Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como dirigir pela primeira vez?

Como dirigir pela primeira vez?

Como dirigir pela primeira vez?

Uma das sensações mais comuns entre pessoas que estão prestes a dirigir pela primeira vez é a de que nunca irão conseguir coordenar a atenção ao trânsito. E aí, como dirigir pela primeira vez?

O manejo do volante, junto com embreagem e câmbio ao mesmo tempo – por isso muitas pessoas preferem o câmbio automático. A experiência de conduzir um carro pela primeira vez não precisa ser esse bicho de sete cabeças. Ter as orientações corretas neste momento pode fazer toda a diferença.

Dirigir é um ato social. Muito além de se locomover pela cidade e ir onde quer na hora que deseja, o ato de transitar com um veículo é também um exercício de colaboração e cidadania, já que é preciso pensar no outro enquanto se está ao volante. E não é à toa que o trânsito se transformou em uma arma: muitos se esquecem de praticar a empatia e acabam se tornando motoristas imprudentes e perigosos.

Mas, se você quiser começar bem a sua relação com o trânsito e com seu carro, leia as nossas dicas abaixo. Elas irão ajudar você a ter mais confiança e a dirigir de forma mais segura.

Ajustes

Antes de dar partida no carro, ajuste os retrovisores e banco. Os espelhos laterais deverão refletir os corredores à sua direita e esquerda, sem pegar a traseira do carro e evitando os pontos cegos. O banco deverá estar numa posição que permita ao condutor trabalhar com os pés nos pedais sem esticar muito as pernas e sem que elas estejam muito encolhidas. Quando seus joelhos estiverem levemente flexionados, você encontrará a melhor posição. Afivele seu cinto de segurança.

Seta

Ao ligar a chave, a primeira coisa que deve-se fazer é acionar a seta. Ela deverá ser utilizada quando for fazer qualquer manobra: sair, entrar, estacionar, dar ré, etc.

Freio de mão

O freio de mão é um item de segurança e garante que suas manobras sejam feitas em terrenos inclinados sem preocupações. É ele quem mantem o carro parado quando está desligado. Desça-o quando quiser sair.

Engatando

Engate a primeira marcha. Vá soltando delicadamente o pé da embreagem enquanto vai acionando o acelerador. Treine até que o carro pare de morrer.

Na pista

Ao sair com o carro, desligue a seta (caso ela não seja desativada automaticamente) e engate a segunda marcha. Conforme for aumentando a velocidade, parta para a terceira, quarta e quinta marchas. Ao diminuir a velocidade, não se esqueça de reduzir a marcha também.

Freando

À primeira necessidade de frear, pise primeiro na embreagem até o fundo e depois no freio, suavemente. Com o carro parado, coloque a marcha em ponto morto. Quando estiver entrando em uma curva, freie ao chegar e acelere levemente ao sair dela.

Medo de dirigir: como lidar?

É comum também que muitas pessoas sintam medo de dirigir. Ao primeiro sinal de pânico no trânsito, dê a seta e estacione em um local seguro e permitido como acostamentos e guias liberadas. Faça respirações profundas e tente pensar nas razões desse medo, de onde elas podem vir e o que você pretende fazer com elas.

Se o pânico passar para um estágio avançado e que fuja do seu controle, procure por um psicólogo.

Preste atenção no comportamento dos carros a sua volta

Manter a atenção multifocal é o segredo para uma boa direção. Enquanto você se concentra em suas tarefas dentro do veículo, tente manter conexão com os outros carros. Veja se estão freando constantemente (indicando buracos e outros obstáculos), se dão luz alta em você (se você está obstruindo a passagem deles), se dirigem de forma imprudente (para sair de perto). Com o tempo, sua direção estará mais intuitiva e confiável. Não deixe de praticar e de rever seus possíveis erros.

Não esqueça o cinto de segurança sempre que entrar no carro e faça ótimas viagens! Além disso, contrate um seguro auto. No começo, pela falta de experiência, é comum passar por alguns apuros. E o seguro pode te ajudar nessas situações.

Conheça mais sobre o seu carro: significado das letras do câmbio automático.