Categoria de CNH: conheça mais sobre as opções

Imagem de moto e carro para ilustrar texto sobre categoria de CNH

Categoria de CNH: conheça mais sobre as opções

Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ou apenas “carta” ou “carteira de motorista”, em algumas regiões. O que importa mesmo é existem cinco tipo de categoria de CNH. Cada uma delas capacita e habilita o motorista para dirigir determinado modelo de veículo, como motos, carros ou até caminhões e veículos pesados.

Imagem de moto e carro para ilustrar texto sobre categoria de CNH

É essencial ter a habilitação correta para a categoria de veículo que você vai dirigir.

Conheça melhor quais são as categorias de CNH, quais as diferenças entre elas e quais exames são necessários para ter a habilitação desejada.

Categoria de CNH

CNH tipo A

O primeiro tipo de CNH é a categoria A. Para o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), essa categoria de CNH habilita os motoristas a dirigirem veículos com motor, com ou sem carro lateral e com duas ou até três rodas. Entre esses veículos estão as as motocicletas, triciclos e motonetas.

Para conseguir acesso a categoria “A”, você não precisa ter experiência ou formação em outra categoria. Você já pode obter a CNH tipo A no seu primeiro processo para motorista.

Procure uma autoescola e informe-se sobre o passo a passo e as provas teóricas e práticas.

CNH tipo B

A categoria tipo B contempla a habilitação para conduzir veículos motorizados, que não sejam do tipo da categoria A. Os veículos devem ter lotação de até oito passageiros, além do motorista, e devem ter peso bruto inferior a 3.500 kg.

Ou seja, essa é a categoria de CNH é a mais comum. Isso porque inclui os automóveis, as caminhonetes, utilitários e até reboques, desde que qualquer uma das opções não fuja das regras e limites descritos anteriormente.

Você pode tirar a CNH B junto com a opção da categoria A, deixando a sua habilitação aberta também para veículos de duas ou três rodas, como comentamos.

Além disso, em 2011, uma nova lei ofertou aos motoristas de CNH A mais alguns direitos. Eles podem, também, dirigir motor-homes e trailers, que não ultrapassem o limite de até oito lugares, sem contar o motorista, e que tenham até 6.000 kg.

Essa medida pode ser considerada muito positiva quando consideramos que nos dias de hoje, muitas pessoas utilizam os seus veículos como meio de sustento e trabalho.

Para conseguir a carteira tipo A, não é necessário ter experiência anterior. Você pode, assim como a categoria B, fazer a autoescola e os exames sem qualquer exigência prévia.

CNH tipo C

Agora, a partir da categoria C, você não irá conseguir ter a habilitação sem uma experiência prévia comprovada. Há alguns requisitos necessários, que vamos listar aqui. Eles são fundamentais para continuar com o processo.

Com a categoria de CNH C você será capaz de conduzir veículos de transporte de carga. Eles podem ter peso acima de 3.500 kg, como caminhões, tratores e até veículos com ocupação agrícola.

Para a categoria de CNH C, você precisará ter, no mínimo, experiência de um ano com a CNH do tipo B, e sem qualquer infração grave ou gravíssima no último ano. Além disso, certifique-se de que você não cometeu nenhuma reincidência em infrações consideradas médias.

Então, para ter a CNH tipo C, você precisa ter a categoria B e também um bom perfil como motorista.

CNH tipo D

Para quem quer ou precisa dirigir micro ônibus ou ônibus, a categoria de CNH D é a responsável por te habilitar. Para conseguir esse título e poder guiar veículos com mais de oito passageiros, além do motorista, você precisa ter a permissão de conduzir todos os veículos das categorias B e C.

Vale destacar, que a CNH categoria D não é permitida para menores de 21 anos. É necessário que o motorista tenha, no mínimo, dois anos de habilitação na categoria B ou, pelo menos, um ano na tipo C.

CNH tipo E

Essa é a última categoria de CNH e é considerada a habilitação que te permite conduzir veículos de combinação. Ou seja, aqueles que carregam um outro móvel, junto ao veículo principal, como caminhões guincho, por exemplo.

Para essa categoria, o motorista deve se encaixar também nas categorias B, C ou D, dependendo da unidade tratora. A parte que fica acoplada deverá exceder a lotação de oito pessoas, além do motorista, e o peso de 6.000 kg. Sem essas necessidades, não há porque ter uma carteira na categoria E.

O que é necessário para mudar de categoria?

Para mudar de categoria de CNH você deverá apresentar:

  • Comprovante de residência atual, que seja datado de pelo menos três meses. Considere apenas contas de água, luz ou telefone;
  • Para começar os cursos necessários e fazer os exames, apresente-se na autoescola com os documentos;
  • Pode ser necessário a avaliação de um psicólogo credenciado do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) da sua cidade, para exame psicotécnico;
  • Exame médico: será exigido esse exame que deve ser realizado pela equipe médica do DETRAN;
  • Curso Prático de Direção Veicular. A carga é de 15 horas, sendo 50 minuto para cada aula, e realização de, no máximo, duas aulas por dia. Você deverá cumprir o curso ministrado pelos profissionais da autoescola;
  • Prova de Direção Veicular. É aplicada em pátio ou em vias públicas. Para o teste final, assim como foi na realização das demais categorias, você deverá mostrar os seus conhecimentos práticos para essa nova modalidade.

Por que devo me preocupar com a categoria da minha CNH?

Porque é um erro gravíssimo conduzir um veículo para o qual não está habilitado. E, caso você seja surpreendido por uma fiscalização, em condição irregular, o veículo será apreendido e a sua CNH recolhida.

Por isso, avalie bem qual categoria é importante para as suas atividades, seja profissional ou de lazer, antes de investir o seu tempo e dinheiro em um curso na autoescola. E nunca se esqueça que o seu perfil como motorista poderá influenciar não só o seu dia a dia, como também mais a frente em uma possível mudança de CNH.

 

 

Última atualização em 15/04/2019