Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Plano de saúde empresarial tem carência?

Imagem de aparelhos de medição para ilustrar post sobre plano de saúde empresarial tem carência?

Plano de saúde empresarial tem carência?

Planos de saúde possuem diversas configurações, podendo ser configurado como individual ou familiar. Mas e o plano empresarial? Aquele que você adquire junto a um novo emprego como um benefício da empresa em que trabalha? Você sabe como ele funciona? Você sabe por exemplo, se o plano de saúde empresarial tem carência?

Nós vamos responder algumas dúvidas clássicas à respeito de modo de contratação e período de carência. Saiba tudo sobre planos de saúde empresariais.

O que configura um plano de saúde empresarial?

Os planos empresariais (em determinadas situações chamados também de coletivos) são contratados por uma pessoa jurídica. Esse PJ pode ser uma empresa, sindicato, uma associação ou órgão de classe.

Como acontece a contratação de um plano empresarial?

A contratação do plano por uma empresa pode acontecer com uma operadora ou por meio da participação de uma administradora de benefícios.

Qual é o tempo de contrato de um plano de saúde?

Geralmente, no plano individual ou familiar, a operadora organiza e informa o prazo de vigência mínima do contrato. Por exemplo, de um ano, a contar a partir da data da assinatura do contrato, ou da proposta de adesão. Esse período também pode ser a partir do pagamento da primeira mensalidade.
Agora, nos planos empresariais, para haver controle de reajustes anuais, o início da vigência é a data de assinatura do contrato. A empresa pode negociar esse início do contrato. Mas desde que não tenham sido feitos pagamentos à operadora. Nos planos operados por autogestão, o início da vigência será a data da aprovação do regulamento ou a data da assinatura do convênio de adesão pelo patrocinador.

Plano de saúde empresarial tem carência?

Nem todo plano empresarial tem carência. Nos planos empresarial com menos de 30 pessoas (costuma se dizer vidas), ou seja se há até 29 vidas no contrato empresarial existe carência, que é:

– 24 horas para atendimento de urgência ou uso de emergência hospitalar;
– 30 dias para consultas e exames simples (como a rede credenciada);
– 180 dias para procedimentos terapêuticos;
– 180 dias para exames de alta complexidade;
– 180 dias para cirurgia e internação (hospitalar);
– 10 meses para parto;
– 2 anos (24 meses) para doença ou lesão pré existente.

Plano de saúde empresarial tem carência? É possível negociar?

Geralmente a carência é negociada em planos com mais de 30 vidas. Nesse caso, os colaboradores e dependentes, se estiverem incluídos no contrato não terão carência zero para os procedimentos.

É importante saber também, que existem situações onde o funcionário da empresa que está utilizando o plano de saúde empresarial pode ter que encarar um período de carência no seu plano em algumas situações determinadas como:

  • Geralmente, o funcionário tem 30 dias para entrar no plano. Se ele optar por não entrar no plano no período estabelecido e mudar de ideia, ele terá que enfrentar a carência;
  • Se for uma contratação nova. Caso o colaborador da empresa for registrado e escolha NÃO aceitar o plano no ato da contratação, ele terá que ter carência caso mude de ideia.

Ficou interessado no assunto? Você também pode saber qual os preços do plano de saúde empresarial.

Além de ficar por dentro da carência do plano de saúde empresarial, fique informado sobre o seguro de vida da empresa.

Confira também nosso post sobre regras para dependente do plano de saúde e sobre união estável e dependente do plano de saúde.