Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

CNH vencida: O que você precisa saber para não perder o prazo

Imagem de motorista dirigindo para ilustrar post sobre CNH vencida

CNH vencida: O que você precisa saber para não perder o prazo

Motoristas sempre se preocupam com a tarefa de renovar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Mas você sabe exatamente o que fazer com a sua CNH vencida? Existem muitos mitos na internet de como fazer a renovação. Mas nós vamos esclarecer as principais dúvidas e os afazeres para essa demanda.

Prazo de validade

Assim como outros documentos, a sua CNH tem prazo de validade. Esse prazo é de cinco anos para condutores de até 65 anos e de três anos para os motoristas acima dessa idade.

É possível continuar dirigindo sem punição por até 30 dias após o vencimento da sua CNH. Depois desse período, a infração é considerada gravíssima e tem como consequência a perda de sete pontos na carteira. E o pagamento de multa no valor de R$ 191,54.

Renovando a CNH vencida

Você pode agendar a renovação da CNH com 30 dias de antecedência no Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) ou nos postos do Poupatempo da sua cidade.

Em caso de viagem ou compromissos fora do seu local, é permitido apresentar o documento comprobatório, como passagem e reserva de hotel, para solicitar a antecipação desse processo.

Veja abaixo o passo a passo de como você deve fazer para renovar a sua CNH vencida:

Agendamento

Pelo portal na internet do DETRAN você consegue agendar data e horário do seu atendimento no posto mais próximo e imprimir o protocolo desse agendamento. Nessa oportunidade, você irá tirar nova foto e registrar digitais e assinatura.

Documentação necessária (original e cópia):

  • CNH ou RG e CPF;
  • Comprovante de residência de até três meses;

(Fique atento, só serão aceitas contas referentes a luz, telefone, água, gás, IPTU, correspondências de órgãos municipais, estaduais e federais e contas de instituições financeiras privadas e públicas)

  • Comprovante do pagamento da taxa de emissão da CNH (R$ 38,86).

Curso e Prova Teórica

Se você se habilitou antes de 22 de janeiro de 1998 será necessário fazer um curso de atualização de 15 horas, nos Centros de Formação de Condutores (CFC). Esse curso é focado nos temas legislação, direção defensiva e primeiros socorros.

Ou, se preferir, há a possibilidade de estudar por conta própria e optar por realizar uma prova teórica com 30 questões. Ela é aplicada gratuitamente em uma unidade do DETRAN. A aprovação se dá a partir de 70% de acertos.

Após a conclusão do curso ou da aprovação na prova, o condutor poderá agendar o exame médico físico e psicológico.

Exame Médico

Há uma lista disponível no site do DETRAN dos profissionais de saúde habilitados para realizar o exame médico físico. Esse mesmo profissional poderá indicar o motorista para uma avaliação psicológica com um médico credenciado da rede.

Para motoristas habilitados nas categorias C, D ou E, além do exame médico físico e psicológico, é obrigatório à realização de exame toxicológico.

Prazos

Nas capitais, o prazo de entrega da CNH vencida é de até três dias úteis e pode ser feita no DETRAN. Ou nos postos do Poupatempo onde foi feita a solicitação e a entrega dos documentos e exames aprovados.

Taxas e valores

A taxa de emissão da nova CNH tem custo de R$ 38,86. O valor deverá ser pago nas instituições financeiras oficiais, no caso, Banco do Brasil, Bradesco e Santander.

Caso o condutor não esteja mais em seu local de origem da emissão da CNH, ele poderá solicitar a transferência mediante pagamento de taxa de R$ 77,72.

Para o exame médico, o motorista deverá desembolsar o valor de R$ 77,72. E para o teste psicológico a quantia de R$ 90,67, que é paga diretamente ao profissional de saúde.

Caso você prefira receber sua nova CNH em casa é cobrada a taxa de R$ 11 pela entrega que é feita em até sete dias úteis.

CNH provisória

Os motoristas novatos devem solicitar a sua carteira definitiva após a expiração do prazo de validade da provisória. O serviço também está disponível no DETRAN e possui taxa de emissão no valor de R$ 109,67. O interessado deverá reunir documentos originais e cópias simples do RG, CPF, CNH provisória vencida, comprovante de endereço e Boletim de Ocorrência ou Declaração de Extravio.  

Saiba mais sobre a sua CNH:

Condutores com CNH provisória têm cobertura no seguro auto?

CNH suspensa: e agora?

Como funciona a CNH Digital?

+ Como funciona a permissão internacional para dirigir