Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Caminhões elétricos podem se tornar realidade

Imagem de um carro elétrico com a descrição: caminhões elétricos

Caminhões elétricos podem se tornar realidade

Veículos leves movidos à eletricidade já existem há algumas décadas. Porém, esta tecnologia começou a ser pensada para veículos de carga recentemente, numa tentativa de diminuir a liberação de CO² na atmosfera pela movimentação do trânsito mundial.

A Mercedes-Benz já está colocando em testes o primeiro caminhão elétrico, batizado de Urban eTruck.

O modelo foi apresentado na Feira Internacional de Veículos comerciais na Alemanha em setembro de 2016 e teve uma aceitação calorosa pelo público e pela crítica.

Ainda em 2017, as primeiras unidades deverão ser entregues a um pequeno grupo de empresários e profissionais selecionados a dedo pela corporação na Europa, Japão e Estados Unidos.

O teste contemplará várias trocas de marchas, gerenciamento da carga da bateria e da autonomia.

Até o momento, foram divulgadas duas versões do veículo: de 18 e 25 toneladas, equipadas com carroceria frigorífica, plataforma e baú para carga.

Os caminhões elétricos receberam um carregador para baterias de propulsão e serão utilizados pelos clientes como teste por um período de 12 meses.

Os felizardos contarão com a colaboração e acompanhamento de engenheiros da Mercedes-Benz que, durante este prazo, registrarão dados importantes sobre o desempenho do veículo.

De acordo com a marca, o desenvolvimento técnico foi rápido e está fortalecendo a tendência dos propulsores elétricos no transporte.

A Daimler Trucks prevê que os custos das baterias para a produção do caminhão totalmente elétrico terão uma redução no valor atual de até 60% até o ano de 2025, passando de 500 Euros/kWh para 200 Euros/kWh.

Simultaneamente, a densidade da energia das baterias oferecidas nesse período deverá progredir 250%, crescendo de 80 Wh/kg para 200 Wh/kg.

Os segmentos que deverão se beneficiar do veículo neste primeiro momento são os ligados à logística, alimentício e coleta de lixo.

O próximo passo da Mercedes-Benz é produzir o Urban eTruck em grande escala, com a previsão de iniciar a produção em série em até três anos.

De acordo com os executivos da empresa, esta é uma tendência mundial, já que a preocupação com o meio ambiente é um fato alarmante entre as grandes corporações do mundo.

De acordo com o release oficial enviado para a imprensa, “será necessário transportar bens em ambientes urbanos, para números cada vez maiores, e com os menores níveis possíveis de emissões e ruído.

Portanto, no futuro, caminhões totalmente elétricos serão responsáveis pelo transporte diário de mercadorias e outros bens necessários em muitas regiões metropolitanas.”

Falando em tecnologia, os engenheiros da Ford falaram que o carro autônomo dá sono. Será verdade?

Veja também:

+ Documentação para conduzir carros estrangeiros

+ Venda de SUV’s cresce mundialmente