Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Meu carro novo: Dicas para fazer a melhor compra

Descrição de carro novo azul, com fundo de arvores.

Meu carro novo: Dicas para fazer a melhor compra

Descrição de carro novo azul, com fundo de arvores.

Duvidas sobre a compra do seu auto? Veja e saiba como fazer a melhor compra

Ter um carro novo é um dos principais sonhos de consumos dos brasileiros, segundo uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e o portal de educação financeira Meu Bolso Feliz. Não é à toa que a compra de um carro requer muito planejamento e cuidados essenciais. Pensando nisso, elencamos dicas para que esse sonho não se torne um pesadelo (Já separamos dicas para quem quer comprar carros sem entrada).

Lembre-se que antes de realizar o sonho de comprar um carro novo, fazer uma cotação de seguro auto online na Bidu Corretora. Compare coberturas, franquias e assistências de forma rápida e pratica.

Agora é o momento de comprar um carro novo?

Texto escrito: "Agora é o momento de comprar um carro novo?"

Veja o momento ideal para a aquisição do veiculo

Antes de tudo se faça a pergunta: “É mesmo necessário comprar um carro?”. Já que esse é um investimento alto, que traz muitos gastos, verifique se a utilização do automóvel pode ser substituída pelo transporte público, pela carona de um amigo próximo ou táxi. Verifique também a possibilidade de prorrogar a aquisição a fim de juntar dinheiro para dar de entrada e facilitar o pagamento.

Reflita sobre os motivos que te fazem querer o carro, veja se realmente é necessário comprá-lo e a possibilidade em arcar com todos os gastos que vão além das parcelas.

Não se deixe levar pelas propagandas que prometem juros zero, IPVA pago ou valor baixo. Muitos especialistas dizem que todos esses valores de descontos estão embutidos no valor do produto. Mesmo com a queda do dólar, assumir os custos de um novo carro é para quem possui reservas. A situação é tão complicada que a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) informou que em maio as produções de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus obtiveram uma queda de 18% em comparação com o mesmo mês do ano passado.

O momento econômico brasileiro interfere na compra de um carro novo, porém quem decide a compra é você. Em muitos casos a compra é necessária: pode ser porque o carro antigo ficou pequeno para a família ou porque ele está com muitas falhas no funcionamento. Sendo assim, veja o próximo tópico e saiba como planejar sua compra.

Planejar a compra do veículo

Texto escrito: Como planejar a compra do veículo

Escolha o melhor momento para a sua aquisição

Entre as principais dicas para comprar carro é saber planejar financeiramente  sua compra. É necessário considerar valores obrigatórios como o seguro DPVAT e o IPVA, assim como o combustível, seguro privado, manutenção, estacionamentos e muitos outros gastos ocasionais que podem ocorrer. Nada de pensar somente no valor das parcelas.

Especialistas dizem que é necessário verificar se as parcelas somadas despesas do veículo cabem no bolso, sem que comprometa um terço do seu orçamento, mantendo a flexibilidade financeira.

Condições financeiras

Para isso você deve verificar se há alguma outra dívida que está consumindo seu salário todos os meses, se está com as finanças no azul e se possui alguma reserva.

Há alguma dívida pendente?

É mais eficiente primeiro quitá-la para organizar melhor seu orçamento e só depois disso analisar a compra do veículo. Sem seguir este pensamento, as chances de ficar no vermelho e não conseguir arcar com as despesas do auto são grandes.

Está com as finanças no azul?

Não se deixe levar pelo pensamento que mesmo sem nenhuma divida, há a possibilidade de arcar com os custos do carro. Faça as contas e verifique se todos os gastos vão caber no bolso ao final do mês. Sem o valor à vista, é mais eficiente juntar para dar de entrada e financiar o resto do valor do veículo, resultando em taxas de juros menores.

Tem uma reserva?

