Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Como reparar danos causados pelo granizo

Saiba tudo sobre danos causados pelo granizo

Como reparar danos causados pelo granizo

Você já foi criança um dia e, dependendo da região onde viveu, já brincou com granizo. Aquelas pequenas pedras de gelo às vezes transformavam uma tarde fria em diversão com os amigos. Mas quando você é adulto e tem uma casa e um carro, a preocupação passa a ser com os danos causados pelo granizo às partes da casa ou à lataria do carro.

Além disso, se essas pedras de gelo causarem danos ao seu carro, o seguro vai cobrir? É possível cobrir danos causados pelo granizo no carro?

Nas coberturas mais abrangentes de planos, geralmente há cobertura para tempestade e granizo. Todavia, o processo costuma levar um tempo, sobretudo se o usuário demora para apresentar reinvindicação.

Para arrumar a superfície danificada são necessárias ferramentas especiais e profissionais experientes, a fim de que seu carro não fique pior do que antes. Se o trabalho não for bem feito, podem surgir furos no metal ou uma aparência de “espinhas” na pintura, com uma superfície mais grossa.

O mais comum é a chamada técnica “martelinho de ouro”, técnica de funilaria para consertar a lataria. Dependendo do estrago, talvez seja necessário pintar também. Há quem tente diversas técnicas de remoção de dentes de granizo. Há alguns relatos na internet de pessoas que tentaram o aquecimento com um secador de cabelo, mas nada funcionou tão bem. Seja qual for a tentativa de fazer sem ajuda de profissionais, não dá para esperar perfeição.

No Brasil, tempestades de granizo não são tão frequentes. Os danos causados pelo granizo não são tão graves, mas podem fazer um bom estrago. Nos Estados Unidos, para ter uma ideia, a associação Rocky Mountains Insurance Information Association estimou mais de 150.000 reinvindicações de seguro de carro relacionadas às chuvas de granizo.  Em Denver, nos Estados Unidos, essas pedras de gelo podem até eliminar para-brisas e sensores.

Por aqui é um pouco mais tranquilo. Os danos causados pelo granizo costumam ser piores quando as pedras são grandes. Geralmente, quando é do tamanho de uma bola de golfe pelo menos, segundo informações da associação de Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (NOAA).

Mesmo assim, no Brasil, a maioria das seguradoras cobrem esse tipo de dano. O que é um alívio pois, caso contrário, o motorista deve se preparar para desembolsar pelo menos uns R$ 4.500,00.

Em caso de chuva de granizo, o recomendado é buscar uma proteção para o carro, ou seja, tentar parar em algum local com cobertura para proteger o teto. Para fugir de verdade dessas situações, você ainda pode baixar alguns aplicativos, como o “Granizo Alertas”, que envia mensagens quando identifica chances de chuva de granizo.

Assim fica mais fácil, não é?

Para proteger seu carro contra os danos causados pelo granizo, contrate um Seguro Auto! Com a Bidu você faz uma cotação online e escolhe o seguro que melhor se encaixa ao seu estilo.