Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Tesouro Direto pode dar prejuízo sim!

Imagem de cédulas para ilustrar post sobre Tesouro direto pode dar prejuízo

Tesouro Direto pode dar prejuízo sim!

A garantia vem simplesmente do Governo Federal. Então, como o título do Tesouro Direto pode dar prejuízo?

É verdade que o Tesouro Direto é considerado o mais seguro dos investimentos do mercado, já que tem a garantia do Tesouro Nacional. Mas entender como os diversos títulos funcionam é fundamental para não perder dinheiro.

Criado para negociar títulos públicos por pessoas físicas, o Tesouro Direto oferece ao mercado alguns títulos. Como exemplo estão o Tesouro Selic, o Tesouro IPCA, o Tesouro Prefixado com Juros Semestrais (NTN-F) e o Tesouro Prefixado (LTN), entre outros.

Saber escolher o melhor entre eles é o grande desafio. Além disso, é e também a saída para que o investimento seja mesmo rentável e não “pregue aquela peça” no seu bolso. Afinal, os títulos podem ter altos ganhos em alguns períodos, assim como quedas espetaculares em outros. E é por isso que é importante saber que o Tesouro Direto pode dar prejuízo sim.

Tesouro Selic: aposta certeira

Como é possível apenas ganhar com o Tesouro Direto?

A resposta é simples. Aposte suas fichas no único título do Tesouro que pode ser resgatado a qualquer momento, sem a necessidade de esperar até o vencimento. E, melhor, sem o risco de obter rentabilidade negativa.

Preparado para saber quem é a grande estrela entre os títulos? É o Tesouro Selic. O único pós-fixado, os demais títulos são prefixados ou indexados à inflação (IPCA).

Segundo os especialistas, trata-se de um título que livra o investidor de possíveis preocupações, pois todos os dias ele terá uma valorização. Por isso mesmo, pode ser vendido a qualquer hora, sem que haja perda.

Os demais títulos não apresentam essa característica, pois têm taxas que devem ser lavadas até o vencimento dos mesmos. Isso significa que o compromisso, nessa negociação, é pagar ao investidor a taxa lá no vencimento.

Mas o problema pode ocorrer justamente entre o período de compra do título e o seu vencimento, quando tudo pode acontecer. O título pode subir ou mesmo cair. E, caso caia, o investidor terá comprado um título que dará prejuízo.

Qual a alternativa se o Tesouro Direto pode dar prejuízo?

Ao comprar títulos do Tesouro Direto, com exceção do Tesouro Selic, o investidor tem de ter um objetivo. O objetivo deve ser levar esse título até o seu vencimento. Ou seja, deve se planejar para isso, evitando vender antes da hora.

Sim, o prejuízo não ocorrerá caso o resgate seja feito no vencimento. Agindo assim, o investidor receberá todo o dinheiro aplicado mais os juros, descontado o Imposto de Renda.

Nesse cenário, não importam as possíveis oscilações que o título teve antes da data de vencimento.

Essa informação é essencial para quem deseja investir nas diversas opções de títulos do Tesouro Direto. O fato de alguns deles terem a chance de ficarem negativos, não significa que não devem ser adquiridos.

Esses títulos têm sim mais chances de subirem ou caírem do que o Tesouro Selic. Mas sempre devem ser opções no momento do investimento, basta estar planejado para apostar neles, sem contar com o resgate precoce.

Resumindo, saiba sempre o que pretende fazer com o seu capital e conheça o funcionamento dos investimentos à disposição. É assim que o seu risco de perder dinheiro diminuirá substancialmente.

Gostou do nosso post “Tesouro direto pode dar prejuízo”? Confira mais informações sobre o tema no post “investimento tesouro direto“.