Veja se é necessário juntar mais para pagar o valor à vista, sem preocupação com o financiamento mais tarde. É importante ressaltar que juntar o dinheiro mês a mês faz o montante render enquanto ficar aplicado e também não haverá gastos com juros do financiamento.

Para juntar dinheiro é indispensável força de vontade, já que geralmente é necessário ter disciplina para economizar e abrir mão de alguns gastos. Um exemplo é diminuir os gastos com salão de cabeleireiros ou cortar o jantar no restaurante do final de semana.

Financiamento

Em 2015 mais de 5 milhões de veículos foram financiados por todo o país, sendo a forma de pagamento mais utilizada entre os brasileiros. Ele é um empréstimo feito do banco para que possa ser realizada uma compra, neste caso, um veículo. Conte com a gente: aqui na Bidu Corretora, você pode fazer um empréstimo pessoal online.

Se esta for a forma utilizada, pesquise como funcionam as condições de entrada, parcelas, juros e o que acontece com seu veiculo em caso de inadimplência e saiba muito bem como seu financiamento funciona.  É recomendado que o veículo seja financiado com poucas parcelas, assim os juros serão menores.

Depreciação

A depreciação é a desvalorização que um bem sofre devido ao seu uso, desgaste natural ou obsolescência. Você já deve ter ouvido que um carro desvaloriza assim que sai da concessionária. Segundo a Receita Federal, para fins contábeis, a depreciação é de 20% por ano, contudo na prática depende da situação do veículo devido ao uso durante os anos. Desse modo, quanto o mais tempo você passar com o seu veículo, maior vai ser o aproveitamento do investimento realizado. Veja os carros mais desvalorizados em 2016.

Despesas

Como já dito, o carro traz diversas despesas. Veja abaixo algumas das principais:

IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores): Imposto estadual  cobrado sobre os veículos anualmente.

Seguro DPVAT (Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres): Este seguro de caráter social é destinado a indenização de vítimas de acidente de trânsito sem culpa do passageiro ou motorista. Ele é um seguro obrigatório pago anualmente com o IPVA.

Estacionamento: Se não possui garagem em casa ou no trabalho, será necessário em muitos casos o pagamento do estacionamento para proteger seu bem.

Manutenção: Alguma falha do veículo ou alguma troca de peça que deu defeito acarreta algumas despesas a mais.

Seguro Auto: Segundo a Confederação Nacional de Seguros no ano de 2015 foram roubados 57 carros por hora em todo o Brasil. Com este dado e várias noticias que vemos diariamente nos jornais, o pagamento de seguro para o carro se torna quase obrigatório. O valor do seguro do seu carro varia conforme a idade do condutor, local da residência, hábitos de uso entre outros. Para isso, a Bidu te ajuda a cotar valores de diversas seguradoras para seu auto, tudo isso online em poucos minutos.

Você pode ver nossas dicas para economizar dinheiro sem abrir mão do carro novo.

Diversos outros gastos recorrentes e ocasionais como combustível ou um item novo para o seu automóvel pode agregar mais uma despesa que afeta a conta no final do mês.

Melhor modelo para seu perfil. Qual carro comprar?

Texto escrito: "Como escolher o melhor modelo de carro?"

Analise seu perfil e escolha o melhor modelo para a sua necessidade

Vai escolher o seu veículo através dos carros dos filmes ou carros de presidentes? Achamos melhor não! Ao comprar seu carro novo, atente-se ao modelo que mais se enquadra no seu perfil e não escolha o carro somente pelo visual, faixa de preço ou o ano modelo. Quem utiliza o auto para ir e voltar do trabalho, pode adquirir aquele que utiliza menos combustível.

Assim como quem enfrenta estradas e trilhas, necessita de um modelo com suspensão elevada. Da mesma forma quem utiliza o auto para viagens com a família irá precisar de um porta malas grande que caiba as bagagens de todos.

