Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Conheça a tabela de imposto de renda para aposentados

Imagem de dois idosos para ilustrar post sobre Tabela de imposto de renda para aposentados

Conheça a tabela de imposto de renda para aposentados

Os primeiros meses do ano sempre trazem para a imprensa novas notícias sobre o fechamento do ano fiscal. Tanto das pessoas físicas e jurídicas. Com isso, vem também a necessidade da elaboração de um novo imposto de renda. Se você já se aposentou, você conhece a tabela de imposto de renda para aposentados?

Em 2019, os aposentados terão a seu favor a possibilidade de uma grande mudança na redação do imposto de renda e seus recebíveis. Isso ocorrerá por conta de um novo texto que está circulando na Câmara. Ele propõe uma nova tabela de imposto de renda para aposentados. Saiba mais sobre aposentados que devem pagar imposto de renda.

Em 2018, as pessoas que recebem mensalmente até R$ 2.141,98 não precisam mais pagar esse tributo. Até então, essa isenção só era válida para quem recebia até R$ 1.903,98.

O que é o tributo do imposto de renda?

Todas as pessoas (físicas ou jurídicas), na maioria dos países, são obrigadas a pagar uma certa porcentagem de sua renda para o Governo. O imposto sobre a renda tem um cálculo do tributo que se baseia na cobrança feita por conta de nova riqueza produzida pelo contribuinte. Essa cobrança acontece por riqueza produzida por novo capital, trabalho, ou os dois. Em cima do valor recebido é aplicado uma alíquota fechada e que muda a cada país.

O que muda na tabela de imposto de renda para aposentados

Em 2018, essa mudança promete ajudar os aposentados que recebem até R$ 2.141,98. O reajuste na tabela do imposto de renda para aposentados foi encabeçado pela Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa. Segundo o texto da (PL 7172/10), as bases de valores que serão taxados pelo imposto são voltados para remunerações específicas. São as seguintes:

– De R$ 2.141,99 até R$ 3.179,98, a alíquota mensal será de 7,5%;

– R$ 3.179,99 até R$ 4.219,93 – 15% de alíquota;

– Remunerações de R$ 4.219,94 até R$ 5.247,77, – terá nova alíquota de 22,5%;

– Os aposentados que recebem mais de R$ 5.247,77 terão 27,5% descontados pela alíquota.

Segundo o deputado Angelim (PT-AC) relator do projeto, esse novo texto, complementar à lei PL 7172 do Senado, corrige de certa forma uma injustiça fiscal que acomete os aposentados. Segundo o deputado, pessoas que deveriam ser consideradas isentas pagam o Imposto de Renda. E muitas pessoas que estão numa faixa de renda com alíquota mais baixa acabam precisando pagar com alíquota mais alta.

Última alteração na tabela de valores aconteceu em 2015

A tabela de valores e alíquotas de imposto de renda no brasil foi corrigida pela última vez em 2015. O projeto agora passa por votações nas comissões de Finanças e Tributação. Esse grupo vai verificar qual é real impacto fiscal quando a tabela de IR passar por correção. Depois, ela segue até o Plenário da Câmara.

O imposto de renda dos aposentados é muito parecido com os demais. No caso dos aposentados, a raiz das informações vem pelo INSS, por onde você deve conseguir um extrato que fale dos rendimentos adquiridos no ano anterior (por exemplo, esse ano vão ser somados a vigência de 2017).

Os aposentados que quiserem consultar seu extrato do imposto de renda devem acessar a Agência Eletrônica no portal da Previdência Social. É importante ter em mãos informações como o número do benefício; nome do beneficiário, além do seu CPF e data de nascimento.

Aproveite ainda e faça agora mesmo a sua simulação aposentadoria.