COTAR SEGURO ONLINE

Como funciona a Cobertura contra Incêndio no Seguro Auto?

Como funciona a Cobertura contra Incêndio no Seguro Auto?

Mesmo para os motoristas que dirigem de forma precavida e com segurança, há momentos que não têm como prever o que pode acontecer. Um incêndio, por exemplo, é uma situação alarmante e um tanto desesperadora para lidar. Já pensou? Melhor nem imaginar, mas, convenhamos, não se deve dar bobeira para o azar. Neste caso, vale descobrir como funciona a cobertura contra incêndio no seguro auto. Você não sabe? É o tema de nosso artigo, acompanhe! 

Cotação Online de Seguro Auto

A Cobertura contra Incêndio no Seguro Auto cobre o quê? 

Na prática, a cobertura contra incêndio no seguro auto serve para os casos que o carro for atingido pelo fogo e sofrer algum sinistro. Isto vale para certas ocasiões, como problemas mecânicos que levem a um curto-circuito, explosões acidentais ou causas externas, exemplo de raios.    

Todos os estragos serão avaliados pela seguradora a fim de descobrir o quanto o fogo se alastrou no veículo. Para isso, existe uma regra nessa cobertura: o seguro cobre o conserto do automóvel se o custo do reparo não superar em 75% o valor do carro. 

Passou disso? É simples: se o gasto do conserto é igual ou acima dos 75% do valor do carro, julga-se como perda total. Ao menos, é garantido ao segurado a indenização completa do valor do automóvel. Lembrando: os dados são baseados de acordo com a Tabela FIPE

Incêndio criminoso é coberto?

Esta é uma dúvida um tanto comum quando falamos de cobertura contra incêndio no seguro auto. Será que o incêndio criminoso está coberto? A resposta é… não. A cobertura se baseia em situações que sejam configuradas como acidentes (falha mecânica, inclusive), independente se o causador do fogo seja ou não o proprietário do veículo. 

Já um incêndio criminoso, na verdade, pode ser interpretado de diferentes maneiras. Sejam atos de vandalismo, como perturbação da ordem pública, atos ilícitos dolosos ou que gerem culpa grave, seja do segurado, de algum beneficiário ou de seu representante em momentos extremos, como atos de terrorismo ou de guerra. 

Em nenhum dos exemplos citados, a cobertura contra incêndio no seguro auto pode ser acionada pelo segurado. Por isso, fique ligado: a cobertura é usada somente em casos caracterizados como acidentes. 

Quais são os tipos de Cobertura contra Incêndio no Seguro Auto? 

Há dois tipos de cobertura contra incêndio no seguro auto: a simples e compreensiva. A simples, a mais básica entre as coberturas, oferece indenização não somente para incêndios, mas também a roubos ou furto total. É uma boa alternativa, aliás, para quem procura uma cobertura mais em conta pensando em aliviar o bolso. 

Já a compreensiva é mais completa. Além de cobrir tudo o que está na simples, assegura indenizar o segurado nos casos que houver colisão do veículo, como os acidentes de trânsito

Como toda cobertura, ambas devem ser adquiridas à parte do seguro. 

Conheça a cobertura de terceiros

Por que é importante ter Cobertura contra Incêndio no Seguro Auto?

Sem dúvida, a cobertura contra incêndio no seguro auto é uma espécie de proteção para o segurado ficar sossegado com o enorme prejuízo que pode surgir pelos danos no veículo. Fora que não tem como prever quando isso pode acontecer, né? É uma forma de evitar ser pego desprevenido. 

Isso sem levar em consideração que, a depender do tamanho da avaria, os gastos podem ser equivalentes a comprar um novo automóvel

Tem mais: em situações de incêndio, não é necessário o pagamento de franquia nessa cobertura. Sim, isso mesmo: não precisará abrir o bolso além do já pago pela cobertura. É claro: tem aquela regrinha básica do custo do reparo não ultrapassar 75% do valor do carro, acima disso, é considerado perda total, não esqueça. 

Com isso, vale a pena garantir a cobertura contra incêndio no seguro auto. Ela é muito benéfica para quem busca se precaver e impede gastos extras, o que costuma acontecer quando não estamos preparados. O seu bolso, agradece.  

Dica: fique atento às condições disponibilizadas pela cobertura contratada, uma vez que pode variar ocasiões de sinistros entre seguradoras. 

O que fazer ao ver o carro pegando fogo?

Notou que o seu carro está pegando fogo? Não queira ser herói: pare o veículo, saia imediatamente e se afaste do incêndio. Ligue para o 193 e aguarde a chegada do Corpo de Bombeiros. Depois, acione o guincho e avise a seguradora sobre o ocorrido. 

Vale, por exemplo, tirar várias fotos do automóvel e, em um segundo momento, faça um boletim de ocorrência numa delegacia. Tudo documentado, leve o carro numa das oficinas credenciadas pela seguradora. A partir de então, a seguradora fará uma avaliação do sinistro e decidirá pela aprovação do reparo. Caso esteja tudo certo, é só aguardar o conserto na oficina.  

Ok, agora você já está por dentro sobre a cobertura contra incêndio no seguro auto, mas que tal saber sobre o seguro de carros também? Cotar seguro auto é rápido e fácil, faça já uma simulação de seguro auto! 

Última atualização em 26/02/2020