Dê preferência para os mais novos, mais econômicos, seguros e de melhor qualidade e principalmente aqueles que se adequem melhor a seu uso, veja também depoimentos de quem já utilizou o carro e a qualidade da pós venda.

Verificando esses pontos, você terá um noção dos gastos efetivos com o auto e qual modelo é mais adequado para você. Veja também o que é e como verificar o Chassi do seu carro.

Hatch

Este modelo é mais indicado para pessoas solteiras ou casais que não possuem muitas bagagens a serem locomovidas e aqueles que utilizam para ida e vinda do trabalho.

Sedã

Este modelo é indicado para famílias e solteiros que tem muitas bagagens. Tão ágil quanto o anterior, porém com porta malas maiores e motores mais potentes.

Minivan

Este modelo é indicado para famílias grandes, pois possui bancos mais largos e alguns modelos possuem até uma terceira fileira. Apesar deste maior espaço, eles são parecidos com carros de passeios comuns.

Utilitário esportivo

Este modelo é indicado para pessoas que circulam por estradas de terra ou asfaltadas por longos períodos, pois são veículos com dimensões grandes que aguentam diversas condições de estrada.

Picape

Este modelo é indicado para quem precisa carregar objetos grandes e pesados , pois possuem uma pequena cabine e uma carroceria atrás para transporte.

Esportivo

Este modelo é adquirido por pessoas que desejam um carro que seja diferente e por status. Os lugares são limitados a uma ou duas pessoas.

Formas de pagamento do carro

Textos escrito: "Quais formas de pagamento posso utilizar?"

Escolha qual a melhor forma de pagamento para seu carro novo

Além do pagamento à vista, há também o financiamento, consórcio e leasing. Veja abaixo qual se enquadra melhor nas suas necessidades e se atente aos direitos e obrigações decada forma. Se após a leitura você ainda ficar em dúvida da melhor forma de pagamento, veja um pouco mais sobre o assunto aqui mesmo no Site da Bidu.

Consórcio

O consórcio é uma poupança coletiva no qual cada membro contribui com o valor mensal proporcional ao veículo. Para receber a carta de crédito dos valores descritos na apólice é necessário ser sorteado ou dar um maior lance.

Vantagens: Não há taxa de juros, porém é fixada uma taxa administrativa e o participante pode ser sorteado e adquirir o bem sem possuir o valor total.

Desvantagens: É necessário ser sorteado ou dar o maior lance para receber a carta de crédito. É indispensável o pagamento de todas as parcelas até o fim, caso contrário, há multas e o participante fica de fora do sorteio.

Financiamento

O financiamento é um empréstimo que já tem uma finalidade. O comprador solicita o valor ao banco e, se aprovado, pode usá-lo imediatamente. O pagamento é realizado em parcelas. Os juros giram em torno de 27% ao ano.

Vantagens: Adquirir o bem imediatamente, sem precisar esperar sorteio como o consórcio. A parcelas podem ser adiantadas e pagas com descontos ou redução de juros. É possível vender o bem, mesmo sem o pagamento total.
Desvantagens: O bem é alienado, isto é, a posse do veículo é transferida à instituição financeira até todas as parcelas serem quitadas, como garantia da dívida. Fique atento, já que essa alienação altera clausulas no contrato do seguro.

Leasing

Esta modalidade funciona como um contrato de aluguel de longo prazo: o banco realiza a compra do carro e dá ao condutor o direito de usá-lo com a opçãode compra no final do contrato. Nele são descritas as formas de pagamento e como o condutor pode utilizar o veículo. Depois do pagamento das parcelas a pessoa que utiliza o veículo pode optar por realizar a aquisição do carro ou devolvê-lo ao banco. Caso ele escolha a compra do veiculo, é necessário o pagamento do Valor Residual Garantido (VRG) que pode ser pago antes, depois ou após o fim do acordo. O VRG é um valor presente no contrato destinado a garantir que a instituição financeira receba uma quantia mínima pelo investimento no negócio. Os juros giram em tornode 17% ao ano.

