COTAR SEGURO ONLINE

Dicas para carregar o celular no carro

Dicas para carregar o celular no carro

Falar ao celular e, ao mesmo tempo, dirigir o carro não pode. Mas carregar o celular no carro, enquanto se está ao volante, pode sim! 

Como é possível fazer isso sem prejudicar o aparelho?

Nos dias de hoje, está fora de questão ficar com o celular descarregado. Por isso, um acessório que nunca pode faltar é o carregador.

A necessidade é tanta que muitas pessoas têm um carregador extra na bolsa e até no próprio carro. Assim é possível estar sempre com a bateria do celular em dia, cheinha!

Afinal, a gente sabe que nem sempre é possível sair de casa com o aparelho tinindo, com bateria em 100%. É fato também que tem muita gente usando o celular demais. Assim, mesmo saindo de casa com a bateria completa, é quase que certo que precisará de nova carga no meio do dia.

Então, uma das opções é carregar o celular no carro, garantindo aquela bateria do jeito que a gente gosta: completa ou pelo menos quase completa.

Como carregar o celular no carro sem prejudicar o aparelho?

Hoje em dia há muitas facilidades para carregar o celular. Mesmo assim, muitos têm medo de comprometer a vida útil do aparelho ao fazer esse procedimento no carro.

Mas o que é importante destacar aqui é a necessidade de usar itens de qualidade, e de boa procedência. Assim, o aparelho não é prejudicado.

Há sim acessórios que podem comprometer a vida do aparelho celular, mesmo quando são carregados em casa.

Por isso, é necessário contar sempre com itens originais e específicos para o modelo do aparelho que está sendo carregado.

Essa é só uma primeira dica de como carregar celular no carro, vamos às demais!

Acendedor de cigarro para carregar o celular no carro

Os motoristas, e mesmo os passageiros, costumam usar o acendedor de cigarro para carregar o celular no carro. Isso porque esse item costuma ter a mesma entrada do carregador.

Mas saiba que essa não é uma boa opção. O acendedor leva menos tempo para atingir uma resistência maior e isso pode sim prejudicar a bateria e o aparelho. O ideal é sempre usar a tomada 12V.

Temperatura do celular

Ok carregar o celular no carro. Mas ele não deve ficar exposto a altas temperaturas. Então, não o deixe exposto à luz do sol ou com os vidros do veículo fechados, evitando um maior aquecimento do ambiente.

Carregamento na medida

Há uma outra medida que visa levar qualidade ao carregamento do celular em um carro. Desconecte o celular do carregamento logo quando for constatado que a carga completa foi atingida.

Quanto mais tempo o aparelho ficar carregando, mais calor será gerado, fato que pode prejudicá-lo. Aliás, essa dica deve ser levada em conta até mesmo por aqueles que deixam o celular na tomada durante, por exemplo, toda a noite.

Tomada 12V

Já foi falado aqui que o ideal é carregar o celular na tomada 12V. Ela passou a ser a opção natural para muitos donos de veículos. A maioria dos novos modelos de automóveis hoje em dia não apresenta mais a saída do acendedor de cigarros. Os carros novos já trazem a tomada 12V.

Com isso, começaram a surgir dúvidas quanto à segurança do processo. Será que usar o carregador do carro pode mesmo prejudicar a bateria do aparelho?

De acordo com os especialistas do mercado, em princípio, a resposta é não. O que é essencial reforçar aqui é que essa resposta leva em conta certos cuidados importantes que devem ser tomados pelos motoristas.  O primeiro deles é o uso de acessórios de boa procedência.

Pois é, tudo o que você conferiu com a gente até agora deve ser considerado para preservar a vida útil do aparelho. Mediante as condições de cuidados mencionadas acima, ele pode sim ser carregado no carro sem qualquer ônus.

Desconfie sempre de carregadores baratos, como aqueles que são vendidos nas ruas. A qualidade da fabricação tem muita chance de ser baixa.

Um acessório desses sofre muito mais com a oscilação na corrente e pode trazer problemas para o celular e até mesmo para o veículo (queima de fusíveis e outros danos na parte elétrica).

Aliás, é válido também destacar que se deve evitar usar outras funções em paralelo, que poderão pesar demais no sistema elétrico do carro. Pois é, ligar o ar-condicionado, limpadores e até mesmo os faróis quando se está carregando o celular aumenta a chance de ocorrer uma sobrecarga. Isso pode resultar em danos mais sérios no veículo.

Porta USB

Muitos modelos de carros têm também uma porta USB no painel de controle. Essa entrada conecta os smartphones para ouvir músicas, é usada para ver as rotas apresentadas pelo aplicativo de localização Waze e, até mesmo, carrega o aparelho celular.

A questão aqui é que, mesmo que você não esteja usando nenhuma funcionalidade do celular, ao fazer o carregamento da bateria através dessa porta USB, a carga recebida é muito pequena.

Isso ocorre pois o sistema elétrico do carro, que é formado basicamente pela bateria e pelo alternador, não tem como prioridade gerar energia para uma porta USB.

A bateria está ali para alimentar sistemas eletrônicos, como faróis, quando o veículo não está ligado. Também é o item que tem a nobre responsabilidade de movimentar o motor de arranque e alimentar o sistema de injeção eletrônica quando o carro está em funcionamento.

O alternador converte energia cinética em elétrica. Desta forma, ele recarrega a bateria e também alimenta sistemas elétricos quando o carro está em funcionamento.

Todos esses detalhes técnicos servem para explicar que a corrente de energia é muito baixa em portas USB. Essas portas têm uma função destinada, prioritariamente, à conexão dos celulares com os sistemas de entretenimento do carro e não com a recarga dos mesmos.

Há modelos de veículos que também contam com entradas nas áreas dos passageiros, mas a corrente de energia também é pequena.

A boa notícia é que é possível obter uma boa carga para o aparelho celular quando se conta com um carregador especial. Ele pode ser comprado à parte e é conectado ao acendedor de cigarro – ou no lugar em que o acendedor de cigarro costumava ficar. 

Estes carregadores têm a capacidade de puxar uma corrente maior do veículo, carregando o celular mais rapidamente.

Dirigir sem falar ao celular

Aproveitando que estamos no início de um novo ano, a Bidu não perde a chance de reforçar um assunto que diz respeito ao universo do celular e do carro.

Nunca é demais dizer que a maior parte dos acidentes registrados nas ruas e estradas do Brasil tem como causa a distração de motoristas que dirigem e falam ao celular ao mesmo tempo.

Portanto, não use o celular enquanto você está dirigindo! Mais do que evitar multas, você estará salvando vidas – incluindo a sua própria!

Última atualização em 05/02/2020