Seg. a Sex. 9:00 às 18:00
(Horário de Brasília)

Tecnologia para evitar buracos já é uma realidade

evitar buracos

Tecnologia para evitar buracos já é uma realidade

Ruas e estradas esburacadas podem trazer grandes problemas para o seu veículo. Desde desestabilização das rodas, passando pelo desbalanceamento até pneus furados e acidentes. Para amenizar estas situações perigosas, a Ford saiu na frente com uma tecnologia que permite ao veículo desviar dos temidos buracos.

O que até pouco tempo atrás era tecnologia de carros de luxo, hoje já pode ser encontrada em sedans médios. Como o Fusion 2017. Além de uma bela repaginada no visual, o modelo vem com este adicional que proporciona conforto extra aos passageiros. Além de muito mais segurança.

Conheça a tecnologia da Ford

Batizada com o nome Magic Body Control, o sistema antiburacos utiliza a mesma tecnologia de sensores. Eles fazem uma leitura das condições asfálticas e envia informações para os controles da carroceria e suspensão do automóvel.

O Ford Fusion Sport V6 (modelo que vem com a tecnologia em questão) possui 12 sensores especiais e de alta resolução. Eles detectam irregularidades na pista à frente do carro. O computador de bordo faz a leitura e ajusta os amortecedores a cada 2 milisegundos, oferecendo um controle inteligente e contínuo dos amortecedores.

Tudo isso pode ser sentido pelo motorista e seus ocupantes. A pressão da roda dentro do buraco diminui, assim como aquele famoso “tranco” dentro do carro. O conforto é maior e a percepção das ruas esburacadas diminui significativamente.

Além disso, as rodas traseiras ganharam respostas ainda mais rápidas. Quando as rodas dianteiras caem em um buraco, elas enviam uma espécie de aviso para as traseiras. Elas se preparam antecipadamente com o enrijecimento do sistema de suspensão, evitando o desconforto típico dos passageiros do banco de trás.

Uma grande surpresa também é a investigação aprofundada de terrenos esburacados através deste sistema. Engenheiros da Ford utilizam câmeras e modems ligados ao Centro de Investigação e Inovação da montadora, na Alemanha, para reunir informações detalhadas sobre buracos nas pistas e transmiti-las para uma nuvem onde ficarão à disposição de outros condutores.

Lá na Bélgica, a Ford já testa novos veículos utilizando um trecho de 1,9 km que reproduz alguns dos piores buracos de estradas do mundo.

A Ford não é a única a evitar buracos

Apesar do grande barulho feito pela Ford e do nome pomposo dado ao sistema antiburacos, a Mercedez já havia aplicado a tecnologia em um de deus modelos. No Classe C o sistema é praticamente o mesmo, porém com amortecimento pneumático e suspensão com fluxo magnético.

O Ford Fusion deve chegar ao mercado brasileiro com a novidade ainda em 2017.