Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Cuidados para dirigir na neve

Cuidados para dirigir na neve

Cuidados para dirigir na neve

As férias estão chegando e você quer fugir do calor do Brasil e ir para um país gelado, de preferência com bastante neve.  Você comprou as passagens, reservou a hospedagem e está pronto para viajar! Mas uma dúvida surge: como irá se locomover durante a viagem? Optar pelos transportes públicos, pegar táxis ou alugar um carro? É importante analisar bem as possibilidades e escolher a que melhor se adéqua às suas necessidades e ao seu bolso.

Se você optar pela terceira opção (escolher dirigir um carro durante o passeio), não é só o isolamento térmico do seu carro que você deve levar em consideração. Lembre-se que dirigir na neve não é como dirigir em condições normais. Os brasileiros não estão acostumados com pistas cobertas com neve e temperaturas abaixo de zero, por isso é necessário conhecer alguns truques sobre dirigir nessas condições antes de pegar o carro. Conduzir na neve exige cuidados especiais com o carro e atenção redobrada do motorista, pois a pista fica mais escorregadia e as chances de acidente aumentam.

Os cuidados começam com a manutenção do carro. É preciso verificar a bateria, nível do óleo, freios, radiador, faróis e lanternas. O sistema de ignição também precisa estar em ordem e a calibragem dos pneus devem ser verificadas com menor frequência.

Se você pretende dirigir na neve, é recomendável trocar os quatro pneus comuns por modelos especiais para isso. Eles têm as letras M e S (“mud” e “snow”, ou “lama” e “neve”) e possuem mais aderência, permitindo melhor dirigibilidade na neve e em pistas com gelo. Você também pode usar pneus protegidos por correntes que são ainda mais aderentes. Um aviso importante é nunca misturar os pneus comuns com pneus de neve, por exemplo, colocar os de neve na frente e atrás o comum. Isso pode desestabilizar o carro e prejudicar a capacidade de dirigir.

Colocar corrente no pneu é o mais indicado para quem vai dirigir na neve

Colocar corrente no pneu é o mais indicado para quem vai dirigir na neve

Quando for ligar o carro, limpe o excesso de neve que estiver no teto, capô e vidros. Antes de sair com o veículo desembace os vidros para melhorar a visibilidade – ligar o ar condicionado pode ajudar com isso. Quando já estiver dirigindo ligue os faróis e as lanternas: nessas condições, é essencial os outros motoristas conseguirem te enxergar. E não se esqueça de manter uma distância maior do carro da frente, já que a pista estará mais escorregadia e o tempo para brecar o carro será maior.

Atolei e agora?

Se você ficar com o carro atolado na neve tente manter a calma. Fique dentro do carro e ligue para o socorro (por isso tenha sempre um celular carregado com você). Abra as janelas para ventilar e mantenha-se bem agasalhado enquanto o resgate não chega. Nessa situação, ficar nervoso e agir por medo só irá piorar, ainda mais para quem não está acostumado com a situação.

O que você deve carregar no carro

Para dirigir na neve, você deve levar algumas ferramentas que podem ser úteis. Confira:

– Raspador de gelo, caso seja necessário tirar o gelo da pista ou do veículo.

– Cabos para fazer “chupeta” na bateria (Não sabe como fazer chupeta? Aprenda aqui).

– Pá, para tirar o gelo da pista.

– Sinalizadores, caso você fique atolado os outros motoristas conseguirão visualizar.

– Areia ou cascalho para ajudar na tração.

– Fluído Anticongelante de combustível, assim seu combustível não irá congelar.
Dirigir na neve é um desafio, mas será uma experiência única. Mantenha a calma, tome os cuidados necessários e aproveite a viagem 🙂 E não esqueça de conferir se está coberto por um seguro viagem e, claro, não deixe de fazer uma cotação de seguro auto.