Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Vai viajar para o exterior? Conheça as regras para dirigir em outro país

Dirigir em outro país

Vai viajar para o exterior? Conheça as regras para dirigir em outro país

Para quem pensa em viajar para o exterior nos próximos meses, uma dúvida comum é como explorar as localidades de carro. Afinal, posso usar minha CNH lá fora? Quais são as regras para dirigir em outro país?

Na maioria dos lugares, você pode usar sua CNH. Mas fique atento às regras de cada país, e também a alguns detalhes importantes. A gente te explica melhor.

Dirigir nos países do Mercosul

Aqui pelos lados dos nossos vizinhos, os países que integram o Mercosul, basta levar sua Carteira Nacional de Habilitação. Desde que ela esteja atualizada, sem o prazo de validade vencido.

Alguns países exigem atualização também na foto, ou seja, que a foto do documento esteja compatível com sua imagem pessoal atual. Importante dizer também  que na Argentina, seu RG precisa ter sido emitido nos últimos 10 anos.

Mas de resto, é simples assim. Ao menos por um período de seis meses, o mesmo documento que você já utiliza por aqui te permite dirigir tranquilamente por países como Argentina, Uruguai, Paraguai, Bolívia, Peru e Chile. Nesses países, você precisa adquirir – em qualquer cartório – a Carta Verde, que nada mais é do que um seguro responsabilidade por danos causados a terceiros.

É sempre bom consultar o site do consulado do país antes de viajar, para conferir algumas curiosidades sobre as exigências no país.

Dirigir nos Estados Unidos

Para quem viaja aos Estados Unidos da América, o acordo de reciprocidade entre Brasil e EUA traz muitas facilidades. Você só precisa da CNH brasileira e do seu passaporte.

Para 130 países, vale a PID (Permissão Internacional para Dirigir). Esses países são os signatários da Convenção de Viena e a PID nada mais é do que a sua CNH traduzida para outras idiomas, sendo válida para vários países da Ásia, Oceania e Europa.

Mas fique atento se o país para qual você viajará faz parte do grupo dos 130. O Japão, por exemplo, não está na lista e portanto de nada vale a PID. Por lá, o único jeito de conduzir você mesmo um veículo é passando por testes teóricos e práticos no próprio país.

Não esqueça do Seguro Viagem

Se você for dirigir em outro país, não esqueça de contratar um seguro viagem! Esse produto garante coberturas para riscos que você corre durante a viagem. Claro que ninguém quer que algo de ruim aconteça durante as férias, por exemplo, mas pode acontecer.

Por isso, fazer um seguro viagem é importantíssimo! Assim você será coberto em caso de incidentes. Faça uma cotação de seguro viagem.