Vantagens: Não incide IOF sobre ele (imposto sob operações financeiras) e os juros são  menores do que no financiamento.

Desvantagens: O condutor não pode realizar a venda do auto, pois ele está em nome do banco, somente com o fim do contrato e o pagamento do VRG.

Manutenção do carro

Texto descrito: "Quais cuidados devo tomar com a manutenção?"

Saiba a melhor forma de cuidar do seu novo bem

Carros com menor custo de manutenção

Após a aquisição do carro é necessário continuar atento aos cuidados do seu veiculo, sendo a manutenção essencial para o bom funcionamento. Seguindo esta linha, o Centro de Experimentação e Segurança Viária (Cesvi) criou um ranking em 2015  de Índice de Manutenção Veicular (IMV) informando quais carros possuem um menor custo de manutenção avaliando os 45 carros mais vendidos no mesmo ano.

Os carros com pontuação 20 representam gastos de 10 mil reais, sendo geralmente 23,8% dos preços do valor do veiculo novo.

Veja a nossa página de seguros de alguns dos modelos mais vendidos no Brasil e aproveite e faça uma simulação com a gente em menos de 30 segundos.

Top 15 IMV

Modelo Montadora IMV
Celta 1.0 Chevrolet 20
Etios Sedan 1.5 Toyota 20
Fiorino 1.4 FIAT 20
Gol 1.0 Volkswagen 20
Uno 1.4 FIAT 20
Etios Hatch 1.5 Toyota 21
Gol 1.6 Volkswagen 21
Grand Siena 1.4 FIAT 21
Palio 1.0 FIAT 21
Palio 1.4 FIAT 21
Saveiro 1.6 Volkswagen 21
Strada 1.4 FIAT 21
Versa 1.6 Nissan 21
Voyage 1.0 Volkswagen 21
Voyage 1.6 Volkswagen 21

Manutenção preventiva

A manutenção preventiva é realizada com a finalidade de reduzir a possibilidade de falha do veículo antes que ela ocorra. Ela garante que o veículo rode sem problemas de funcionamento, mesmo fora da garantia, é importante para que o condutor não seja pego de surpresa pelo mal funcionamento dos componentes do auto.  Em grande parte é realizada a manutenção o óleo, freios, velas arrefecimento, pneus e rodas.

Adicionais: dicas para comprar um carro

Texto descrito: "Dicas para manter seu carro bem"

Dicas para cuidar do seu carro novo

 

  • Tenha cuidado ao lavar o seu carro novo. Alguns tipos de lavagem com esfregões podem danificar a pintura.
  • Estacione seu carro à sombra quando possível, pois os raios ultravioleta podem tirar aquele brilho de carro novo.
  • Não se esqueça de sempre manter os pneus calibrados para ter uma durabilidade maior, níveis de óleo para uma boa funcionalidade do motor e fluidos do radiador para manter um bom resfriamento, além de abastecer com combustíveis confiáveis.
  • Para manter aquele cheirinho de carro novo, retire os lixos e mantenha a limpeza do carro. Lembre-se de evitar consumo de alimentos no interior dele, pois provavelmente sobrarão restos de comida.
  • Está em dúvida entre o câmbio automático ou câmbio manual? O câmbio automático geralmente custa mais caro e tem maior custo de manutenção, porém é mais indicado para aqueles condutores que preferem mais conforto por não precisar pisar na embreagem para trocar a marcha. Já o câmbio manual tem manutenção mais barata, consomem menos combustível, mas exige mais do condutor. Indicado para pessoas que quererem maior controle sobre o carro e que não trafegam por lugares com muito congestionamento, como São Paulo.

E lógico, tenha um seguro para seu carro! Além de manter a proteção do seu carro, você também mantém a saúde dele com as diversas assistências 24 horas. Faça uma simulação de seguro auto, comparando preços e coberturas.

Veja também: