Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Autorama: paixão mundial

pista autorama

Autorama: paixão mundial

Não dá pra disfarçar nem discordar do fascínio que carros e velocidade exercem sobre a sociedade. Hoje, vamos falar sobre o Automobilismo de Fenda, mais conhecido como o Autorama.

Os que nasceram na década de 80 lerão este artigo com aquela saudade boa no coração, afinal, quem não teve (ou não brincou) com o famoso brinquedo da Estrela?

A corrida foi longa pra chegar até aqui.

O Autorama já existe há mais de um século! Foi na Alemanha, em 1908, que desenvolveram os primeiros carros em miniatura com motor. A princípio, eles corriam em um trilho bem parecido com o de trem.

Então mais tarde, em 1912, nos Estados Unidos, foi dada a largada na produção de carros que agora se moviam sobre uma pista com fenda, cujo centro alimentava os motores com eletricidade.

Demorou bons anos para que o Autorama se tornasse uma febre, pois no começo era um hobby caro. O avanço só se deu mesmo na década de 50 e aí nunca mais parou.

O brinquedo mais amado

A fábrica de brinquedos Estrela lançou aqui no Brasil, em 1963, o Autorama que vinha com duas miniaturas de carros e pistas de encaixar, exatamente como os moldes dos gringos.

autorama 1

O primeiro Autorama comercializado aqui no Brasil

A brincadeira foi ficando séria, e no ano seguinte teve até competição num ginásio em São Paulo. Com a participação de um corredor ainda desconhecido, Emerson Fittipaldi, com 15 anos de idade.

Foi desse jeito que o amor pelas 4 rodinhas trocou as marchas, até que a Rede Globo passou a transmitir a Fórmula 1 na TV. E daí o boom: Emerson Fittipaldi ganha seu primeiro título mundial. Catapultando o brinquedo ao sucesso absoluto.

autorama fittipaldi

O primeiro garoto propaganda: sucesso absoluto.

A cada novo ídolo ou evento da Formula 1, a sensação Autorama só aumentava. Foi assim quando Nelson Piquet ganhou seus títulos mundiais e também com, nosso ídolo maior, Ayrton Senna. O garoto propaganda chegou a revelar em entrevista que o Autorama, sem dúvida, é seu brinquedo preferido. É muito amor – e saudade!

autorama ayrton senna

Anos 80, a febre Autorama e Ayrton Senna

Atualmente, a versão encontrada nas lojas de brinquedo tem um preço salgado e muitas novas funções e tecnologias.

Autorama e o século XXI

Engana-se quem achou que essa seria a última versão do Autorama. Os carrinhos evoluíram com a tecnologia e agora você pode controlar o seu com um smartphone. Sim, já existe e chama-se Anki Driver, e quem assina é nada mais nada menos que Tim Cook, atual CEO da Apple.

autorama moderno

Nosso saudoso Autorama cresceu.

Para fazer o brinquedo quase vídeo game funcionar, só é preciso instalar um aplicativo, e a conexão iPhone x Anki Driver é feita via bluetooth. O circuito conta com dois carrinhos que são carregados por cabo USB, eles possuem sensores que escaneiam os sinais infravermelhos da pista e aí é você quem manda. Vale a pena assistir o vídeo pra saber mais.

Campeonatos de Autorama

Tem os que levam o Autorama muito além de um hobby. Existem competições incríveis pelo mundo e é realmente muito diferente dos Autoramas que a gente falou até agora, Em campeonatos, os carrinhos voam baixo pela pista e atingem a velocidade, em escala, de até 170 km/h. E é por isso, que para esses praticantes, o Autorama deixou de ser brinquedo há muito tempo, é tido como uma categoria de automobilismo e fim de papo. Também pudera, imagina a habilidade que o “piloto” precisa ter pra controlar as réplicas de carros numa minipista?

autorama de competição

A pista Blue King da Red Fox já recebeu carros do campeonato mundial.