COTAR SEGURO ONLINE

Planilha para controlar gastos: como fazer uma?

Planilha para controlar gastos: como fazer uma?

Você sabe (realmente) quanto lhe sobra de dinheiro no final do mês? Muita gente acha que sim, mas sem uma planilha para controlar gastos, fica difícil acompanhar tudo o que entra e sai.

Se o dinheiro tem ficado curto, ou pior: se o dinheiro sempre acaba antes do mês, essas dicas são para você!

Saiba como criar uma planilha de controle de gastos de forma simples. Siga o modelo e coloque em prática agora mesmo!

Pare de adiar seus sonhos e metas só porque você não sabe para onde está indo seu dinheiro. Acompanhe seu orçamento pessoal e conquiste sua liberdade financeira. E, se precisar, solicite um empréstimo pessoal. Mas sempre com muita organização financeira.

Solicitar Empréstimo Pessoal

Orçamento pessoal: saiba para onde vai o seu dinheiro 

Todo mês é a mesma coisa: você recebe o seu salário, paga as contas e quando percebe, o dinheiro fugiu, sem que você saiba para onde. 

E antes de chegar no dia 30, fica aquela sensação estranha de que o seu dinheiro não durou o quanto você esperava. Daí você se pergunta: “será que estou ganhando pouco ou será que estou gastando muito?”

A verdade é que ambas as situações podem estar acontecendo. Mas você nunca terá a certeza, se não encarar os fatos.  

Mas, por que será que é tão difícil controlar os nossos gastos? Por que tantos brasileiros reclamam que não conseguem fazer sobrar dinheiro no fim do mês

Planilha para controlar gastos: por que fazer?

Uma planilha para controlar gastos, despesas, receitas, investimentos, entre outros itens pode ser a solução para quem quer colocar suas finanças pessoais em dia. 

Afinal, não tem como tomar uma atitude para melhorar de vida se você não sabe o que está acontecendo mês a mês com o seu dinheiro. 

Mas, quando falamos em planilha, muita gente pode ter arrepios e achar que é complicado demais. Mas não é. Você só precisa se comprometer a anotar lá todas as informações sobre os seus ganhos e despesas. 

Aliás, esse método de anotar tudo não é novo. Quem nunca usou um caderno ou uma agenda para não esquecer de pagar tudo dentro do prazo?

A planilha tem a mesma função só que é até mais fácil de mexer. Controlar os gastos é bem mais simples do que você está pensando. E para provar, vamos juntos criar uma agora mesmo!

Como criar uma planilha para controlar gastos do zero?

Para começar a construir uma vida financeira mais saudável, você precisa saber exatamente o quanto ganha e o quanto gasta. 

Só assim, você saberá se você está no azul, ou seja, se está entrando mais dinheiro ou se, ao contrário, seu  orçamento está no vermelho. 

Antes de procurar recursos mais avançados, a primeira dica é: garanta que sua planilha lhe permita acessar uma informação básica: quanto você está ganhando x quanto você está gastando. 

Vamos começar com algumas dicas simples?

Passo a passo: planilha para controlar gastos na prática (modelo)

O primeiro passo é criar um documento no Excel ou em algum programa que facilite a separação de colunas e linhas para a melhor visualização de cada informação. 

O segundo passo é criar categorias, conforme a seguir:

  • Receitas: o que você ganha

Lance aqui todas as informações sobre sua renda. Crie linhas separadas para informar o seu salário, décimo terceiro, férias, horas extras, abonos, PLRs, entre outros.
Não se esqueça de lançar qualquer outra fonte de renda que você tenha, mesmo que ela não seja fixa; 

  • Investimentos: o que você tem guardado ou aplicado

Se você tem dinheiro aplicado em algum lugar, preencha nesse espaço. 

Aqui vale criar linhas separadas para cada um deles: poupança, previdência privada e investimentos no geral como CDBs e Tesouro Direto, entre outros; 

  • Despesas fixas: quanto você gasta obrigatoriamente todo mês

Aqui você deve informar quais são os gastos que tem todos os meses com aluguel, faculdade, escola, plano de saúde, parcelamentos, entre outros. 

Para facilitar a visualização, crie linhas separadas para cada uma deles;

  • Despesas variáveis: quanto você gasta, mas que o valor pode variar de um mês para outro

Neste item entram conta de água, energia elétrica, passagem de ônibus, combustível, supermercado, assinaturas de serviços como TV a cabo, streaming, lazer, academia, compras de roupas, entre outros; 

  • Total de cada receita, investimentos, despesa fixa e despesa variável

Crie uma linha visualizar a soma de cada um dos itens lançados acima;

  • Saldo final

Aqui você deve visualizar a soma de todos os itens lançados na planilha.

  • Total de receitas – total de despesas 

Nessa linha você deve conseguir visualizar o resultado da soma de tudo o que você ganha subtraindo o total de tudo o que você gasta.

Modelo de planilha para controlar gastos 

Categoria 

Meses

 

Janeiro 

Fevereiro

Março 

Receitas

     

Salário + rendas extras  

     

Investimentos 

     

Poupança, Tesouro Direto, CDB (entre outros)

     

Despesas fixas

     

Aluguel, condomínio, impostos, seguro do carro, plano de saúde, educação, empréstimos, financiamentos

     

Despesas variáveis 

     

Transporte, lazer, saúde, vestuário, mercado

     

Total 

     

Receitas (soma de tudo o que foi lançado anteriormente)

     

Investimentos (soma de tudo o que foi lançado anteriormente)

     

Despesas fixas (soma de tudo o que foi lançado anteriormente)

     

Despesas variáveis (soma de tudo o que foi lançado anteriormente)

     

Saldo final (soma de todos os itens acima)

     

Total de receitas menos total de despesas 

     



Família ou solteiros: quem pode fazer planilha para controlar gastos?

Viu como é simples controlar gastos? Esse é um modelo bem simples de planilha. Ela pode ser usada por quem mora sozinho ou até mesmo para quem precisa administrar o orçamento de toda família. 

 

A dica mais importante para criar um controle que funcione é: seja sincero ao lançar cada informação. Também é importante ter disciplina e não esquecer de abastecer os dados todos os meses. 

Planilhar gastos: o que você tem ganhar?

Se o dinheiro sempre fica curto até o final do mês, pode ser que você esteja gastando dinheiro sem perceber. 

Controlar o orçamento doméstico é uma importante ferramenta para que você possa:

Se você não gosta de planilha, pode usar também os apps de controle financeiro.

Controle de gastos à prova de crise

São nos momentos de crise financeira é que percebemos o quanto poderíamos ter cuidado melhor do nosso dinheiro. 

Conhecer a nossa situação nos permite sermos mais independentes e menos vulneráveis quando acontece algo inesperado. 

Mas, se depois de organizar o orçamento, você percebeu que está precisando de dinheiro agora, não fique desesperado.

Uma saída é conhecer as opções mais baratas de empréstimo pessoal para dar aquela forcinha nos próximos meses.

Peça agora uma cotação online de empréstimo pessoal. Fale com a Bidu Corretora e saia do aperto.

 

Última atualização em 25/09/2020