Existe no mercado Plano de Saúde Sênior?

Como funciona um plano de saúde sênior? Já parou para pensar no que deve ser analisado no momento de contratar um plano de saúde com essa característica?

Será que são mesmo planos caros? O que fazer para tentar reduzir os gastos ao adquirir um produto como esse?

Imagem de idosas no hospital para texto sobre plano de saúde sênior

O Plano de Saúde Sênior atua com base na prevenção.

Quando se fala em saúde, estamos tratando de fato de um verdadeiro direito que deve ser garantido a todos, mas que ganha contornos especiais à medida que a idade chega.

É por isso que ter acesso ao chamado plano de saúde sênior pode ser uma boa opção. Estamos falando de um produto que trata de questões específicas para essa faixa etária.

E de qual faixa etária estamos falando exatamente? Vamos entender o que é um plano de saúde sênior e conhecer como funciona.

Cotação Online de Planos de Saúde

O que é um Plano de Saúde Sênior?

Até 1998, o mercado de planos de saúde funcionava assim: todas as operadoras apresentavam os planos de saúde para os consumidores, de todas as idades, sem distinção.

O que ocorria é que essas empresas faziam reajustes nas mensalidades conforme a idade dos beneficiários ia aumentando.

Isso era feito sem um teto e mesmo sem contar o prazo de carência praticado para a utilização dos serviços prestados, que era muito longo.

Para acabar com essa prática, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou uma resolução que previa a adequação dos planos às distintas faixas etárias. Isso ocorreu há 21 anos.

Logo após a publicação dessa resolução, o mercado também teve que se adaptar às regras que foram impostas pelo então recém-lançado Estatuto do Idoso.

Foi assim, com as regras mais duras e sob certa pressão, que os planos de saúde sênior nasceram para atender a esse público específico.

Hoje em dia, quando se fala em plano de saúde sênior, trata-se de um produto alternativo. Ele é voltado para o atendimento de consumidores que têm a partir de 59 anos e oferece muitas vantagens. Há algumas empresas que já baixaram o fator idade para que o público a partir de 49 anos tenha acesso a esse tipo de plano.

Como funciona o Plano de Saúde Sênior?

Uma palavra basicamente responde a essa questão: prevenção.

Como já foi dito, quanto mais idade tem uma pessoa, mais chances de ela contrair ou desenvolver doenças.

O plano de saúde sênior tem, então, a missão de amenizar esse cenário atuando em favor da prevenção. Assim, muitos dos possíveis problemas podem até mesmo ser evitados ou então reduzidos.

Como isso pode ser feito?

Com uma atuação dos planos de saúde com enfoque em várias ações em prol de, por exemplo:

  • Exames coletivos;
  • Palestras educativas;
  • Criação de áreas de convivência que integram os idosos e ainda contribuem para evitar o surgimento da depressão, entre outros. 

Esse tipo de plano permite que o beneficiário pague a mensalidade ao longo da vida, evitando o comprometimento da grande parte da renda do idoso. Afinal, pagando o plano quando a pessoa ainda é produtiva e costuma ter renda maior, fica muito mais fácil.

Já quando o beneficiário atinge a idade de 65 anos, há uma redução da mensalidade, o que permite mais segurança e comodidade.

Há diferentes tipos de plano sênior?

Assim como ocorre com todos os planos de saúde do mercado, os tipos de plano de saúde sênior mudam de acordo com:

  • Quantidade de serviços que são inclusos e/ou contratados;
  • Tipos de atendimentos prestados;
  • Área de abrangência.

Alguns dos planos encontrados realizam atendimento em clínica própria. Já outros são totalmente focados nos trabalhos de prevenção. Ainda há aqueles que incluem até atividades recreativas de lazer como, por exemplo, jogos e bailes para a terceira idade.

São essas particularidades que terão impacto no preço do plano. Então o que vale é pesquisar muito bem e optar por um plano de saúde sênior que atenda com mais eficiência às necessidades de cada um.

Há vantagens ao contratar um Plano de Saúde Sênior?

Há sim certas vantagens e a gente vai contar as principais aqui para você!

Para começo de conversa, esse tipo de plano não tem limite de idade e nem cobrança por faixa etária após o beneficiário atingir 65 anos. Lembrando que é possível aderir a partir de 49 anos de idade!

Outra vantagem: a ausência de reajuste. Geralmente, os planos de saúde só podem sofrer reajuste até os 59 anos. Ou seja, no plano de saúde sênior, o reajuste só ocorre para corrigir a inflação e não mais por faixa etária.

Mais um benefício é que esse tipo de plano permite ao idoso ter a sonhada segurança caso surja uma emergência como, por exemplo, um acidente ou uma doença inesperada. Sem contar que por causa do trabalho de prevenção, o índice de situações surpresas pode mesmo diminuir.

Aliás, a prevenção é uma das mais importantes vantagens oferecidas pelo plano de saúde sênior. As empresas costumam oferecer mutirões para a realização de exames, de campanhas de vacinação e mesmo de consultas para avaliar a saúde geral dos pacientes. Desta forma é possível fazer o acompanhamento para observar se há alguma alteração no estado de cada um.

Graças à prevenção que um tratamento pode ser agilizado e, por isso, obter mais eficácia.

Por fim, os planos de saúde para a população com mais idade ainda trazem como diferencial o foco na questão social. Eles costumam contar com centros de convivência para integrar os pacientes e promover atividades recreativas. Essas atividades têm o objetivo de promover mais interação, redução de problemas psicológicos e manutenção das funções cognitivas.

Ainda promovem ações sociais – como campeonatos esportivos, caminhadas, etc. – fazendo com que o paciente se sinta parte da sociedade e mantenha o espírito jovem e saudável.

Como contratar?

Como ocorre na contratação de qualquer tipo de plano, é preciso estar bem atento a alguns aspectos.

Comece verificando se a empresa é mesmo especializada em oferecer planos de saúde para idosos.

Depois, fique antenado quanto à cobertura que deseja contratar, principalmente se o beneficiário em potencial viaja muito.

Também é essencial saber quais são os locais de atendimento. São de fácil acesso para o paciente?

Outra dica é conhecer quais são as ações de medicina preventiva praticadas.Por fim, avalie valores, sempre comparando os serviços que constam em cada plano analisado. 

Você sabia que é possível contratar um plano de saúde online?



Última atualização em 18/09/2019