COTAR SEGURO ONLINE

Quais são os destaques de carros em 2019?

Quais são os destaques de carros em 2019?

2019 foi um ano e tanto. As principais montadoras escolheram o ano de 2019 para mexer em seus best-sellers. Por isso, vale a pena falarmos um pouco sobre quais são os destaques de carros em 2019.  

Ninguém menos do que Chevrolet Onix e Hyundai HB20 – primeiro e segundo veículos mais vendidos no Brasil e Toyota Corolla, líder entre os sedãs médios, foram completamente renovados ao longo do ano. 

E não foi só. A Volkswagen finalmente entrou no segmento dos SUVs compactos com o T-Cross. Estes foram os principais destaques de carros em 2019.

Cotação online de Seguro Auto

Destaques de carros em 2019

T-Cross

A Volkswagen demorou, mas fez sua estreia no segmento mais concorrido do mercado brasileiro. Coube ao T-Cross, construído sobre a plataforma do sedã Virtus, a missão de encarar uma turma  de concorrentes. Entre eles estão Chevrolet Tracker, Citroën C4 Cactus, Ford EcoSport, Jeep Renegade, Honda HR-V, Hyundai Creta, Mitsubishi ASX, Nissan Kicks, Peugeot 2008 e, ufa, Renault Captur!

O T-Cross também herdou dos irmãos o bom e econômico motor 1.0 TSI, com três cilindros, turbocompressor, 128 cv de potência e 20,4 mkgf de torque máximo. E, como novidade, adotou o também turbinado 1.4 TSI de quatro cilindros, 150 cv e 25,5 mkgf. Ambos têm câmbio automático de seis marchas, porém só o menos potente tem opção de câmbio manual na versão de entrada.

São três versões e quatro configurações possíveis. A versão de entrada chama apenas T-Cross e custa R$ 84.990 com câmbio manual e R$ 94.490 com câmbio automático. Logo acima vem o T-Cross Comfortline, por R$ 99.990, sempre com câmbio automático. O trio usa motor 1.0 TSI. Por fim, o T-Cross Highline vem com motor 1.4 TSI e sai por R$ 109.990.

A tacada da Volkswagen foi certeira. Em oito meses, o T-Cross se consolidou no mercado e fechou o mês de novembro como o SUV mais vendido do Brasil. Isso faz dele um dos destaques de carros em 2019.

Corolla

O ano de 2019 também trouxe a renovação completa do Corolla, líder do segmento dos sedãs médios. 

A Toyota mostrou que pretende se perpetuar em primeiro lugar e fez uma renovação profunda. O Corolla passou a usar a mesma plataforma do Prius, o que lhe permitiu a adoção de propulsão híbrida (motor a combustão combinado com elétrico). E não é só: o Corolla tornou-se o primeiro híbrido flex do mundo.

A propulsão híbrida do Corolla Hybrid combina um motor 1.8 de ciclo Atkinson com dois propulsores elétricos. Sozinho, o motor a combustão rende 98 cv de potência com gasolina e 101 cv com etanol. O torque máximo é sempre o mesmo: 14,5 mkgf. Os dois motores elétricos desenvolvem 72 cv e 16,6 mkgf de torque. A potência combinada é de 123 cv. Com três meses de fila de espera, a versão é um dos destaques de carros em 2019.

Os nomes das versões do novo Corolla são os mesmos da geração anterior. A de entrada é a GLi, agora com motor 2.0 e preço de R$ 99.990. Em seguida vem a XEi, com o mesmo motor e custando R$ 110.990. A topo é a Altis, que pode vir com motor 2.0 ou 1.8 Hybrid (R$ 124.990) e o pacote Premium, que acrescenta teto-solar, entre outros itens exclusivos.

Onix e HB20

Os rivais Chevrolet Onix e Hyundai HB20 foram lançados juntos em 2012 e também estão juntos agora entre os destaques de carros em 2019. 

O primeiro tinha como missão substituir Celta, Corsa e Agile ao mesmo tempo. O segundo era um projeto exclusivo para o Brasil e a estreia da Hyundai no segmento dos compactos. Sete anos depois, o Onix é o carro mais vendido disparado e, o HB20, o vice-líder disputando carro a carro com o Ford Ka.

Concorrência se mexeu

Mesmo confortáveis na liderança, General Motors e Hyundai viram com atenção as chegadas de modelos totalmente novos como Fiat Argo e Cronos, Toyota Yaris hatch e sedã, além da dupla da Volkswagen, Polo e Virtus. Chegava a hora de uma renovação completa.

O Onix foi o que recebeu as mudanças mais profundas. Ganhou uma nova plataforma, um design que não lembra nada o anterior, uma inédita família de motores e a versão sedã Plus para o lugar do Prisma. A geração anterior foi mantida em linha, porém rebatizada Joy e Joy Plus.

Já o HB20 manteve a plataforma da primeira geração, porém com importantes evoluções em termos de segurança e rigidez. Polêmico, seu desenho foi inspirado nos novos Elantra e Sonata, dividiu opiniões e manteve a identidade. Você olha e sabe que é um HB20. A renovação incluiu as versões sedã HB20S e aventureira HB20X.

Para todos os bolsos

Por serem modelos de entrada e os mais vendidos de seus respectivos fabricantes, Onix e HB20 têm uma enorme gama de versões. O Chevrolet começa nos R$ 48.490 da versão 1.0 hatch com câmbio manual e vai até os R$ 73.190 do sedã Onix Plus Premier 1.0 Turbo. No caso do Hyundai, a tabela vai dos R$ 46.490 pedidos pelo HB20 Sense 1.0  até os R$ 81.290 do sedã HB20S Diamond Plus 1.0 Turbo.

Totalmente novos, com versões para todos os orçamentos e motores modernizados, Onix e HB20 prometem travar um grande duelo pela preferência do consumidor em 2020.

Seguro Auto

Seja o seu veículo um dos destaques de carros em 2019 ou não, contar com um seguro de carro é fundamental. Não deixe de fazer uma simulação online de seguro auto para conhecer as opções e valores.

 Última atualização em 06/12/2019