Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

O que é LCI?

Ao pé da letra, LCI significa Letras de Crédito Imobiliário. Mas o que é LCI?

imagem de dinheiro, papel e cantela ilustrando guia sobre o que é LCI

LCI é uma modalidade de investimento com diversas vantagens.

Para você pode parecer algo de outro planeta. Mas saiba que para muitos essas três letrinhas simbolizam um investimento. E ele vem sendo cada vez mais procurado. Isso porque possui algumas características específicas que conheceremos mais adiante. Por enquanto, vamos entender o que é o LCI.

LCI é um título de renda fixa. Ele é emitido por um banco e é garantido por empréstimos realizados ao setor imobiliário. Por isso, é reconhecido como um investimento. Ele foi criado para promover e incentivar empréstimos voltados para esse tipo de mercado em nosso país.

O que é LCI e como funciona na prática?

Você já sabe o que é LCI. Agora veja como funciona.

Ao investir em LCI, você estará “emprestando” o seu dinheiro para o banco. Mas, a forma é do uso do dinheiro é diferente do que as instituições financeiras costumam fazer (usar o dinheiro para fazer empréstimos para as pessoas colocando aí juros expressivos). O dinheiro investido em LCI será utilizado pelos bancos em modalidades de crédito imobiliário.

O que isso significa? Simples. Que o seu dinheiro “emprestado” àquela instituição financeira e será usado para uma operação de crédito. Essa operação terá como garantia um imóvel físico.

+ O que é Tesouro Direto e como investir?

Por isso, a oferta de LCI só deve ser feita se o banco em questão tiver esse imóvel físico como garantia. Caso contrário, se a instituição financeira, em determinado momento, não apresentar estoques de LCI, não poderá realizar essa operação.

Outro ponto para você conhecer melhor esse investimento. Ao emprestar o seu dinheiro para a instituição financeira, ela fará um contrato. Esse contrato vai determinar quanto pagará de juros em um determinado prazo. Ou seja, a LCI é um investimento de renda fixa, podendo ter rentabilidade pré ou pós-fixada.

Dentre as possibilidades, a rentabilidade pós-fixada é a mais comum no mercado. Ela é expressa por um percentual da taxa do Certificado de Depósito Interbancário (CDI), que é negociado com o emissor do título. Mas esse CDI oscila de acordo com o prazo e o valor da aplicação.

Já na modalidade LCI pré-fixada, o investidor já fica sabendo qual será o retorno que será obtido, independente de oscilações do CDI.

Podemos concluir que há três fatores que definem quanto rende uma LCI. O risco de crédito, o prazo da aplicação e a taxa fechada entre o investidor e a instituição financeira (pré ou pós-fixada).

+ Como fazer previdência privada para seus filhos

+ O que é CDB

Diferenciais

Você já viu o que é LCI. Agora conheça seus diferenciais.

O governo concedeu um importante incentivo para movimentar as aplicações realizadas nesse investimento. Elas estão isentas de imposto de renda para pessoas físicas. Isso garante maior rentabilidade líquida. Além disso, pode ser ainda melhor se pensarmos em um investimento a longo prazo.

Tem mais uma vantagem importante aqui. A LCI é garantida pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC) até o valor máximo de R$ 250 mil.

Esse ponto deve ser considerado. Caso o banco onde o investimento foi feito tenha algum problema, o FGC será a sua garantia até esse limite aplicado.

Esse valor inclui o que foi investido e a rentabilidade. Desta forma, a rentabilidade esperada, somada ao principal investido, não deve superar esse valor.

Outro aspecto a ser considerado é que a garantia do FGC se dá por CPF e por instituição financeira. Mas se você quiser, por exemplo, aplicar mais do que R$ 250 mil, a sugestão é fazer isso optando por vários títulos de instituições diversas.

+ O que é PGBL

+ O que é VGBL

Quais são os riscos de investir em LCI?

Segundo os especialistas, o risco nesse tipo de investimento é relativamente baixo. Por quê?

Como já explicamos, caso ocorram problemas, você poderá contar com o FGC caso o banco não possa reaver o seu dinheiro.

Mas é importante estar atento à liquidez, diretamente ligada ao prazo de vencimento do título. Essa é considerada a principal desvantagem da LCI.

Isso porque o resgate do título só pode ser feito no vencimento (esse vencimento é acordado com o banco no momento da aplicação). Ele não pode ser movimentado até essa data estipulada no ato da aplicação.

As instituições financeiras estipulam prazos mínimos para resgate. É comum encontrar bancos que oferecem esse investimento com prazo de vencimento de mais de seis meses.

Caso o resgate do investimento ocorra antes do prazo, poderá resultar na perda total da rentabilidade

Outro ponto a ser conhecido. A LCI requer um valor maior para aplicação mínima e esse valor varia de acordo com a instituição financeira escolhida.

Emissor: bancos maiores x bancos menores

Os bancos maiores, em geral, pagam menos para os seus investidores. O motivo é porque apresentam maior solidez e consequentemente menor risco do que um banco menor.

Em contrapartida, para os bancos menores competirem com os maiores eles oferecem aos investidores taxas mais atraentes.

 LCI: a quem se destina?

Agora você já sabe o que é LCI. É hora de conhecer melhor esse investimento para avaliar se atende às suas necessidades. Então pesquise quais são os bancos e corretoras que fazem essa intermediação de compra e venda de LCI. Sim, há corretoras que também fazem esse trabalho.

Caso a escolha seja por um banco, verifique se tem os pré-requisitos para efetuar este investimento.  É válido alertar que, hoje em dia, mesmo não sendo cliente de uma determinada instituição financeira, é possível pesquisar as informações e ter acesso aos investimentos nos mais diversos bancos.

Mas caso a escolha seja por uma corretora, o investidor terá acesso a LCI de diversas instituições financeiras em um único lugar, facilitando a avaliação.

Depois, analise também a modalidade de LCI que poderá atender melhor à sua necessidade: pré ou pós-fixadas. Qual oferecerá uma remuneração mais atraente?

Por fim, conte com a dica que mencionamos acima. Respeite o limite de R$ 250 mil, a garantia do FGC para investir com muito mais segurança.

De acordo com os especialistas, a LCI é sim uma maneira conservadora e lucrativa de investir. É uma verdadeira alternativa para diversificar os investimentos de renda fixa, principalmente em tempos de instabilidade do mercado financeiro brasileiro. Porém, como todo investimento, deve ser avaliada com critério. Sabendo bem o que é LCI você está apto a tomar a sua decisão.

Antes, porém, é importante conhecer bem o seu próprio perfil de investidor. Esta é a chave do sucesso para identificar as melhores oportunidades que estão à disposição no mercado e que podem variar de acordo com o objetivo e o momento de vida de cada um.

+ LCI ou LCA, qual a melhor opção?

+ Vale a pena investir em seguro de vida ou previdência privada?