Envelopamento de carros

Imagem de carros de brinquedo colocridos para ilustrar texto sobre envelopamento de carros.

Envelopamento de carros

Você está cansado do visual do seu carro? Gostaria de mudar a cor? Pois saiba que, além de mandar pintá-lo, existe uma opção mais em conta. E ela ainda apresenta ainda outras vantagens: é o envelopamento de carros.

Imagem de carros de brinquedo colocridos para ilustrar texto sobre envelopamento de carros.

O envelopamento pode ser feito para proteger ou mudar o visual do veículo.

O que é envelopamento de carros?

O envelopamento de carros é uma técnica que consiste na aplicação de um adesivo especial sobre a lataria do veículo.

Embora ainda não seja muito comum no Brasil, esse procedimento vem ganhando cada vez mais adeptos. Ele possibilita dar um toque especial no automóvel e é facilmente reversível.

O envelopamento pode ser integral, cobrindo toda a lataria, ou parcial, ou seja, apenas sobre algumas partes da superfície do veículo.

Objetivos do envelopamento de carros

Geralmente, o objetivo principal de quem procura o serviço de envelopamento de carros é mudar a cor do veículo, integral ou parcialmente.

Com isso, é possível customizar a cor do automóvel. Inclusive, deixando-o com mais de uma cor, se for desejado.

Outras pessoas optam por envelopar seus carros para proteger a pintura original, evitando o desgaste natural.

Vantagens do envelopamento de carros

Uma das principais vantagens desse procedimento é o seu custo, consideravelmente menor do que o de uma pintura automotiva.

Contudo, essa não é a única vantagem: a aplicação do adesivo protege a lataria contra chuva, incidência da radiação ultravioleta solar, cocô de passarinho, arranhões, etc.

De fato, algumas vezes esse é o objetivo principal do usuário. Para esse fim existem os adesivos transparentes, que não alteram a cor original, mas conferem essa proteção à lataria do veículo.

Tipos de envelopamento de carro

Há basicamente três tipos de envelopamento, ou seja, três tipos de adesivo para aplicação automotiva.

O tipo mais comum é o adesivo de PVC. Essa película resistente proporciona boa proteção da lataria do automóvel, e está disponível em muitas cores. Sendo assim, é o mais recomendado para quem deseja mudar a cor do carro.

Já o adesivo de poliuretano é transparente, de modo que sua aplicação está voltada para a proteção da pintura original. Ele não altera o visual do carro, e confere proteção ainda maior do que a do adesivo de PVC.

O terceiro e mais recente tipo de adesivo veicular é o envelopamento líquido. Ele consiste na aplicação de uma tinta especial em spray sobre a carroceria, formando uma película protetora. O resultado é um acabamento mais uniforme.

Como fazer o envelopamento do carro

O procedimento de aplicação do adesivo para envelopamento de carros é totalmente manual. Ele deve ser feito por profissionais do ramo, os chamados adesivadores.

Embora possa parecer simples a princípio, o envelopamento exige certa técnica, para evitar a formação de bolhas de ar e outras imperfeições que prejudicam o acabamento.

Normalmente, o procedimento é feito em dois ou três dias.

Quanto custa o envelopamento de carros?

O custo do envelopamento veicular varia em função da:

  • quantidade de adesivo a ser aplicada;
  • das áreas de aplicação na lataria;
  • da empresa contratada.

Portanto, o preço pode variar bastante. É recomendável fazer uma pesquisa antes de se decidir por uma empresa ou por um tipo de material.

Em média, o envelopamento do carro pode sair de R$ 1.500,00 a R$ 3.000,00, mas pode chegar a R$ 5.000,00, no caso de carros de luxo. No entanto, pode haver variações em função da dificuldade de aplicação.

Por exemplo, carros cujas carrocerias possuem muitos detalhes curvilíneos, como um Volkswagen fusca, apresentam mais dificuldade para adesivar do que carros maiores e com mais áreas planas.

De todo modo, o envelopamento do carro sai mais barato do que uma pintura automotiva, cujo custo pode passar de R$ 12.000,00.

Observações quanto a mudanças na cor do veículo

A cor de um automóvel é um parâmetro que consta do documento do carro, e é importante para fins de identificação do mesmo. Assim, a atual legislação permite alterar a cor de até 50% da carroceria do carro.

Se você alterar a cor de mais da metade do veículo, será preciso alterar essa informação no Certificado de Registro do Veículo (CRV) junto ao Detran.

Porém, se você aplicar um adesivo preto fosco sobre um carro que já é da cor preta, não será necessário fazer a alteração. O mesmo vale para os adesivos transparentes, que não alteram a coloração da carroceria.

É possível remover o adesivo depois?

Sim, é possível: a remoção é rápida e simples, normalmente feita em 24 horas ou menos.

O custo também não é alto, algo em torno de R$ 500,00, em média.

Os motivos mais comuns para solicitar a retirada do envelopamento são:

  • fim da vida útil – o envelopamento pode durar de dois a dez anos, dependendo do desgaste e da exposição dos carros às intempéries;
  • troca de cor – o proprietário pode decidir por mudar o visual do automóvel;
  • revenda do veículo – caso o proprietário resolva vender o carro, pode valer a pena fazer a remoção do envelopamento, de modo a recuperar a pintura original, que costuma ser mais valorizada.

+Saiba mais sobre restauração de carro.

Última atualização em 31/03/2019