O que eu faço se baterem no meu carro?

imagem de carro batido para texto sobre: bateram no meu carro, o que fazer?

O que eu faço se baterem no meu carro?

Acidentes acontecem e no trânsito esse assunto é praticamente recorrente. Seja por um simples descuido ou por total imprudência, ninguém está livre de acontecer, seja por culpa própria ou de terceiros. E você, motorista, deve estar se perguntando: bateram no meu carro, o que eu faço?

Parece uma resposta simples, mas muitas pessoas ainda tem dúvidas como essa. Por isso, fizemos um guia para você saber exatamente como proceder nesses casos. 

Cotação online de Seguro Auto

Bateram no meu carro: o que fazer?

Em primeiro lugar, você deve aproveitar que a tecnologia está a nosso favor e deve fazer os registros referentes a batida. Tire fotos, com o seu celular, da placa do outro veículo, das condições em que os carros ficaram. Faça também registros mais gerais, que comprovem sobre a via em que ocorreu o acidente. 

Depois, cheque os dados do outro condutor, como nome e telefone. Assim dá para conferir, a partir das informações da placa do veículo, se o motorista é de fato o dono do carro em que houve a colisão.  

No calor do momento pode ser que outras medidas sejam antecipadas, como vamos ver mais para frente. Porém, é interessante que você não se esqueça de seguir essas etapas de conhecimento do condutor que bateu no seu carro.

Com essas informações você já pode abrir o boletim de ocorrência, também chamado de BO. Você pode fazer isso pela internet no site da polícia civil, na seção comunicação de ocorrência. Mas, lembre-se, mesmo que você faça isso pela internet, será necessário ir até um posto militar para fazer a checagem de todas as informações e do seu veículo. 

Caso o acidente tenha envolvido algum dano físico, chame o socorro e também a polícia para ajudá-lo a tomar as medidas necessárias. 

Seguro Auto: uma ótima ajuda quando baterem no seu carro

Caso você tenha seguro de carro, muita coisa pode te ajudar em caso de incidentes. Principalmente se você é o responsável pelo acidente e possui a cobertura com RCF-V (Responsabilidade Civil Facultativo de Veículos). E o mesmo vale quando baterem no seu carro.

Isso acontece pois, com essa categoria de seguro, os danos passam a ser responsabilidade da seguradora e não apenas do condutor do veículo.

Os danos cobertos pela cobertura de RCF-V são divididos em três:

Danos materiais

Indeniza por danos materiais causados a terceiros decorrente ao acidente de trânsito. Por exemplo uma colisão que quebrou o retrovisor ou amassou o parachoque.

Danos morais

Você garante indenização decorrente a processos judiciais ou extrajudiciais que o segurado é obrigado a pagar decorrente a danos morais e estéticos causados à terceiros no acidente.

Danos pessoais ou corporais

Indenização para lesões físicas de terceiros causados pelo acidente, podendo ser morte e/ou invalidez ou despesas médicas e hospitalares.

Ou seja, vale muito a pena que os motoristas façam a aquisição desse adicional de cobertura em seu seguro de carro. Afinal, você estará protegido de problemas que podem ser ainda mais sérios envolvendo outras pessoas. 

Bateram no meu carro e não querem pagar ou fugiram, o que fazer?

Nem todo mundo age de maneira correta e coerente em ocasiões como essa. Infelizmente, pode acontecer de baterem no seu carro e fugirem do local, sem prestar qualquer assistência.

Para esses casos, o melhor é não perder a cabeça e começar a agir. Se você conseguiu fazer o registro de placa, como mencionamos no início, você pode fazer uma carta registrada em cartório e notificar o motorista extrajudicialmente. 

Se ele ainda assim não aceitar um acordo amigável, infelizmente, o caso precisará ser levado como um processo civil. 

No situação de fuga, você precisará acionar o seu seguro e entender como proceder nesse caso de sinistro

Há seguradoras que podem te isentar do pagamento de qualquer quantia, a partir da comprovação que não houve qualquer envolvimento do segurado na questão do acidente. 

Seguro de carro: sobre sinistros

Quando você pensa em acidentes de trânsito, vem logo em mente a palavra, muito usada nesse segmento de seguros: sinistro. Mas, afinal, o que tem a ver baterem no seu carro com sinistro?

O sinistro está previsto no contrato de um seguro. É tudo aquilo que acontece de maneira natureza súbita, involuntária e imprevista. Isso significa acidentes de trânsito, roubo ou furto, incêndio acidental, que envolva o veículo do segurado.

Então, quando alguém bate no seu carro, um sinistro ocorre. Apesar disso, vale lembrar que os seguros podem cobrir parcialmente ou totalmente um dano causado em um acidente. 

Se na batida o seu carro teve até 75% de danos materiais, isso significa que foi um sinistro parcial. Caso seja superior a isso você teve uma perda integral, ou o famoso termo “PT”.

Essa avaliação precisa ser realizada pela seguradora do veículo. A cobertura depende do que foi contratado e também da natureza do acidente. As seguradoras são obrigadas a avaliar, em até 30 dias, cada caso para entender em que patamar você se encaixa. 

Ao passar por uma situação de sinistro você deverá avaliar junto a seguradora, dentro do prazo que mencionamos, o seguinte: 

  • Apuração de danos. A causa, natureza e extensão das avarias por meio de vistorias, registros policiais e outras possíveis informações adicionais;
  • Regularização: em que se realiza a análise do evento, definindo se ele está realmente coberto ou não;
  • Liquidação: a etapa em que é feito o pagamento da indenização, ou encerra-se o processo sem o reembolso das despesas.

Vale lembrar que deve-se avaliar se o acidente foi realmente relevante para acionar a seguradora. Há casos em que arcar com os custos próprios pode ser mais vantajoso do que pagar o custo da franquia. Então, esteja atento.

O Seguro de carro vale a pena?

Sem dúvidas. Se todos os condutores tivessem a possibilidade de ter um seguro de carro, muitas dores de cabeça poderiam ser evitadas. Isso inclusive quando você não é o culpado pela situação. 

Quando baterem no seu carro, lembre-se que o seguro o deixará mais tranquilo e protegido para situações adversas como essas que relatamos aqui. Além disso, você pode garantir que problemas não aconteçam a terceiros. 

O seguro de carro é uma opção que resolve não só prejuízos próprios e materiais, como também ajuda a resolver diversas situações indesejáveis no trânsito. Faça uma cotação rápida aqui na Bidu e tenha a sua apólice.

 Última atualização em 04/02/2020