Contratar um Plano de Saúde com CNPJ é mais barato mesmo?

Contar com um plano de saúde é mais do que uma necessidade. Mas quando não existe um vínculo empregatício com uma empresa que ofereça o plano como benefício, tudo pode ficar mais complicado. Mas se você é autônomo, saiba que contratar plano com CNPJ é mais barato sim.

Essa é a saída mais econômica para quem é um microempreendedor individual, MEIou então pequeno empreendedor.

Assim como esse novo modelo de trabalho vem crescendo, as vendas de planos de saúde para esses trabalhadores acompanham o movimento. E não é à toa.  Plano com CNPJ é mais barato mesmo.

Foto de pessoa fazendo contas e equipamento médico para ilustrar texto que fala se plano com CNPJ é mais barato mesmo.

Contratar plano de saúde com CNPJ é muito mais barato que contratar plano individual.

Plano com CNPJ é mais barato, sim

Os adeptos ao MEI, ou os que contam com CNPJ próprio, têm muitas vantagens. A começar pelo acesso a planos de saúde com mensalidades mais acessíveis. Além disso, podem emitir nota fiscal e até de fazerem empréstimos em bancos mais baratos.

Mas como o nosso assunto é plano de saúde em conta, vamos tratar de mais detalhes, incluindo a tal da economia que tanto interessa.

Segundo a Agência Nacional de Saúde (ANS), quem tem MEI pode conseguir contratar planos que custam cerca de 35% menos do que os planos de saúde individuais encontrados no mercado. Pois é: planos 35% mais baratos, você leu certo!

Tenho CNPJ e quero contratar um plano de saúde econômico

Mas o que é preciso ter para contratar um plano de saúde nessas condições?

Para começar, os planos para microempreendedores individuais ou para pequenas e médias empresas só podem ser contratados pelas microempresas com CNPJ ativo na Receita Federal.

Outro ponto é o número de pessoas que devem contratar o plano. Em geral, é necessário duas ou até mesmo três pessoas para que a contratação seja permitida.

Infelizmente, não há operadoras no mercado que façam a venda do plano de saúde para apenas uma pessoa. Mas a boa notícia é que as demais vidas necessárias para a efetivação do plano podem ser da família, além, é claro de funcionários da empresa.

Uma única vida, portanto, só poderá ser contemplada via a contratação de um plano de saúde individual. Ou então coletivo mediante, por exemplo, a adesão do consumidor a algum sindicato ou a uma entidade de classe que tenha relação com o seu perfil profissional.

Quando o pequeno ou microempreendedor está atento a tais exigências e pode então obter um plano de saúde com o CNPJ. Aí é só começar a pesquisa pelas operadoras que disponibilizam esse tipo de plano.

Uma dica é sempre consultar a ANS ou buscar indicação de conhecidos que já têm essa experiência.

O que devo levar em conta na contratação?

Já sabemos que contratar um plano com CNPJ é mais barato.

Mas pesquisar um bom plano de saúde é uma tarefa complexa. Não basta apenas encontrar a operadora que ofereça o plano mais barato.

É preciso considerar outros aspectos como a cobertura oferecida pelo plano, além da abrangência do mesmo.

Além de saber que Plano com CNPJ é mais barato, vamos conferir melhor outros benefícios.

Preços menores

O principal diferencial desse tipo de plano está mesmo na economia. Realmente plano com CNPJ é mais barato.

A mensalidade de um plano assim pode ser até 35% mais barata do que a de um plano individual, por exemplo.

Segundo informações da ANS, o preço dos serviços contratados é o principal quesito levado em conta no momento de escolher um plano.

Em média, os planos para esse público têm crescido o dobro que os demais planos.

Mas quais são os motivos que fazem com que esses planos serem mais baratos?

Os planos para quem tem CNPJ usam o mesmo sistema de um plano empresarial. Ou seja, necessitam ser intermediados por uma empresa assim como precisam ter, ao menos, duas vidas, senão é impossível a contratação.

Quando a operadora calcula quanto o plano custa ela leva em conta cada um dos contratos individuais. Ela também considera a variação do número de atendimentos e o total de vidas vinculadas ao plano.

Com isso, conclui-se que um plano individual (que não é empresarial) registra tratamento médico mais caro em comparação a um plano empresarial, que conta com mais adeptos. Isso favorece a relação custo/benefício, que se mostra mais rentável.

É por isso que o preço de um plano varia sim mediante o número de funcionários segurados.

Segurança no trabalho

A ANS realizou uma pesquisa que mostra que os funcionários consideram o plano de saúde como algo tão importante quanto, por exemplo, receber uma promoção profissional.

Por isso, tem-se a garantia de contar com funcionários satisfeitos quando esse benefício faz parte da realidade da empresa.

Trata-se, portanto, de uma vantagem para o pequeno e médio empresário e seus funcionários.

Atendimento 24 horas

A maior parte dos planos empresariais garante aos seus usuários serviços específicos por atendimento telefônico e sites das operadoras.

Isso torna possível o acesso para que o beneficiário tire dúvidas sobre remédios e procedimentos iniciais em casos de emergência, 24 horas por dia.

Menos burocracia

Os planos empresariais estão livres de burocracia para os funcionários. Só é preciso ter em mãos os documentos pessoais, já que cabe ao empreendedor se encarregar do CNPJ ativo para fazer o contrato. 

Conheça o plano da Unimed para MEI.

 

Última atualização em 11/12/2018