro no momento em que você fechar acordo com a financiadora. Esse valor não irá variar ao longo do prazo do título.

Híbrida: São LCs com os dois indicadores, um prefixado e um pós-fixado. Neste caso, é oferecida uma rentabilidade fixa prefixada e vinculada ao IPCA. Assim o seu dinheiro não corre o risco com a inflação.

Saiba que não há um tipo melhor do que outro, mas o que mais se encaixa no seu perfil de investimento.

Vantagens

O fato de as financeiras serem serem menores do que bancos, elas conseguem emitir títulos que são menos populares. Por isso, há poucas pessoas investindo. Isso faz com que a rentabilidade seja boa para quem investe em Letra de Câmbio.

Outra vantagem é que, através da corretora, é possível conseguir Letras de Câmbio que correspondem com o período que você pretende deixar o seu dinheiro. Assim, você pode receber uma margem de lucro muito acima do que outros investimento poderiam oferecer.

Esse modelo de investimento requer tributação regressiva, iniciando em 22,5% e finalizando em 15% com relação ao lucro com as LCs. É interessante deixar por mais tempo possível para pagar menos ao IR.

A porcentagem de tributação nas LCs são:

De 22,5% em aplicações de até seis meses.

De 20% em aplicações de no intervalo de seis meses a um ano.

De 17,5% em aplicações de no intervalo de um ano a dois anos.

De 15% em aplicações superior a dois anos.

E última, e não por isso menos importante vantagem, é que no caso da financeira que você investiu seu tão suado dinheirinho falir, você está protegido pelo Fundo Garantidor de Benefício (FGB). O que significa que, em caso de falência da instituição, você está seguro e receberá seu investimento no valor de até R$ 250 mil reais.

Desvantagens

Um dos maiores pontos negativos de se investir em Letras de Câmbio é a ausência de liquidez diária. Algo que já é possível em outros investimentos, como o CBD.

Outra desvantagem é a incidência de Imposto de Renda. Por isso, é necessário estudar o seu caso e ver se realmente vale a pena investir em LCs.

Como investir em LC?

Há uma variedade muito grande de títulos de LCs no mercado de finanças. Geralmente, é possível encontrar melhores investimentos em financeiras menores.

Isso porque, como elas são menos conhecidas, há menos investimento. Para concorrer com os grandes bancos e conseguir que as pessoas “emprestem” o seu dinheiro, elas trabalham com uma oferta de remuneração superior.

Com tanta oferta, você pode precisar de uma corretora de valores para lhe ajudar e para você ter acesso aos títulos oferecidos pelas Letras de Câmbio. Os grandes bancos também possuem esse tipo de investimento. Porém, geralmente são ofertas que beneficiam mais os bancos do que a pessoa física.

Pesquise algumas corretoras e busque a melhor LC para investir. O valor mínimo para iniciar seu investimento pode mudar de instituição para instituição. Porém, é muito comum com apenas 5 mil reais dar início a sua aplicação.

Para obter sucesso no mundo financeiro, é necessário manter mais de um investimento. Como semear um campo, é necessário plantar várias sementes para ter uma boa colheita. No caso das suas aplicações é a mesma coisa. É indicado fazer algumas aplicações para que você obtenha lucro de várias fontes.

Se você for um investidor iniciante e possui um perfil conservador, busque modelos de investimento com renda fixa, como as Letras de Câmbio há também os CDBs, LCIs, LCAs e alguns títulos do Tesouro Direto.